quarta-feira, dezembro 06, 2006











CINEMANIA








Cafundó é inspirado em um personagem real saído das senzalas do século XIX.
Um tropeiro, ex-escravo, deslumbrado com o mundo em transformação e desesperado para viver nele.
Este choque leva-o ao fundo do poço.
Derrotado, ele se abandona nos braços da inspiração, alucina-se, ilumina-se, é capaz de ver Deus. Uma visão em que se misturam a magia de suas raízes negras com a glória da civilização judaico-cristã.
Sua missão é ajudar o próximo.
Ele se crê capaz de curar, e acaba curando.
O triunfo da loucura da fé. Sua morte, nos anos 40, transforma-o numa das lendas que formou a alma brasileira e, até hoje, nas lojas de produtos religiosos, encontramos sua imagem,
O Preto Velho João de Camargo.

Curiosidades:

Cafundó é uma obra de ficção cinematográfica, inspirada em um personagem real saído das senzalas do século XIX.- O Cafundó foi rodado em junho / julho de 2003 no estado do Paraná. Teve como locações as cidades de Lapa, Ponta grossa, Paranaguá e Curitiba. Suas últimas cenas foram rodadas na Praça da Sé em São Paulo na primeira semana de julho de 2004.- Mais de 80% do elenco é composto por artistas locais, destacando-se os afro-descendentes.- Estréia de Paulo Betti na direção.- Clóvis Bueno, trabalhou em teatro como ator e diretor nas décadas de 60 e 70. Paralelamente desenvolveu-se como cenógrafo e figurinista. Especializou-se em cinema como Diretor de Arte e seus principais filmes: Carandiru; A Ostra e o Vento; Orfeu; Castelo Ratimbum, o filme; At Play in the Fields of Lords (Brincando nos Campos do Senhor); Lamarca; Menino Maluquinho, o filme; Pixote, a lei do mais fraco; O Beijo da Mulher Aranha, e outros. Clóvis Bueno, que já atuou como Diretor de Arte em destacadas produções nacionais, como Lamarca, Pixote - a lei do mais fraco, O Beijo da Mulher Aranha, Feliz Ano Velho, A Hora da Estrela, Menino Maluquinho, Orfeu, Carandiru, entre outras. - Música final da banda "Samba Maxixe" composição de Erothildes de Campos (carnaval 1934).- Alexandre Rodirgues e Leandro Firmino da Hora tambem atuaam juntos em outros dois filmes o curta-metragem Posto 9 (2004) e Cidade de Deus (2002).- É a segunda vez que Flávio Bauraqui e Lázaro Ramos atuam juntos em um longa-metragem o primeiro foi Madame Satã (2002).- Itamar Assunção estava cotado para participar no filme.

Elenco:

Lázaro Ramos (Equilibrista na Praça da Sé/ João de Camargo)Leona Cavalli (Ajudante do equilibrista/ Rosário)Leandro Firmino (Cirino)Beto Guiz (Capataz da feira de muares)Ernani Moraes (Coronel Justino)Fausto Cascaes (Comendador)Adolfo Pimentel (Coronel I)Altamar Cezar (Coronel II)Geisa Costa (Negra no Batuque)Valéria Mona (Levinda)Luís Melo (Monsenhor João Soares)Chica Lopes (Nhá Chica)Francisco Leão (Alfredinho)Wesley Aprile (Natalino criança)Francisco F. Das Neves (Homem da Mafamburra)Olinto Simões (Capataz da Fundição)Ronald Pinheiros (Teodoro)Regina Bastos (Prima Donna)Aristeu Berger (Manoel)Rosana Stavig (Esposa Manoel)Paulo Matabele (Mandinguento da olaria)Rogério Apolinário Da Silva (Mandinguento da olaria I)Richard Rebello (Capataz da olaria)Ailton Silva Caru (Louco da peste)Milhem Cortaz (Tropeiro na peste)Moacir Davi (Tropeiro na peste)Marcello Santos (Tropeiro na peste)Claudete Pereira (Cigana)Renato Dobal (Poeta)Juliana Betti (Verônica)Danilo Avelleda (Dono da birosca)Ricardo Lunghin (Tropeiro da birosca)Marcio Fumagalli (Tropeiro da pinga)André Biazzi (Tropeiro simpático)Flávio Bauraqui (Exu)Dieizol Motta (Xangô)Cristiane Magalhães (Nossa Senhora Aparecida)Alexandre Rodrigues (Natalino adulto)Paula Dias (Mulher vestida de preto)Silvia Monteiro (Mulher desesperada)Vera Gonçalves (Mulher com criança)Brayan Gonçalves (Criança com mulher)Paulo Betti (Homem do papagaio)Simone Magalhães (Mulher desiludida)João Carlos Da Silva (Sebastião)Luis Carlos Pazzelo (Soldado)Priscila Guimarães (Maria)Mario Abreu (Homem da informação)Edson Rocha (Fotógrafo Ernest)Regina Vogue (Mulher da galinha)Fernando Bachstein (Flautista)Joaquim Lieve (Homem que saúda)Abrahão Farc (Juiz)Francisco Cuoco (Bispo)Tupaceretan Matheus (Major)Alvaro Bittencourt (Padre)Georg Sada (Soldado I)Gerson Delliano (Soldado II)Marcel Szymanski (Preso que morre)Maurício Cezar (Preso que briga)Sombra (Preso que comtemporiza)Renato Consorte (Ministro)Heitor Saraiva (Vendedor de óleo)Fabiana Ferreira (Mulher louca)Cibele Gardin (Mulher que dança)João Bueno (Animação em argila)Grupo Congada Da LapaGrupo Ka-NaomboGrupo Art NegraGrupo Banda Lyra.



sábado, novembro 11, 2006



Olá amigos,

Quem sou eu para falar da Vida de Chico Xavier, por isso envio um pequenoestudo deste HOMEM CHAMADO AMOR, orientado pelo VOVÔ, prá coisa ficar nomesmo nível. Ok.

Espero que vocês desfrutem deste SER MARAVILHOSO CHAMADO CHICO.

Fiquem na Proteção Amor Zambi,Saravá em todos,Dr. Zóffoli

Obs. O Dr. é pedido do VOVÔ, para uma UMBANDA sem preconceitos.

Em tempo: Por respeito aos meus GUIAS ( CABOCLO, PRETO VELHO, CRIANÇA EXÚ ) não poderia me furtar do esclarecimento que se faz necessário apósassistir ao PROGRAMA DO JÔ SOARES NO ÚLTIMO DIA 10/11/2.006 ( 6a. Feira ),na entrevista com o Padre em que ESPÍRITOS OBSSESSORES FORAM CITADOS COMOGUIAS ( CABOCLO, PRETO VELHO, CRIANÇA E EXÚ ), NUMA TOTAL FALTA DECONHECIMENTO DA MATÉRIA, CRIANDO UM CLIMA PREJUDICIAL E DE REVOLTA NO MEUCORAÇÃO APÓS UMA NOITE TÃO HARMONIOSA EM MEU CENTRO.PAI JOSÉ ME ME ACALMOU E ACONSELHOU A RELER: " AS SETE LÁGRIMAS DE PRETOVELHO E RECOMENDÁ-LAS AOS AMIGOS.


AS VIDAS DE CHICO XAVIER

“UM HOMEM CHAMADO AMOR”


No dia 2 de abril de 1980, Chico completou setenta anos. Não quis festa nem homenagens. Preferiu ficar em casa. Jornais e revistas estamparam seu currículo: 183 livros, 8 milhões de exemplares vendidos em 15 idiomas, 10 mil “cartas” de mortos a suas famílias, 360 mil autógrafos, 2 mil instituições de assistência fundadas, ajudadas ou mantidas com os direitos autorais ou com as campanhas beneficentes promovidas por ele. O censo daquele ano revelou a presença de 1,5 milhão de espíritas no país- ou seja, desde o primeiro Pinga fogo o número de kardecistas confessos tinha triplicado.Três dias após o aniversário, no Sábado de Aleluia, Chico rompeu o retiro e reapareceu embaixo do abacateiro, na Vila dos Pássaros Pretos. Amigos do Rio, liderados por Augusto César Vanucci, ofereceram-lhe um presente: a candidatura ao Prêmio Nobel da Paz.Chico sorriu, desconversou e continuou a distribuir alimentos, remédios e roupas aos pobres da periferia.Na manha seguinte, Vanucci convidou o maior fenômeno espírita do país a participar de um programa em homenagem ao médium baiano Divaldo Franco, considerado o mais importante orador da doutrina. Chico teria de gravar um depoimento no Teatro Globo, no Rio. Ele aceitou o convite, reverteu o cachê de 50 mil cruzeiros à Fundação Marieta Caio e apareceu no teatro na hora combinada. Uma das artistas convidadas, Glória Menezes, teve um crise de choro ao deparar com aquele senhor sorridente, amparado por auxiliares.Vanucci tinha mentido. Chico iria participar de um programa dedicado a si mesmo, _ UM HOMEM CHAMADO AMOR.Era o lançamento de sua campanha para o Prêmio Nobel da Paz. No roteiro, poemas e mensagens de Chico declamados por artistas como Lima Duarte, Tony Ramos e Paulo Figueiredo, depoimentos de amigos como Roberto Carlos e muita música. Roberto cantou Ave-maria e Força estranha, Vanusa apresentou sua Prece de Cáritas, Joyce interpretou Clareana e Elis Regina No céu da vibração. Com uma camisa xadrez amarrotada sob o terno branco, diante de um retrato a óleo de Emmanuel, Chico Xavier falou sobre a infância, defendeu a inseminação artificial e desempenhou o papel de garoto-propaganda do papa João Paulo II, então prestes a desembarcar no Brasil.
Devemos recebê-lo com todas as atenções de que ele é digno e de tanto fez por merecer, conduzindo a cristandade com tanta abnegação e com tanto tato para evitar que a discórdia se alastre no mundo.
O discurso cristão assentava bem na emissora mais poderosa do país, presidida por um amigo de dom Eugênio Sales.
Após gravar seu depoimento, Chico encarou Vanucci, o diretor do programa, e afirmou com um meio sorriso:_ Tudo pela doutrina.Ele sabia quem era o verdadeiro homenageado e aceitou a candidatura.
Os velhos críticos de sua vaidade voltaram à tona. Chico reagiu com as antigas explicações. Reverteu a homenagem ao espiritismo, definiu como ingratidão imperdoável a recusa de “tamanha honraria” e aproveitou a badalação em torno de seu nome para divulgar as lições de Kardec. Diante das câmeras e das canetas dos repórteres, ele repetiu uma frase muito pouco bombástica:_ AMAI-VOS UNS AOS OUTROS COMO EU VOS AMEI.Este slogan cristão resumia, para ele, a filosofia correta de vida. Chico se agarrava à frase atribuída a Jesus e aconselhava com sua voz cada vez mais desafinada:_ AMAR SEM ESPERAR SER AMADO E SEM AGUARDAR RECOMPENA ALGUMA. AMAR SEMPRE.
Como candidato ao Nobel, Chico voltava a ser notícia. E dez anos depois do Pinga Fogo da Tv Tupi, surpreendia o público com revelações estapafúrdias. Do alto de seus setenta anos e sob o peso de sucessivas crises coronarianas, ele exibia a coragem de quem sente a morte cada vez mais próxima. Já não pensava tanto antes de confessar sua crença em discos-voadores ou antes de contabilizar a “população de desencarnados” da Terra: 20 bilhões de espíritos espalhados por diversas áreas invisíveis em torno da crosta terrestre, à espera de voltar ao planeta e resgatar as dívidas de “existências” anteriores.Os repórteres aproveitavam a disposição do líder espírita para falar e buscavam a polêmica.Quando o papa chegou ao Brasil, foi recebido com pompa e majestade, como um rei.Aquela ostentação toda era justa num país tão pobre? Chico Xavier repetiu a mesma resposta a quem quisesse saber sua opinião.Um país que gastava fortunas com campeonatos de futebol e com desfiles de carnaval não deveria economizar para reverenciar o sumo pontíficie, um “homem extraordinário, que tem beijado o chão de tantas terras”._ Por que ele deveria aparecer no Brasil pedindo esmolas? _ perguntava. E arrebanhava católicos.
Uma Comissão Pró-Indicação de Frâncico Cândido Xavier ao Prêmio Nobel da Paz de 1981 foi formada para organizar o movimento.Eles trataram de divulgar um texto: “Por que Chico Xavier?”A primeira frase dava o tom:EM 53 ANOS DE VIDA PÚBLICA, DEDICADA À PAZ ENTRE AS CRIATURAS, ELE ATENDEU A MAIS DE 1 MILHÃO DE PESSOAS, UMA A UMA.
Até o dia da divulgação do resultado, quase 10 milhões de pessoas deixaram suas assinaturas em listas de apoio à indicação de Chico Xavier (a maioria sem saber que o dia da inscrição já tinha passado).Em 14 de outubro de 1981, foi divulgado o resultado. Nem Walesa nem João Paulo II venceram. Muito menos Chico Xavier.
O prêmio daquele ano ficou para um azarão. O “Escritório do Alto Comissariado da ONU – Organização das Nações Unidas para os refugiados”, responsável pela assistência a refugiados no mundo todo, inclusive do Afeganistão, Etiópia e Vietnã., foi premiado pela segunda vez.Chico Xavier deu uma opinião sob medida no dia seguinte à derrota:ESTAMOS MUITO FELIZES SABENDO QUE UM PRÊMIO DESSA ORDEM COUBE A UMA INSTITUIÇÃO QUE JÁ ATENDEU A MAIS DE 18 MILHÕES DE REFUGIADOS. NÓS TODOS DEVERÍAMOS INSTITUIR RECURSOS PARA UMA ORGANIZAÇÃO COMO ESSA, EM QUE TANTAS CRIATURAS ENCONTRAM APOIO, REFÚGIO, AMPARO E BÊNÇÃO.
SÓ DEZ ANOS DEPOIS, ELE DIRIA:_ NÃO MERECIA SER PRÊMIO NOBEL DA PAZ PORQUE SOU UM HOMEM DO POVÃO.
Chico não deu tempo para Vanucci lamentar o fracasso da campanha pelo Prêmio Nobel da Paz. O trabalho era a melhor maneira de curar ressacas. O diretor da Globo tinha conversado com o espírita, três anos antes, sobre o projeto de montar uma peça a partir de textos “psicografados” por ele e por Divaldo Franco.Vanucci montou a peça para Chico Xavier no quintal do Grupo Espírita da Prece, entre árvores, ao ar livre. O protegido de Emmanuel se sentou atrás da mesa de madeira, na varanda, e ficou atento a cada esquete.CHICO XAVIER NÃO TEVE DÚVIDAS:_ VAI SER UM SUCESSO. NÓS VAMOS MORRER E A PEÇA VAI CONTINUAR.
A PEÇA SE TRANSFORMOU EM FENÔMENO DE BILHETERIA. ENCENADA PELA PRIMEIRA VEZ EM JANEIRO DE 1982, ELA SERIA VISTA EM 11 ANOS POR 2 MILHÕES DE ESPECTADORES DE CARNE E OSSO, FORA OS INVISÍVEIS. DESDE A PRIMEIRA APRESENTAÇÃO, METADE DA BILHETERIA FOI REVERTIDA PARA INSTITUIÇÕES DE CARIDADE.
Referência Bibliográfica: As Vidas de Chico Xavier - Marcel Souto Maior , 3ª. Edição, Editora Rocco.

“CHICO”Não vou acrescentar nada novo a esta questão,Só poderemos seguir esta lição,Que Chico foi a vida,Uma missão bem definida,De que devemos semear...Irmão,Caridade,
Humanidade,Intuição, Compaixão, O ganização.

Extraído do livro “Umbanda em poesia” – por Dr. ZóffoliInspirado por Pai José D’Angola

*Estudo orientado por Pai José D’Angola – preto velho da Linha de OXÓSSI.


sábado, outubro 28, 2006





A memória do Espírito fica no perispírito?

Escreve: José Henrique Baldin

Alguns livros espíritas, sejam eles de autores encarnados ou de
autores desencarnados cometem erros doutrinários, por isso nós
espíritas devemos saber discernir os bons livros dos maus livros,
independente de qual seja o autor, o espírito, o médium, etc.

Para que nós não assimelemos conceitos equivocados como corretos é
imprescindível o estudo regular das obras básicas do Espiritismo, que
são: Livro dos Espíritos, O Evangelho Segundo o Espiritismo, Céu e o
Inferno, Livro dos Médiuns, A Gênese. Ainda possuímos da Revista
Espírita que Allan Kardec escreveu de 1858 a 1869, Obras Póstumas e a
Bíblia. Se algum conceito estiver em contradição com as Obras básicas
devemos deixar de lado este conceito e ficar com o conceito das Obras
Básicas, temos que analisar os outros livros espíritas com a razão e
não com o coração. As vezes aceitamos todos os conceitos que vem
através destas obras, só porque veio de tal espírito(que julgamos
superior) ou de um médium(que julgamos infalível). Conforme Kardec
nos orientou não existe na face na Terra nenhum médium perfeito e nos
alertou para o cuidado na analise do que é transmitido por um
espírito.

Um dos conceitos equivocados de alguns livros espíritas é que a
memória do Espírito fica no perispírito. O perispírito é apenas o
veiculo de manifestação do espírito, ou seja o corpo espiritual.
Assim como o corpo humano que não pensa, não raciocina, e que as
memórias e o patrimônio intelectual adquirido nas várias existências
corpóreas do espírito não estão no corpo físico, da mesma maneira
ocorre com o perispírito que é apenas um corpo de manifestação do
espírito no mundo espiritual, mais etéreo do que o corpo físico, mais
ainda um corpo revestido de matéria.

Quando o espírito sai deste mundo para ir a outro mundo ele precisa
destruir o corpo perispiritual deste mundo e constituir um novo
perispirito no mundo em que irá habitar. Isso porque o espírito
constrói o perispírito de acordo com os fluídos existentes de cada
planeta. E cada planeta não é exatamente igual fluidicamente a outro,
porque cada mundo está numa faixa de evolução diferente por causa dos
seus habitantes que também estão em defirentes graus de evolução
espiritual. Se a memória ficasse no perispírito, quando o espírito
destruiria o perispírito para reconstruir um outro no novo planeta, a
memória se perderia.

O que a Doutrina Espírita nos diz é que: o pensamento, a vontade, as
memórias(lembranças), os conhecimentos adquiridos, a moral estão no
próprio espírito, e o perispírito apenas reflete o pensamento do
espírito. Todos os espíritos possuirão eternamente um perispírito,
mesmo os espíritos puros, pois como foi dito o perispírito é a forma
de manifestação do espírito no mundo dos espíritos. Mesmo que um
espírito seja perfeito, ou seja, puro, ele possuirá um perispírito
que será muito mais etéreo do que de um espírito que ainda não chegou
perfeição.

fonte: http://www.luzdoespiritismo.com/




Vida depois da morte


Há vida depois da morte?
As pesquisas científicas indicam que sim, e as religiões também afirmam que, de alguma forma, a vida continua depois desta vida, nem que seja em estado latente, aguardando a ressurreição dos mortos.
Só que aí surge uma questão da mais alta importância: se todos havemos de morrer um dia, como estaremos nesse além da vida? Será que vamos ficar armazenados em algum galpão celestial, aguardando o juízo final? Ou quem sabe, prostrados diante do trono divino, em adoração, pela eternidade afora? Ou talvez sentados à beira de uma nuvem tocando harpa?
Será que uma natureza dinâmica como é a do ser humano iria suportar um estado de inatividade, inócuo e vazio, por toda a eternidade?
São os próprios espíritos que têm dado as mais completas explicações sobre esse outro lado da vida. Essas informações têm chegado através da psicografia de inúmeros médiuns, nos mais diferentes pontos da Terra e nas mais diversas épocas, através de mensagens, principalmente dirigidas a parentes e amigos, contando como foi a sua passagem para o mundo espiritual e como é esse mundo.
E o mais importante é que essas informações coincidem: o que os espíritos falam aqui no Brasil, através de médiuns, é confirmado pelo que eles dizem na Europa através de aparelhos eletrônicos.
O portador das mais amplas e detalhadas notícias sobre o mundo espiritual e a vida e atividades dos espíritos é André Luiz, através de 11 livros que ditou pela psicografia de Francisco Cândido Xavier (Chico Xavier).
André Luiz nos mostra esse outro lado da vida muito parecido com o lado de cá. Há muitas semelhanças. Ninguém fica vagando no espaço como alma penada, nem tocando harpa na beira da nuvem. O mundo espiritual, para os espíritos, é tão real e dinâmico quanto o nosso mundo físico é para nós.
É por isso que muitos espíritos não sabem, ou não conseguem acreditar que já morreram. São daqueles que pensam que ao morrer irão para o céu, o purgatório ou mesmo para o inferno, ou então, que a morte irá apagá-los de vez. Mas, ao invés disso, encontram-se quase como antes. Muitos voltam para o lar, para os ambientes do trabalho ou do lazer. Vêem as pessoas, falam com elas, mas as pessoas não lhes dão a menor atenção. Alguns pensam que ficaram loucos, ou que estão vivendo um pesadelo interminável. Muitos assistem ao próprio velório e sepultamento mas não aceitam a idéia de que aqueles funerais sejam os seus.
Uma das atividades dos centros espíritas é o esclarecimento a esses irmãos, chamados de espíritos sofredores. Eles incorporam-se ao médium e o doutrinador conversa com eles explicando-lhes a realidade. O grupo todo envolve o irmão sofredor em vibrações de paz e amor. É como ele se alivia e consegue melhorar a própria freqüência vibratória.
Essa elevação vibratória é necessária para que ele possa ser socorrido e levado para tratamento em local adequado.
Mas há também aqueles que retornam ao mundo espiritual plenamente conscientes do que está ocorrendo.
Quando alguém desencarna (morre) é muito importante que receba vibrações de paz, em vez das manifestações de desespero que normalmente acontecem.
Muitos espíritos têm relatado através da mediunidade seus dramas, seus sofrimentos e aflições, por causa do desespero e desequilíbrio dos parentes e amigos, após seus desenlaces. Eles dizem que as lágrimas dos entes queridos que ficaram na Terra, suas vibrações angustiadas, chegam a eles com muita intensidade, provocando aflições sem conta.
Por isso, diante da morte a atitude dos presentes deve ser de respeito, serenidade, equilíbrio e, acima de tudo, prece. O recém-desencarnado necessita de muita oração.



O contentamento é um elixir de vida, saúde e bem-estar. Previne a depressão e fortalece o sistema imunológico, além de inúmeros outros benefícios.


Livro: Nós e o Mundo Espiritual – 18ª edição
Autoria: Saara Nousiainen



quarta-feira, setembro 20, 2006





COSME E DAMIÃO

Um pequeno relato da historia destes santos.


São Cosme e São Damião, os santos gémeos, cujos relatos atestam que eram originários da Arábia, de uma família nobre de pais cristãos, no século III. Estudaram medicina na Síria e depois foram praticá-la em Egéia. Diziam "Nós curamos as doenças em nome de Jesus Cristo e pelo seu poder". O culto aos dois irmãos é muito antigo, havendo registros sobre eles desde o século V, que relatam a existência, em certas igrejas, de um óleo santo, que lhes levava o nome, que tinha o poder de curar doenças e dar filhos às mulheres estéreis.
Cosme e Damião foram martirizados na Síria, porém é desconhecida a forma como morreram. Seu culto já estava estabilizado no Mediterrâneo no século V. Perseguidos por Diocleciano, foram trucidados e muitos fiéis transportaram seus corpos para Roma, onde foram sepultados no maior templo dedicado a eles, feito pelo Papa Félix IV (526-30), na Basílica no Fórum de Roma com as iniciais SS - Cosme e Damião.
Seus nomes verdadeiros eram Acta e Passio. Surgiram várias versões para suas mortes, mas nenhuma comprovada com fundamento histórico. Em uma das fontes, explica-se que eram dois irmãos, bons e caridosos que realizavam milagres e por isso foram amarrados e jogados em um despenhadeiro sob a acusação de feitiçaria e inimigos dos deuses romanos. Em outra versão, na primeira tentativa de morte, foram afogados, mas salvos por anjos. Na segunda, foram queimados, mas o fogo não lhes causou dano algum. Apedrejados na terceira vez, as pedras voltaram para trás, sem atingi-los. Por fim, morreram degolados.
Depois de mortos, apareceram materializados ajudando crianças que sofriam violências. Ao gêmeo Acta é atribuído o milagre da levitação e ao gêmeo Passio a tranqüilidade da aceitação do seu martírio. A partir do século V os milagres de cura atribuídos aos gêmeos fizeram com que passassem a ser considerados médicos, pois, quando em vida, exerciam a medicina na Síria, em Egéia e Ásia Menor, sem receber qualquer pagamento. Por isso, eram chamados de anargiros, ou seja, inimigos do dinheiro. Mais tarde, foram escolhidos patronos dos cirurgiões.
Sempre confiantes em Deus, oravam e obtinham curas fantásticas. Também foram chamados de "santos pobres". Muitos esforços foram feitos para demonstrar que Cosme e Damião não existiram de fato, que eram apenas a versão cristã dos filhos gêmeos pagãos de Zeus. Isto não é verdade, embora haja evidências de que a superstição popular muitas vezes fez supor haver em seu culto uma adaptação do costume pagão.
No Brasil, em 1530, a igreja de Iguaraçu, em Pernambuco, consagrou Cosme e Damião como padroeiros. No dia 27 de setembro, quando é realizada a festa aos santos gêmeos, as igrejas e os templos das religiões afro-brasileiras são enfeitadas com bandeirolas e alegres desenhos.
Na Umbanda, são associados aos ibejis, gêmeos amigos das crianças que teriam a capacidade de agilizar qualquer pedido que lhes fosse feito em troca de doces e guloseimas. O nome Cosme significa " o enfeitado" e Damião, "o popular".
Padroados:
Farmacêuticos
Faculdades de medicina
Barbeiros
Cabeleireiros
Protege:
Orfanatos
Creches
Doceiras
Filhos em casa
Contra hérnia
Contra a peste
Emblema: caixa com ungüentos, frasco de remédios, folha de palmeira.
São cultuados pelo Candomblé, Batuque, Xango do Nordeste, Vambá e pelos centros de Umbanda onde fazem festas para as crianças com farta distribuição de doces e brinquedos.


AS CRIANÇAS

São a alegria que contagia a Umbanda. Descem nos terreiros simbolizando a pureza, a inocência e a singeleza. Seus trabalhos se resumem em brincadeiras e divertimentos. Podemos pedir-lhes ajuda para os nossos filhos, resolução de problemas, fazer confidências, mexericos, mas nunca para o mal, pois eles não atendem pedidos dessa natureza. São espíritos que já estiveram encarnados na terra e que optaram por continuar sua evolução espiritual através da prática de caridade, incorporando em médiuns nos terreiros de Umbanda. Em sua maioria, foram espíritos que desencarnaram com pouca idade (terrena), por isso trazem características de sua última encarnação, como o trejeito e a fala de criança, o gosto por brinquedos e doces.Assim como todos os servidores dos Orixás, elas também tem funções bem específicas, e a principal delas é a de mensageiro dos Orixás, sendo extremamente respeitados pelos caboclos e pelos pretos-velhos. É uma falange de espíritos que assumem em forma e modos, a mentalidade infantil. Como no plano material, também no plano espiritual, a criança não se governa, tem sempre que ser tutelada. É a única linha em que a comida de santo (Amalás), leva tempero especial (açúcar). É conhecido nos terreiros de Nação e Candomblé, como (ÊRES ou IBEJI). Na representação nos pontos riscados, Ibeji é livre para utilizar o que melhor lhe aprouver. A linha de Ibeji é tão independente quanto à linha de Exu. Ibeijada, Erês, Dois-Dois, Crianças, Ibejis, são esses vários nomes para essas entidades que se apresentam de maneira infantil. No Candomblé, o Erê, tem uma função muito importante. Como o Orixá não fala, é ele quem vem para dar os recados do pai. É normalmente muito irrequieto, barulhento, às vezes brigão, não gosta de tomar banho, e nas festas se não for contido pode literalmente botar fogo no oceano. Ainda no Candomblé, o Erê tem muitas outras funções, o Yaô, virado no Erê, pode fazer tudo o que o Orixá não pode, até mesmo as funções fisiológicas do médium, ele pode fazer. O Erê muitas vezes em casos de necessidade extrema ou perigo para o médium, pode manifestar-se e trazê-lo para a roça, pegando até mesmo uma condução se for o caso.Na Umbanda mais uma vez, vemos a diferença entre as entidades/divindades. A Criança na Umbanda é apenas uma manifestação de um espírito cujo desencarne normalmente se deu em idades infanto-juvenis. São tão barulhentos como os Erês, embora alguns são bem mais tranqüilos e comportados. No Candomblé, os Erês, tem normalmente nomes ligados ao dono da coroa do médium. Para os filhos de Obaluaiê, Pipocão, Formigão, para os de Oxossi, Pingo Verde, Folinha Verde, para os de Oxum, Rosinha, para os de Yemanjá, Conchinha Dourada e por ai vai. As Crianças da Umbanda tem os nomes relacionados normalmente a nomes comums, normalmente brasileiros. Rosinha, Mariazinha, Ritinha, Pedrinho, Paulinho, Cosminho, etc...As crianças de Umbanda comem bolos, balas, refrigerantes, normalmente guaraná e frutas, os Erês do Candomblé além desses, comem frangos e outras comidas ritualisticas como o Caruru, etc... Isso não quer dizer que uma Criança de Umbanda não poderá comer Caruru, por exemplo. Com Criança tudo pode acontecer. Quando incorporadas em um médium, gostam de brincar, correr e fazer brincadeiras (arte) como qualquer criança. É necessária muita concentração do médium (consciente), para não deixar que estas brincadeiras atrapalhem na mensagem a ser transmitida. Os "meninos" são em sua maioria mais bagunceiros, enquanto que as "meninas" são mais quietas e calminhas. Alguns deles incorporam pulando e gritando, outros descem chorando, outros estão sempre com fome, etc... Estas características, que às vezes nos passam desapercebido, são sempre formas que eles têm de exercer uma função específica, como a de descarregar o médium, o terreiro ou alguém da assistência. Os pedidos feitos a uma criança incorporada normalmente são atendidos de maneira bastante rápida. Entretanto a cobrança que elas fazem dos presentes prometidos também é. Nunca prometa um presente a uma criança e não o dê assim que seu pedido for atendido, pois a "brincadeira" (cobrança) que ela fará para lhe lembrar do prometido pode não ser tão "engraçada" assim. Poucos são aqueles que dão importância devida às giras das vibrações infantis. A exteriorização da mediunidade é apresentada nesta gira sempre em atitudes infantis. O fato, entretanto, é que uma gira de criança não deve ser interpretada como uma diversão, embora normalmente seja realizada em dias festivos, e às vezes não consegamos conter os risos diante das palavras e atitudes que as crianças tomam. Mesmo com tantas diferenças é possível notar-se a maior características de todos, que é mesmo a atitude infantil, o apego a brinquedos, bonecas, chupetas, carrinhos e bolas, como os quais fazem as festas nos terreiros, com as crianças comuns que lá vão a busca de tais brinquedos e guloseimas nos dias apropriados. A festa de Cosme e Damião, santos católicos sincretizados com Ibeiji, à 27 de Setembro é muito concorrida em quase todos os terreiros do pais. Uma curiosidade: Cosme e Damião foram os primeiros santos a terem uma igreja erigida para seu culto no Brasil. Ela foi construída em Igarassu, Pernambuco e ainda existe. Não gostam de desmanchar demandas, nem de fazer desobsessões. Preferem as consultas, e em seu decorrer vão trabalhando com seu elemento de ação sobre o consulente, modificando e equilibrando sua vibração, regenerando os pontos de entrada de energia do corpo humano. Esses seres, mesmo sendo puros, não são tolos, pois identificam muito rapidamente nossos erros e falhas humanas. E não se calam quando em consulta, pois nos alertam sobre eles. Muitas entidades que atuam sob as vestes de um espírito infantil, são muito amigas e têm mais poder do que imaginamos. Mas como não são levadas muito a sério, o seu poder de ação fica oculto, são conselheiros e curadores, por isso foram associadas à Cosme e Damião, curadores que trabalhavam com a magia dos elementos. MAGIA DA CRIANÇA O elemento e força da natureza correspondente a Ibeji são... todos, pois ele poderá, de acordo com a necessidade, utilizar qualquer dos elementos. Eles manipulam as energias elementais e são portadores naturais de poderes só encontrados nos próprios Orixás que os regem. Estas entidades são a verdadeira expressão da alegria e da honestidade, dessa forma, apesar da aparência frágil, são verdadeiros magos e conseguem atingir o seu objetivo com uma força imensa, atuam em qualquer tipo de trabalho, mas, são mais procurados para os casos de família e gravidez. A Falange das Crianças é uma das poucas falanges que consegue dominar a magia. Embora as crianças brinquem, dancem e cantem, exigem respeito para o seu trabalho, pois atrás dessa vibração infantil, se escondem espíritos de extraordinários conhecimentos. Imaginem uma criança com menos de sete anos possuir a experiência e a vivência de um homem velho e ainda gozar a imunidade própria dos inocentes. A entidade conhecida na umbanda por erê é assim. Faz tipo de criança, pedindo como material de trabalho chupetas, bonecas, bolinhas de gude, doces, balas e as famosas águas de bolinhas -o refrigerante e trata a todos como tio e vô. Os erês são, via de regra, responsáveis pela limpeza espiritual do terreiro. ONDE MORAM AS CRIANÇAS A respeito das crianças desencarnadas, passamos a adaptar um interessante texto de Leadbeater, do seu livro "O que há além da Morte". "A vida das crianças no mundo espiritual é de extrema felicidade. O espírito que se desprende de seu corpo físico com apenas alguns meses de idade, não se acostumou a esse e aos demais veículos inferiores, e assim a curta existência que tenha nos mundos astral e mental lhe será praticamente inconsciente. Mas o menino que tenha tido alguns anos de existência, quando já é capaz de gozos e prazeres inocentes, encontrará plenamente nos planos espirituais as coisas que deseje. A população infantil do mundo espiritual é vasta e feliz, a ponto de nenhum de seus membros sentir o tempo passar. As almas bondosas que amaram seus filhos continuam a amá-los ali, embora as crianças já não tenham corpo físico, e acompanham-nas em seus brinquedos ou em adverti-las a evitar aproximarem-se de quadros pouco agradáveis do mundo astral." "Quando nossos corpos físicos adormecem, acordamos no mundo das crianças e com elas falamos como antigamente, de modo que a única diferença real é que nossa noite se tornou dia para elas, quando nos encontram e falam, ao passo que nosso dia lhes parece uma noite durante a qual estamos temporariamente separados delas, tal qual os amigos se separam quando se recolhem à noite para os seus dormitórios. Assim, as crianças jamais acham falta do seu pai ou mãe, de seus amigos ou animais de estimação, que durante o sono estão sempre em sua companhia como antes, e mesmo estão em relações mais íntimas e atraentes, por descobrirem muito mais da natureza de todos eles e os conhecerem melhor que antes. E podemos estar certos de que durante o dia elas estão cheias de companheiros novos de divertimento e de amigos adultos que velam socialmente por elas e suas necessidades, tomando-as intensamente felizes." Assim é a vida espiritual das crianças que desencarnaram e aguardam, sempre felizes, acompanhadas e protegidas, uma nova encarnação. É claro que essas crianças, existindo dessa maneira, sentem-se profundamente entristecidas e constrangidas ao depararem-se com seus pais, amigos e parentes lamentando suas mortes físicas com gritos de desespero e manifestações de pesar ruidosas que a nada conduzem. O conhecimento da vida espiritual nos mostra que devemos nos controlar e nos apresentar sempre tranqüilos e seguros às crianças que amamos e que deixaram a vida física. Isso certamente as fará mais felizes e despreocupadas.


ORAÇÕES A COSME E DAMIÃO

Oração a S. Cosme e S. Damião pela saúdeAndaram desgarrados pelos desertos, pelos caminhos solitários. Clamaram ao Senhor na angústia e o Senhor os livrou de suas necessidades. Louvado seja o Senhor a quem serviram os gloriosos Santos Cosme e Damião, irmãos pelo sangue e pela fé em Cristo. Andaram na Síria, andaram pela Terra Santa, andaram pela Espanha, curando enfermos, consolando aflitos, servindo a Deus. Assim como entrastes na casa do pobre e do rico, assim entrai na minha casa, São Cosme e São Damião. Purificai-nos das impurezas e dos pecados, Extingue o fogo desta febre, livrai-me deste mal. Que assim seja. Amém.
Oração a Cosme e Damião pelo dom da medicinaDeus, nosso Pai, São Cosme e São Damião passaram no mundo fazendo o bem, curando as doenças e aliviando o sofrimento de sua gente, dando confiança e esperança aos corações atribulados. Fizeram de seu ofício de médico um serviço ao próximo. Fazei, Senhor, que também nós, inspirados no exemplo de vida de São Cosme e São Damião, sirvamos os nossos semelhantes de modo desinteressado, buscando sempre o seu bem e a sua felicidade. Fazei que lutemos corajosamente pela humanização de uma medicina que coloque o homem - mente e coração, corpo e espírito - no centro de suas preocupações. Que os médicos coloquem em primeiro lugar a vida, o bem de seus pacientes, e não o lucro, a exploração do comércio da morte, visando apenas o dinheiro. Que, a exemplo de Cristo, que veio para servir e não para ser servido, colaborem para que se efetue o direito do povo de ter saúde e viver plenamente.
Oração a São Cosme e São DamiãoSão Cosme e Damião, que por amor a Deus e ao próximovos dedicastes à cura do corpo e da alma de vossossemelhantes, abençoai os médicos e farmacêuticos,medicai o meu corpo na doença e fortalecei a minha almacontra a superstição e todas as práticas do mal. Quevossa inocência e simplicidade acompanhem e protejamtodas as nossas crianças. Que a alegria da consciênciatranqüila, que sempre vos acompanhou, repouse tambémem meu coração. Que a vossa proteção, Cosme eDamião, conserve meu coração simples e sincero, paraque sirvam também para mim as palavras de Jesus:Deixai vir a mim os pequeninos, porque deles é o Reinodo céu. São Cosme e Damião, rogai por nós.


segunda-feira, agosto 14, 2006

segunda-feira, julho 31, 2006





Toque de amor

Deixa que a fé em Deus te ilumine a visão para que te reconheças no lugar de servir.
Indubitavelmente, perceberás a série dos desafios que te rodeiam: o lar talvez difícil, entes amados na desvinculação violenta, incompreensões à mostra, ocorrências que se vestem de lágrimas...
Entretanto, não te convertas em tuba da aflição.Tumulto adia em nós a conexão necessária à Providência Divina.
Ama e auxilia sem alterar-se.
A rosa acabará florescendo no espinheiral.
As estrelas surgirão varando as trevas.
Na construção da felicidade, onde a provação apareça não te lamentes nem reclames.
Dá o teu toque de amor e Deus fará o resto.

Meimei


sexta-feira, julho 14, 2006

CARIDADE



Dentre as maravilhas ensinadas por Jesus de Nazaré, o homem que dividiu a nossa história, está a caridade.Um costume muito comum aos fariseus, era o de tentar o Mestre, fazendo-lhe perguntas que julgavam embaraçosas. Todavia, Jesus, a todas respondia com presteza e sabedoria.Certo dia, um deles, que era doutor da lei, propôs a seguinte questão: "Mestre, qual o grande mandamento da lei?"Jesus lhe respondeu: "amarás o senhor teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu espírito. Esse o maior e o primeiro mandamento.Eis o segundo, que é semelhante ao primeiro: amarás o teu próximo, como a ti mesmo. E acrescentou: toda lei e os profetas se acham contidos nesses dois mandamentos."Como é fácil perceber, Jesus sintetizou a lei e todos os ensinos dos profetas nestes dois mandamentos: amar a Deus e ao próximo.Se um não for cumprido, o outro também não será, ou seja, não se pode amar a Deus, sem amar seus filhos, ou amar os filhos sem amar o pai.Podemos compreender com isso, que Jesus falava da caridade, pois na seqüência da resposta ele narrou a parábola do bom samaritano.A parábola faz referência a três pessoas que se depararam com um homem ferido no caminho, e ressalta que quem se compadeceu e o socorreu foi um samaritano, considerado herético, mas que pratica o amor ao próximo, acima do ortodoxo que falta com a caridade.Percebemos nos ensinos de Jesus, que a prática da caridade é uma condição para a conquista da felicidade.Vejamos que a caridade não é somente dar coisas, mas doar-se ao próximo, condição que não requer recursos financeiros nem influência social. Todos podemos fazê-a.O apóstolo Paulo, fala da caridade com as seguintes palavras: "Ainda que eu tivesse a linguagem dos anjos; tivesse o dom da profecia que penetrasse todos os mistérios; tivesse toda a fé possível, até ao ponto de transportar montanhas, se não tiver caridade, nada sou."E prossegue dizendo: "E, quando houvesse distribuído os meus bens para alimentar os pobres e houvesse entregado meu corpo para ser queimado, se não tivesse caridade, tudo isso de nada me serviria."Está bem claro nos ensinos de Paulo, que o fato de distribuir os bens materiais não é suficiente, ou não é só nisso que consiste a verdadeira caridade.A caridade material é apenas uma faceta, a outra é a caridade moral. Não basta ter fé, não precisa ser profitente desta ou daquela religião, é preciso ter caridade como a entendia Jesus: "benevolência para com todos, indulgência para as imperfeições dos outros, perdão das ofensas".É, em resumo, fazer ao próximo todo o bem que desejamos que o próximo nos faça.
***
"Nos caminhos claros da inteligência, muitas vezes as rosas da alegria completa produzem os espinhos da dor, mas, nas sendas luminosas da caridade, os espinhos da dor oferecem rosas de perfeita alegria".
Equipe de Redação do Momento Espírita, com base em O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. XV, item 4 (MT. XXII, 34 a 40), e Dicionário da alma verbete: Caridade.

<><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><>

domingo, junho 25, 2006

Links para a programas:

As vezes ficamos perdidos procurando um determinado programa e nem percebemos que existe uma gama variada de programas semelhantes e as vezes tão bons ou melhores que aquele que procuramos.
Vê se tem alguma coisa aí que lhe sirva.
A lista é velha, mas alguma coisa ainda serve.
É só coiar o que esta ente parenteses e colar no seu browse.

Anti-Spyware / Anti-SPAM:

- AdAware ( http://www.lavasoftusa.com/support/download/ )
- Mailwasher ( http://www.mailwasher.net/download.php )
- Spyboot ( http://www.spybot.info/pt/index.html )

Anti-vírus:
- avast! Home Edition ( http://www.avast.com/cgi-bin/redir4.pl?/setupeng.exe )
- AVG ( http://www.grisoft.com )
- AntiVir ( http://www.free-av.com/ )
- AntiWorm ( http://www.velasco.com.br/ )

Banco de Dados:
- MySQL ( http://www.mysql.org/ )
- FireBird ( http://www.firebirdsql.org/ )

Browsers:
- Mozilla ( http://www.mozilla.org/ )
- MyIE 2 ( http://www.myie2.com/html_en/home.htm/ )
- NeoPlanet ( http://baixaki.ig.com.br/site/detail2212.htm )
- Netscape ( http://baixaki.ig.com.br/site/detail5994.asp )
- Opera ( http://www.opera.com/ )

Clientes de e-mail:
- Eudora ( http://www.eudora.com/products/eudora/download/ )

Clientes FTP:
- FTP Explorer ( http://info.abril.com.br/aberto/download/484.shl )
- WS_FTP95 LE ( http://www.ftpplanet.com/download.htm )

Criptografia:
- PGP ( http://info.abril.com.br/aberto/download/1347.shl )
- Win Privacy Tray ( http://winpt.sourceforge.net/en/download.php )

DirectX Plug-ins para áudio profissional
- AnalogX ( http://www.analogx.com/contents/download/system.htm )

Editores - HTML:
- AceHTML 5 ( http://freeware.acehtml.com/ )
- Aracnophilia ( http://info.abril.com.br/aberto/download/378.shl )
- Cup Coffee Free HTML 6.0 ( http://info.abril.com.br/aberto/download/1795.shl )
- Notepad+ Classic 1.1 ( http://info.abril.com.br/aberto/download/479.shl )
- OpenOffice.org 1.0 ( http://info.abril.com.br/aberto/download/2487.shl )
- Serif WebPlus 6 ( http://www.freeserifsoftware.com/ )

Editores - Imagem:
- GIMP ( http://www.gimp.org/~tml/gimp/win32/ )
- IrfanView ( http://www.irfanview.com ) >> Para mim um dos melhores , é o que uso para meus trabalhos.
- Serif 3DPlus 2 ( http://www.freeserifsoftware.com/ )
- Serif DrawPlus 4 ( http://www.freeserifsoftware.com/ )
- Serif PhotoPlus 5.5 ( http://www.freeserifsoftware.com/ )
- SlowView ( http://www.slowview.at/?page=download )
- Xn View ( http://www.xnview.com/ )

Editores - Som:
- Audacity ( http://audacity.sourceforge.net/windows.php?lang=pt )
- CD 'n Go! ( http://www.cdngo.com/2/download/download.html )
- dBPowerAMP Music Converter ( http://www.dbpoweramp.com/dmc.htm ) >> é o melhor para mim.
- MP3 Tag Tools ( http://www.winajuda.hpg.ig.com.br/programas/mtt-v1.2.exe )
- MP3Trim ( http://www.epabion.com/~jean/mp3Trim.zip )
- MP3Gain ( http://www.geocities.com/mp3gain/ )
- MP3DirectCut ( http://www.rz.uni-frankfurt.de/~pesch/ )

Editores - Texto / PDF:
- 602 Pro PC Suite 2001.1.3.0113 ( http://info.abril.com.br/aberto/download/1131.shl )
- AbiWord Personal 1.0.2 ( http://info.abril.com.br/aberto/download/1773.shl )
- EasyOffice Freeware ( http://info.abril.com.br/aberto/download/1416.shl )
- OpenOffice.org 1.0 ( http://info.abril.com.br/aberto/download/2487.shl )
- Win2PDF ( http://dl.filekicker.com/send/file/130371-yjtv/w2pdf20.exe )

Editores - Vídeo:
- DDclip Free ( http://www.softlab-nsk.com/ )
- Camel's MPEGjoin ( http://member.newsguy.com/~theprof/ )
- Windows Media Encoder ( http://www.microsoft.com/windows/windowsmedia )

Firewall:
- Sygate Personal Firewall ( http://smb.sygate.com/products/spf_standard.htm )
- Zone Alarm ( http://www.zonelabs.com )

Gerenciadores de Download:
- DAP ( http://downloadbeta1.speedbit.com )
- GetRight ( http://baixaki.ig.com.br/site/detail2375.htm )
- LeechGet ( http://www.leechget.de/ )
- MyGetRight ( http://baixaki.ig.com.br/site/detail4803.asp ) - NetButler ( http://www.buttonware.net/pub/download/netbutler_setup.exe )
- ReGet ( http://baixaki.ig.com.br/site/detail3382.asp )

Mensagens Instantâneas:
- AOL Instant Messenger 5.1 (http://info.abril.com.br/aberto/download/3096.shl )
- ComVC 2.0 r6 ( http://info.abril.com.br/aberto/download/857.shl )
- ICQ ( http://www.icq.com/products/ )
- ICQ Lite ( http://www.icq.com/download/ )

- MSN Messenger 5.0 ( http://info.abril.com.br/aberto/download/1836.shl )
- Terra Messenger 3.1.1 (http://info.abril.com.br/aberto/download/1053.shl )
- Trillian 0.73 ( http://info.abril.com.br/aberto/download/1183.shl )
- Windows Messenger 4.6.0079 ( http://info.abril.com.br/aberto/download/2526.shl )
- Yahoo Messenger 5.5 ( http://info.abril.com.br/aberto/download/1832.shl )
- Yahoo Messenger 5.0 Português ( http://info.abril.com.br/aberto/download/826.shl )

P2P:
- Bit Torrent ( http://download.ciudad.com.ar/bittorrent-3.2.1.exe )
- eDonkey 2000 ( http://www.edonkey2000.com/downloads.html )
- eMule ( http://emule-project.net/ )
- iMesh ( http://download.imesh.com/files/iMeshV3.exe )
- Kazaa ( http://download.kazaa.com/kmd.exe )
- Kazaa Lite K++ 2.4.2 ( http://ke4.edskes.com/klitekpp242e.exe )
- Kazaa Lite K++ 2.4.2 - Português ( http://www.kl-kpp.net/download.php?kazaa_lite_kpp_242_brasil.exe&2adf952528f9c51c176b74b19530df40 )
- WinMX ( http://dld66.winmx.com/281553512/winmx331.exe )

Players - Som:
- Amp2000 ( http://baixaki.ig.com.br/site/detail2332.htm )
- Jet Audio Basic ( http://www.jetaudio.com/download/index.html ) - MusicAmp MP3 Studio ( http://baixaki.ig.com.br/site/detail3199.htm )
- Musicmatch Jukebox ( http://info.abril.com.br/aberto/download/753.shl )
- Sonique ( http://sonique.lycos.com/download/ )
- Winamp ( www.winamp.com/ ) - Windows Media Player ( http://www.microsoft.com/windows/windowsmedia/download/default.asp )

Players - Vídeo:
- BSPlayer ( http://www.bsplayer.org/ ) - DivX ( http://www.terra.com.br/informatica/download/respostas/divx_win.htm )
- RadLight 3.03 R5.2 ( http://info.abril.com.br/aberto/download/1828.shl )
- Winamp 2.91 ( http://classic.winamp.com/download/ )
- Winamp 3 http://www.winamp.com/download/;$sessionid$422I0YB2BHUJI5YAAAARC0Q )
- Windows Media Player ( http://www.microsoft.com/windows/windowsmedia/download/default.asp )
- Windows Media Player Classic ( http://vobsub.edensrising.com/ )

Pop up & Banners Block:
- Adshield ( http://www.adshield.org/ )

Programação - Compiladores:
- ActivePerl ( http://www.activestate.com/Products/ActivePerl/ )
- Cold Fusion Express ( http://baixaki.ig.com.br/site/detail2992.asp - Dev-C++ ( http://www.bloodshed.net/ )
- Dev-Pascal ( http://www.bloodshed.net/ )
- Eclipse.Org ( http://www.eclipse.org/downloads/index.php )
- Java ( http://java.sun.com/ ) - PHP ( http://www.php.net/ )
- Turbo C v2.01 ( http://bdn.borland.com/article/0,1410,20841,00.html )
- Turbo C++ v1.01 ( http://bdn.borland.com/article/0,1410,21751,00.html )
- Turbo Pascal v1.0 ( http://bdn.borland.com/article/0,1410,20841,00.html )
- Turbo Pascal v3.02 ( http://bdn.borland.com/article/0,1410,20841,00.html )
- Turbo Pascal v5.5 ( http://bdn.borland.com/article/0,1410,20803,00.html )

Servidores - WEB:
- Apache ( http://www.apache.org/ )
- Xitami ( http://baixaki.ig.com.br/site/detail3399.asp )

System Monitor:
- AIDA32 ( http://www.aida32.hu/download/aida32ee_330.zip )
- Motherboard Monitor 5.2.1.0 ( http://info.abril.com.br/aberto/download/2908.shl )
- Samurize ( http://www.samurize.com/ )

Tradutores:
- TraduzWeb 2.0p ( http://www.traduz.com.br/16/download.html )

Tweaks / Limpadores de registro:
- FreshUI ( http://www.freshdevices.com/ )
- MPower 1.1 ( http://info.abril.com.br/aberto/download/1178.shl )
- MyVitalAgent 8.01 ( http://info.abril.com.br/aberto/download/1912.shl )
- RegCleaner ( http://www.vtoy.fi/jv16/index.php )

Utilitários - Geral:
- Rename4U ( http://www.kellysoftware.com/software/Rename4u.asp )
- Renomeia multiplos arquivos obedecendo certas regras definidas pelo usuário.
- Serif PagePlus 5 ( http://www.freeserifsoftware.com/ )
- Cria folders e banners.
- Backup4ALL ( http://www.backup4all.com/ )

Utilitários - Compactadores:
- 7-Zip ( http://www.7-zip.org )
- FreeZIP ( http://baixaki.ig.com.br/site/detail4061.asp


*********************************************************

terça-feira, junho 20, 2006










CINEMANIA


E se fosse verdade




Após comprar um apartamento um homem passa a receber misteriosas visitas de uma mulher que diz ser dona do local. Com Reese Whiterspoon e Mark Ruffalo.

David Abbott (Mark Ruffalo) alugou recentemente um belo apartamento em San Francisco. A última coisa que ele gostaria era dividi-lo com alguém, mas logo surge uma jovem bonita e controladora, chamada Elizabeth (Reese Whiterspoon), que insiste que o apartamento é seu. David imagina que houve um grande mal entendido, até Elizabeth simplesmente desaparece. Ele muda a fechadura de casa mas isto não impede que Elizabeth ressurja, sempre aparecendo e sumindo como se fosse em um passe de mágica. David fica então convencido de que Elizabeth é um fantasma e passa a tentar ajudá-la a passar para o "outro lado" do pós-vida. Só que ela está convencida de que também está viva e se recusa a fazer qualquer travessia.

Título Original: Just Like Heaven Gênero: Comédia Romântica Tempo de Duração: 95 minutosAno de Lançamento (EUA): 2005Site Oficial: www.justlikeheaven-themovie.comEstúdio: DreamWorks SKG / MacDonald/Parkes Productions Distribuição: DreamWorks Distribution LLC / UIP Direção: Mark Waters Roteiro: Peter Tolan e Leslie Dixon, baseado em livro de Marc Levy Produção: Laurie MacDonald e Walter F. Parkes Música: Rolfe Kent e Robert Smith Fotografia: Daryn Okada Desenho de Produção: Cary White Direção de Arte: Maria L. Baker Figurino: Sophie Carbonell e Sophie De Rakoff Edição: Bruce Green Efeitos Especiais: Big Red Pixel

*******************************************************

segunda-feira, junho 19, 2006

O Espelho
........Renato quase não viu a senhora, com o carro parado no acostamento. Chovia forte e já era noite. Mas percebeu que ela precisava de ajuda. Assim parou seu carro e se aproximou. O carro dela cheirava a tinta, de tão novinho.A senhora pensou que pudesse ser um bandido? Ele não parecia seguro, parecia pobre e faminto.Renato percebeu que ela estava com muito medo e disse: Eu estou aqui para ajudar madame, não se preocupe. Por que não espera no carro onde está quentinho? A propósito, meu nome é Renato.Bem, tudo que ela tinha era um pneu furado, mas para uma senhora de idade avançada era ruim o bastante. Renato abaixou-se, colocou o macaco e levantou o carro. Logo ele já estava trocando o pneu. Mas ficou um tanto sujo e ainda feriu uma das mãos.(Todo Renato é mole mesmo). Enquanto apertava as porcas da roda ela abriu a janela e começou a conversar com ele. Contou que era de São Paulo e que só estava de passagem por ali e que não sabia como agradecer pela preciosa ajuda. Renato apenas sorriu enquanto se levantava... Ela perguntou quanto devia. Qualquer quantia teria sido muito pouco para ela. Já tinha imaginado todos as terríveis coisas que poderiam ter acontecido se Renato não tivesse parado e ajudado.Renato não pensava em dinheiro, aquilo não era um trabalho para ele.Gostava de ajudar quando alguém tinha necessidade e Deus já lhe havia ajudado bastante. Este era seu modo de viver e nunca lhe ocorreu agir de outro modo. E respondeu: Se realmente quiser me pagar, da próxima vez que encontrar alguém que precise de ajuda, dê para aquela pessoa a ajuda de que ela precisar. E acrescentou: e lembre-se de mim.Esperou até que ela saísse com o carro e também se foi. Tinha sido um dia frio e deprimente, mas ele se sentia bem, indo para casa, desaparecendo no crepúsculo.Alguns quilômetros abaixo a senhora parou seu carro num pequeno restaurante. Entrou para comer alguma coisa. Era um restaurante muito simples, e tudo ali era estranho para ela. A garçonete veio até ela e trouxe-lhe uma toalha limpa para que pudesse esfregar e secar o cabelo molhado e lhe dirigiu um doce sorriso, um sorriso que mesmo com os pés doendo por um dia inteiro de trabalho não pode apagar. A senhora notou que a garçonete estava com quase oito meses de gravidez, mas ela não deixou a tensão e as dores mudarem a sua atitude.A senhora ficou curiosa em saber como alguém que tinha tão pouco, podia tratar tão bem a um estranho. Então se lembrou de Renato. Depois que terminou a sua refeição, e enquanto a garçonete buscava troco para a nota de cem reais, a senhora se retirou. Já tinha partido quando a garçonete voltou. A garçonete ainda queria saber onde a senhora poderia ter ido quando notou algo escrito no guardanapo, sob o qual tinha mais 4 notas de R$ 100.Existiam lágrimas em seus olhos quando leu o que a senhora escreveu.Dizia:- Você não me deve nada, eu já tenho o bastante. Alguém me ajudou hoje e da mesma forma estou lhe ajudando. Se você realmente quiser me reembolsar por este dinheiro, não deixe este círculo de amor terminar com você, ajude alguém.Bem, havia mesas para limpar, açucareiros para encher, e pessoas para servir, e a garçonete voltou ao trabalho.Aquela noite, quando foi para casa cansada e deitou-se na cama, seu marido já estava dormindo e ela ficou pensando no dinheiro e no que a senhora deixou escrito.Como pôde aquela senhora saber o quanto ela e o marido precisavam disto? Com o bebê que estava para nascer no próximo mês, comoestava difícil! Ficou pensando na bênção que havia recebido, deu um grande sorriso, agradeceu a Deus e virou-se para o preocupado marido que dormia ao lado, deu-lhe um beijo macio e sussurrou: Tudo ficará bem; eu te amo...Renato!!!!!!!!!!!
A VIDA É ASSIM...
UM ESPELHO..
TUDO QUE VC TRANSMITE VOLTA PRA VOCE!!
*****************************************************************

terça-feira, maio 09, 2006




AH, ESSAS MÃES!

Quando nos vem à mente uma figura de mãe, sempre surge acompanhada de um misto de divino e humano.
É muito rara a pessoa que não se comova diante da lembrança de sua mãe.
Meninos que abandonaram o lar, por motivos variados, e vivem nas ruas, quando evocam suas mães, sentem uma onda de ternura a lhes invadir o ser.
Por que será que as mães são essas criaturas tão especiais?
Talvez seja porque elas têm o dom da renúncia...
Uma mãe consegue abrir mão de seus interesses para atender esse serzinho indefeso e carente que carrega nos braços.
Mas as mães também têm outras características muito especiais.
Um coração de mãe é compassivo.
A mãe sempre encontra um jeito de socorrer seu filho, mesmo quando a vigilância do pai é intensa.
Ela alivia o castigo, esconde as traquinagens, defende, protege, arruma uns trocos a mais.
Sim, uma mãe sempre tem algum dinheiro guardado, mesmo convivendo com extrema necessidade, quando se trata de socorrer um filho.
Mães são excelentes guarda-costas.
Estão sempre alertas para defender seu filho do amiguinho "terrorista", que quer puxar seu cabelo ou obrigá-lo a emprestar seu brinquedo predileto...Quando a criança tem um pesadelo no meio da noite, e o medo apavora, é a mãe que corre para acudir.
As mães são um pouco fadas, pois um abraço seu cura qualquer sofrimento, e seu beijo é um santo remédio contra a dor...Para os filhos, mesmo crescidos, a oração de mãe continua tendo o poder de remover qualquer dificuldade, resolver qualquer problema, afastar qualquer mal.
No entender dos filhos, as mães têm ligação direta com Deus, pois tudo o que elas pedem, Deus atende.
O respeito às mães perdura até nos lugares de onde a esperança fugiu.
Onde a polícia não entra, as mães têm livre acesso, ainda que seja para puxar a orelha do filho que se desviou do caminho reto.
Até mesmo o filho bandido respeita sua mãe, e lhe reverencia a imagem quando ela já viajou para o outro lado da vida.Existem mães que são verdadeiras escultoras.
Sabem retirar da pedra bruta que lhe chega aos braços, a mais perfeita escultura, trabalhando com o cinzel do amor e com o cadinho da ternura.
Ah, essas mães!Ao mesmo tempo em que têm algo de fadas, também têm algo de bruxas...Elas adivinham coisas a respeito de seus filhos, que eles desejam esconder de si mesmos.
Sabem quando querem fugir dos compromissos, inventam desculpas e tentam enganar com suas falsas histórias...É que os filhos se esquecem de que ficaram nove meses no ventre de suas mães, e por isso elas os conhecem tão bem.
Ah, essas mães!Mães são essas criaturas especiais, que Deus dotou com um pouco de cada virtude, para atender as criaturas, não menos especiais, que são as crianças.
As mães adivinham que a sua missão talvez seja a mais importante da face da Terra, pois é em seus braços que Deus deposita suas pedras preciosas, para que sejam buriladas e fiquem mais brilhantes.
Talvez seja por essa razão que Deus dotou as mães com sensibilidade e valentia, coragem e resignação, renúncia e ousadia, afeto e firmeza.
Todas essas são forças para que cumpram a grande missão de ser mãe.
E ser mãe significa ser co-criadora com Deus, e ter a oportunidade de construir um mundo melhor com essas pedras preciosas chamadas filhos...

Texto da Equipe de Redação do Momento Espírita.

*******************************************************

sexta-feira, abril 28, 2006

DE DENTRO PARA FORA

É grande o número de pessoas que vive à procura de milagres para os mais variados males que as aflige.Dizemos que procuram milagres porque a maioria busca algo que possa ser ingerido, injetado, cheirado ou passado na pele, e que faça prodígios.
E as receitas não faltam: "Nabo faz bem para isto", "Cenoura para aquilo", "Café cura tal coisa", "Tal vitamina previne o envelhecimento", "Tal legume faz nascer cabelo, tal erva evita a queda", e assim por diante.
Estamos sempre procurando algo que resolva nossa vida.
E bom seria que uma única cápsula fosse suficiente para todos os males que nos tiram o sossego.
No entanto, nossas buscas são sempre do exterior para o interior, quando o ideal seria de dentro para fora.
Tentamos retardar o envelhecimento da pele com vitaminas, e esquecemos que o melhor remédio para esse caso, é a nossa disposição de ânimo.
O otimismo, a esperança, a alegria, o trabalho voluntário e desinteressado são excelentes contra os radicais livres.
O preconceito, o interesse pessoal, o egoísmo, o ódio, a mágoa provocam rugas no corpo e doenças na alma, problemas difíceis de tratar.
A ira, a revolta, o desejo de vingança são verdadeiros venenos para o coração. Podem provocar graves problemas cardíacos e até levar ao óbito.A inveja, o ciúme, a maledicência, a calúnia são bombas que destroem sem deixar vestígios.
Eis aí alguns pontos que merecem, sim, atenção e cuidado, pois dizem respeito ao nosso bem-estar.Pouco ou nenhum resultado teremos ingerindo produtos, alimentos, ou remédios, se não fizermos um tratamento de intimidade, purificando a fonte das emoções.
Uma emoção desequilibrada pode causar muito mal ao nosso organismo.
Por isso é importante, se desejamos manter a saúde e o bem-estar, estabelecer alguns cuidados básicos que previnem uma série de males.Uma boa leitura, um bom filme, um passeio, caminhadas freqüentes, uma boa noite de sono, brincar com crianças, rir, saltar de alegria, meditar...A conversa sadia com amigos, a visita a um enfermo, a uma criança internada, alguns minutos de atenção a uma criança órfã são excelente profilaxia para diversos males.
Isso é fácil de comprovar.
Você deve conhecer pessoas que fazem trabalhos voluntários por prazer.
Elas são sorridentes, não aparentam a idade que têm, e geralmente não adoecem.
Não têm tempo para falar mal da vida alheia, não guardam mágoa, não carregam ódio, não sentem inveja nem ciúme, e estão sempre de bem com a vida.
Essas pessoas também são diferentes no ambiente onde trabalham profissionalmente, pois são leves, otimistas, e sua beleza brota de dentro para fora.Já as pessoas que só pensam em si mesmas são mal-humoradas, prevenidas, vivem armadas contra todos, não confiam em ninguém, e geralmente aparentam mais idade do que têm.
Por todas essas razões, vale a pena investir no seu bem-estar de forma eficiente e duradoura.
Só então os produtos, alimentos e remédios poderão causar os resultados esperados, pois terão como contributo uma força que vem de dentro, potencializando seus efeitos salutares.
Os avanços científicos e tecnológicos são alavancas que podem fazer verdadeiros milagres em todas as áreas que produzem bem-estar, mas para nos ajudar com eficiência, dependem da nossa disposição íntima.
Pense nisso e comece a se cuidar, de forma correta e eficaz.Você pode. E só você pode, pois quando se trata de zelar pela fonte da vida que existe em sua intimidade, é um trabalho que ninguém poderá fazer por você.
Cuide-se e cuide de sua saúde, começando sempre de dentro para fora...

Texto da Equipe de Redação do Momento Espírita.

*************************************************

sexta-feira, abril 14, 2006

CARTA DE UMA MÃE

Mães são criaturas especiais. Elas têm uma visão de mundo toda peculiar.Guardam a experiência, porque já viveram mais tempo que seu filho. Experimentaram incontáveis alegrias. Também tristezas, mágoa e dor.E sabem que, por mais que amem seu filho, não poderão impedir que tudo isso ele também experimente: coisas positivas e coisas negativas.Sabem igualmente que tudo isso faz parte do grande aprendizado que redundará em progresso para ele próprio.Possivelmente, por tudo isso é que uma mãe elaborou uma carta, mais ou menos nos seguintes termos:Caro mundo: meu filho começou hoje na escola. Durante algum tempo, tudo vai ser estranho e diferente para ele.Eu gostaria que você o tratasse com carinho.Até aqui, sempre estive ao lado dele. Aquieto seu coração. Curo suas feridas.Estou por perto quando ele cai e rala o cotovelo ou o joelho.Quando ele cai da bicicleta, do skate e tropeça nos cadarços soltos do tênis.Mas agora tudo vai ser diferente. Esta manhã ele vai sair pela porta da rua, acenar para mim e começar sua grande aventura.Ele irá aprender provavelmente sobre disputas, tragédia e sofrimento.Para viver neste mundo é preciso fé, amor e coragem.Por isso, mundo, eu gostaria que você o pegasse pela mão e ensinasse o que ele precisa saber.Ensine-o, mas com carinho. Ensine-o que, para cada malandro que existe por aí, existe também um herói.E que, em verdade, há muito mais heróis do que malandros. Heróis anônimos que realizam grandes proezas todos os dias.Fale-lhe muito mais dos heróis. Incentive-o a se tornar um deles.Ensine-o que para cada político corrupto existe um líder dedicado. E narre-lhe detalhes das vidas desses líderes para que os possa imitar.Ensine-o que para todo inimigo existe também um amigo. Diga-lhe como conquistar e conservar amigos.Ensine-o sobre as maravilhas dos livros. Livros de ciência, de arte, de grandeza.Dê a ele um momento de silêncio para que possa ponderar sobre o mistério dos pássaros no céu, das abelhas ao sol e das flores nas campinas.Ensine-o que é muito mais digno fracassar do que trapacear.Ensine-o a ter fé nas próprias idéias, mesmo quando todo mundo lhe disser que ele está errado.Ensine-o que seu coração e sua alma nunca devem estar à venda.Ensine-o a fechar os ouvidos para o clamor da multidão... E manter-se firme e disposto a lutar quando achar que está certo.Ensine-o com carinho, mundo, mas não o mime, pois é o teste do fogo que produz o aço mais resistente.Mundo, veja o que você pode fazer por meu filho. Ele é alguém muito especial.
***
A educação de uma criança não é somente um trabalho de amor e um dever.É uma missão interessante, desafiadora e honrosa. Em verdade, ela exige do educador o melhor que ele tenha para dar.Por isso, maternidade e paternidade são missões das mais nobres, confiadas pela divindade à mulher e ao homem.Pense nisso!

Equipe de Redação do Momento Espírita com base no cap. Carta de uma mãe ao mundo, do livro Histórias para aquecer o coração das mulheres, de Jack Canfield, Mark Victor Hansen, Jennifer Read Hawthorne e Marci Shimoff, ed. Sextante.

*********************************************************

quarta-feira, abril 05, 2006



Salve Ogum - 23 de Abril


Ele é o Senhor da guerra, indomável e imbatível defensor da lei e da ordem, defende os fracos e os que estão em demanda.
Foi Ogum quem ensinou aos homenso trabalho com ferro e aço. Seus instrumentos, além da espada são: alavanca, machado, pá, enxada, faca, etc. Com os quais ajudou os homens a dominar à natureza e a transformaá-la.
No sincretismo Ogum é associado a São Jorge, 23 de Abril.
Como está sempre ligado ao poder e a força, este Orixá não gosta de Ter suas ordens desobedecidas. Quando não é atendido fica irado e perde a razão e castiga àqueles que o desobedeceram, arrependendo-se depois.
A cor de Ogum é o vermelho, mas pode ser associado ao verde. Sua bebida é a cerveja branca, seu dia da semana é a terça-feira.
Este Orixá foi casado com Iansã, a Orixá dos ventos, que fugiu com Xangô. Também foi casado com Oxum, a Orixá da água doce, que abandonou Ogum para se casar com Oxossi, o Orixá das matas.
Ogum também é considerado o Senhor dos caminhos. Ele protege as pessoas em locais perigosos, dominando a rua com o auxílio de Exu, seu irmão e rei das encruzilhadas e dos cemitérios.
História
Conta uma lenda que ao chegar a uma aldeia Ogum ficou furioso. Ele falava com as pessoas, mas ninguém o respondia. Isto aconteceu sucessivas vezes, e sempre que se dirigia a um morador da aldeia só tinha silêncio. Ele achou que as pessoas da aldeia estavam zombando dele e num ato de fúria usou seu poder e matou a todos que ele pensava estarem o humilhando.
Um dia ao passar por outra aldeia ele contou a um ancião o ocorrido e este lhe disse que na aldeia por onde Ogum passara as pessoas, naquela época do ano, faziam um voto de silêncio por alguns dias.
Ao saber disso ele ficou enfurecido consigo e envergonhado, jurou proteger os mais fracos e todos aqueles que estivessem sofrendo injustiças, discriminações e qualquer tipo de perseguição injusta.
As pessoas de Ogum
São pessoas determinadas e com vigor e espírito de competição. Mostram-se líderes natos e com coragem para enfrentar qualquer missão, mas são francos e, às vezes, rudes ao impor sua vontade e idéias. Arrependem-se quando vêem que erraram, assim, tornam-se abertos a novas idéias e opiniões, desde que sejam coerentes e precisas.
As pessoas de Ogum são práticas e inquiétas, nunca "falam por trás" de alguém, não gostam de traição, dissimulação ou injustiça com os mais fracos.


***************************************************
DIÁRIO DE UMA CRIANÇA QUE NÃO NASCEU

05 de outubro.

Hoje teve início a minha vida. Papai e mamãe não sabem. Eu sou menor que um alfinete, contudo, sou um ser individual.
Todas as minhas características físicas e psíquicas já estão determinadas. Terei os olhos de papai e os cabelos castanhos e ondulados da mamãe. E isso também é certo: eu sou uma menina.

19 de outubro.

Hoje começa a abertura de minha boca. Dentro de um ano poderei sorrir quando meus pais se inclinarem sobre meu berço.
A minha primeira palavra será “mamãe”. Seria verdadeiramente ridículo afirmar que eu sou somente uma parte de minha mãe. Isso não é verdade, pois sou um ser individual.

25 de outubro.

O meu coração começou a bater. Ele continuará sua função sem parar jamais, sem descanso, até o fim dessa minha existência. De fato, é isso uma grande dádiva de Deus.
02 de novembro.
Os meus braços e as minhas perninhas começaram a crescer até ficarem perfeitas para o trabalho; isto requererá algum tempo, mesmo depois de meu nascimento. Assim que for possível, enroscarei meus bracinhos no pescoço da mamãe e lhe direi o quanto eu a amo.

20 de novembro.

Hoje, pela primeira vez, minha mãe percebeu, pelo seu coração, que me traz em seu seio. Acho que ela teve uma grande alegria.

28 de novembro.

Todos os meus órgãos estão completamente formados. Eu sou muito grande.

02 de dezembro.

Logo mais poderei ver, porém, meus olhos ainda estão costurados com um fio.
Luz, cor, flores... como deve ser magnífico! Sobretudo, enche-me de alegria o pensamento de que deverei ver minha mãe... Oh! Se não tivesse que esperar tanto tempo! Faltam ainda mais de seis meses.

12 de dezembro.

Crescem-me os cabelos e as sobrancelhas. Já imagino como minha mãe ficará contente com a sua filhinha!

24 de dezembro.

O meu coraçãozinho está pronto. Deve haver crianças que nascem com o coração defeituoso. Neste caso, precisam sujeitar-se a delicada cirurgia para corrigir o defeito. Graças a Deus o meu coração não tem nenhuma anomalia, e serei uma menina cheia de vida e forças. Todos ficarão alegres com meu nascimento.

28 de dezembro.

Hoje minha mãe amanheceu diferente, está um pouco angustiada. Mas uma coisa é certa: nós vamos sair para um passeio.
Creio que ela quer se distrair um pouco, talvez comprar roupinhas para mim. É isso mesmo, estamos saindo para algum lugar.
Ih! Acho que estamos entrando em uma clínica. Deve ser para checar se a minha saúde vai bem. Que ótimo! Quando eu sair daqui, direi à minha mamãe o quanto lhe sou grata.
O médico está chegando...
Mas... esses instrumentos não são para um exame... Não mamãe! Não deixe ele se aproximar!
Ai, que horror! Esta é uma clínica de aborto! Socorro! Deixem-me nascer!
... Ninguém escuta meus gritos!
E meus sonhos de felicidade...
Minha vontade de ver a luz, as flores, as cores...
Tudo acabado...
Sim... Hoje... Hoje minha mãe me assassinou...
***
A história é dramática e triste, mas, infelizmente, se repete diariamente nas clínicas de aborto do nosso país ou em casas de pessoas que se alimentam com o dinheiro ganho com o sangue de vítimas indefesas.
Hoje já não se pode mais alegar que o feto não é um ser individual, distinto da mãe, pois a ciência afirma o contrário todos os dias.
Assim, tanto quem pratica o aborto quanto quem o consente, deverá responder perante as Leis Divinas sobre esse crime.
Pensemos nisso!

(Equipe de Redação do Momento Espírita, com base em artigo de H. Schwab, Nur Ein Hinderland ist ein Vaterland, Ed, Herder, 1956, publicado na revista Seleções do Reader’s Digest.)
www.momento.com.br suporte@momento.com.br

**********************************************

quinta-feira, março 23, 2006


Lições de Preto-velho

Autor: José Queid Tufaile



Cenário: reunião mediúnica num Centro Espírita. A reunião na sua fase teórica desenrola-se sob a explanação do Evangelho Segundo o Espiritismo. Os membros da seleta assistência ouvem a lição atentamente. Sobre a mesa, a água a ser fluidificada e o Evangelho aberto na lição nona do capítulo dez: "O Argueiro e a trave no olho".
Dr. Anestor, o dirigente dos trabalhos, tecia as últimas considerações a respeito da lição daquela noite. O ambiente estava impregnado das fortes impressões deixadas pelas palavras do Mestre: "Por que vês tu o argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu?". Findos os esclarecimentos, apagaram-se as luzes principais, para que se desse abertura à comunicação dos Espíritos.
Um dos presentes fez a prece e deu-se início às manifestações mediúnicas. Pequenas mensagens, de consolo e de apoio, foram dadas aos presentes. Quando se abriu o espaço destinado à comunicação das entidades não habituais e para os Espíritos necessitados, ocorreu o inesperado: a médium Letícia, moça de educação esmerada, traços delicados, de quase trinta anos de idade, dez dos quais dedicados à educação da mediunidade, sentiu profundo arrepio percorrendo-lhe o corpo. Nunca, nas suas experiências de intercâmbio, tinha sentido coisa parecida. Tomada por uma sacudidela incontrolável, suspirou profundamente e, de forma instantânea, foi "dominada" por um Espírito. Letícia nunca tinha visto tal coisa: estava consciente, mas seus pensamentos mantinham-se sob o controle da entidade, que tinha completo domínio da sua psiquê.
O dirigente, como sempre fez nos seus vinte e tantos anos de prática espírita, deu-lhe as boas vindas, em nome de Jesus:
- Seja bem vindo, irmão, nesta Casa de Caridade, disse-lhe
Dr. Anestor.
O Espírito respondeu:
"Zi-boa noite, zi-fio. Suncê me dá licença pra eu me aproximá de seus trabaios, fio?".
- Claro, meu companheiro, nosso Centro Espírita está aberto a todos os que desejam progredir, respondeu o diretor dos trabalhos.
Os presentes perceberam que a entidade comunicante era um preto-velho, Espírito que habitualmente comunica-se em terreiros de Umbanda. A entidade comunicante continuou:
"Vós mecê não tem aí uma cachaçinha pra eu bebê, Zi-Fio ?".
- Não, não temos, disse-lhe Dr. Anestor. Você precisa se libertar destes costumes que traz de terreiros, o de beber bebidas alcoólicas. O Espírito precisa evoluir, continuou o dirigente.
"Vós mecê não tem aí um pito? Tô com vontade de pitá um cigarrinho, Zi-fio".
- Ora, irmão, você deve deixar o hábito adquirido nas sessões de Umbanda, se queres progredir. Que benefícios traria isso a você?
O preto-velho respondeu:
"Zi-preto véio gostou muito de suas falas, mas suncê e mais alguns dos que aqui estão, não faz uso do cigarro lá fora, Zi-fio? Suncê mesmo, não toma suas bebidinhas nos fins de sumana? Vós mecê pode me explicá a diferença que tem o seu Espírito que bebe whisky, no fim de sumana, do meu Espírito que quer beber aqui? Ou explicá prá mim, a diferença do cigarrinho que suncê queima na rua, daquele que eu quero pitá aqui dentro?".
O dirigente não pôde explicar, mas ainda tentou arriscar:
- Ora, meu irmão, nós estamos num templo espírita e é preciso respeitar o trabalho de Jesus.
O Espírito do preto-velho retrucou, agora já não mais falando como caipira:
"Caro dirigente, na Escola Espiritual da qual faço parte, temos aprendido que o verdadeiro templo não se constitui nas quatro paredes a que chamais Centro Espírita. Para nós, estudiosos da alma, o verdadeiro templo é o templo do Espírito, e é ele que não deve ser profanado com o uso do álcool e fumo, como vem sendo feito pelos senhores. O exemplo que tens dado à sociedade, perante estranhos e mesmo seus familiares, não tem sido dos melhores. O hábito, mesmo social, de beber e fumar deve ser combatido por todos os que trabalham na Terra em nome do Cristo. A lição do próprio comportamento é que é fundamental na vida de quem quer ensinar".
Houve profundo silêncio diante de argumentos tão seguros. Pouco depois, o Espírito continuou:
"Desculpem a visita que fiz hoje e o tempo que tomei do seu trabalho. Vou-me embora para o lugar de onde vim, mas antes queria deixar a vocês um conselho: que tomassem cuidado com suas obras, pois, como diria Nosso Senhor, tem gente "coando mosquito e engolindo camelo". Cuidado, irmãos, muito cuidado. Deixo a todos um pouco da paz que vem de Deus, com meus sinceros votos de progresso a todos que militam nesta respeitável Seara".
Deu uma sacudida na médium, como nas manifestações de Umbanda, e afastou-se para o mundo invisível. O dirigente ainda quis perguntar-lhe o porquê de falar "daquela forma". Não houve resposta. No ar ficou um profundo silêncio, uma fina sensação de paz e uma importante lição: lição para os confrades meditarem.

****************************************************

terça-feira, março 14, 2006




Eis uma bela solução para aqueles que não disponibilizam de tempo para frenquentar cursos de informática. É o Apostilando, um site que oferece diversas apostilas de cursos sobre varios aplicativos, como o Excel, o Word, o Windows e outros mais. E o melhor de tudo isto, é que é tudo gratis mesmo, bastando apenas o cadastramento no site para que se possa efetuar os downloads das apostilas. Não deixem de dar uma olhadinha. Acesse este link http://www.apostilando.com

by Mauro Miranda

***********************************************

SAUDADES DE JESUS

Enviado por Celso, um grande amigo da casa.

Estávamos na residência de Chico Xavier. Seu estado de saúde não lhe permitia deslocar-se até o Centro. A multidão se comprimia lá na rua em frente. Quando o portão se abriu, a fila de pessoas tinha alguns quarteirões. Foram passando uma a uma em frente ao Chico. Pessoas de todas as idades, de todas as condições sociais e dos mais distantes lugares do País. Algumas diziam: - Eu só queria tocá-lo... - Meu maior sonho era conhecê-lo... - Só queria ouvir sua voz e apertar sua mão. Uns queriam notícias de familiares desencarnados, espantar uma idéia de suicídio. Outros nada diziam, nada pediam, só conseguiam chorar. Com uma simples palavra do Chico, seus semblantes se transfiguravam, saíam sorridentes. Ao ver as pessoas ansiosas para tocá-lo, a interminável fila, a maneira como ele atendia a todos fiquei pensando: "Meu Deus, a aura do Chico é tão boa... seu magnetismo é tão grande, que parece que pulveriza nossas dores e ameniza nossas ansiedades".
De repente, ele se volta para mim e diz: - Comove-me a bondade de nossa gente em vir visitar-me. Não tenho mais nada para dar. Estou quase morto. Por que você acha que eles vêm? Perguntou-me e ficou esperando a resposta. Aí, pensei: Meu Deus, frente a um homem desses, a gente não pode mentir nem dizer qualquer coisa que possa vir ofender a sua humildade (embora ele sempre diga que nunca se considerou humilde).
Comecei então a pensar que quando Jesus esteve conosco, onde quer que aparecesse, a multidão o cercava. Eram pessoas de todas as idades, de todas as classes sociais e dos mais distantes lugares. Muitos iam esperá-lo nas estradas, nas aldeias ou nas casas onde Ele se hospedava. Onde quer que aparecesse, uma multidão o cercava. Tanto que Pedro lhe disse certa vez: "Bem vês que a multidão te comprime". Zaqueu chegou a subir numa árvore somente para vê-lo. Ver, tocar, ouvir era só o que queriam as pessoas. Tudo isso passou pela minha cabeça com a rapidez de um relâmpago. E como ele continuava olhando para mim esperando a resposta, animei-me a dizer: - Chico, acho que eles estão com saudades de Jesus. Palavras tiradas do fundo do coração, penso que elas não ofenderam sua modéstia. A multidão continuou desfilando. Todos lhe beijavam a mão e ele beijava a mão de todos. Lá pelas tantas da noite, quando a fila havia diminuído sensivelmente, percebi que seus lábios estavam sangrando. Ele havia beijado a mão de centena de pessoas. Fiquei com tanta pena daquele homem, nos seus oitenta e oito anos, mais de setenta dedicados ao atendimento de pessoas, que me atrevi a lhe perguntar:
- Por que você beija a mão deles? A humildade de sua resposta continuará emocionando-me sempre: - Porque não posso me curvar para beijar-lhes os pés.

Do livro Momentos com Chico Xavier Adelino da Silveira 1ª ed. 1999

************************************************************

quarta-feira, março 08, 2006



Dia Internacional da Mulher




Virgem Maria

Sempre fora só ela e o pai. A mãe, não sabia se vivia. Sabia que um dia ela montara no lombo do burro de um tropeiro e ganhara o mundo. Mas Maria não a conhecera. Só nascera de sua barriga.Quando pequena seu pai a levava para o cafezal e ela ficava sentadinha olhando o mar de lenços brancos nas cabeças de homens e mulheres e ouvindo uma música que se repetia incansavelmente aos seus ouvidos.Quando mocinha ganhara um lugar dentro do mar. Lenço branco cobrindo os cabelos rebeldes e longos, a cantilena saindo-lhe limpa e afinada da garganta. Maria ganhava corpo. Ancas redondas, seios fartos e lábios carnudos. Um convite para os homens que a olhavam disfarçados e para o capataz que todos os dias vinha ensinar-lhe uma nova forma de apanhar o café. Uma ameaça para o pai, guardião da sua virgindade.Preocupado o pai procurou o vigário e contou-lhe das tentações que rodeavam Maria. Levou uma oração e uma imagem da Virgem Maria. Todos os dias pela manhã, Maria pedia à Virgem proteção contra as tentações. E a Virgem zelosa de sua filha mandava dois anjinhos que a acompanhavam o dia inteiro.Os anjinhos sentavam-se nos ombros de Maria e fechavam-lhe os olhos e os ouvidos. E Maria permanecia soltando a voz na cantilena do café. Não via os olhares famintos que a cercavam. Nem entendia as palavras sussurradas do capataz que agora lhe trazia pedaços de rapadura para comer depois da matula.Mas a virgindade de Maria começou a ficar muito pesada. Os anjos já não conseguiam ficar vigilantes o tempo todo. Resolveram então que descansariam todas as noites enquanto ela dormisse. Maria fechava os olhos e lá iam eles procurar uma dobra nas nuvens.Uma manhã Maria acordou diferente. Seu corpo estava pesado e havia manchas escuras nos seios. Passou os dedos sobre elas: doíam. Sentou-se e sentiu ardendo-lhe entre as pernas. Uma mancha vermelha e ainda úmida sobre o lençol. Bem debaixo de suas coxas. Deitou-se confusa. O sonho foi vindo-lhe aos poucos. Uma mão calosa passava-lhe pelo corpo. Uma barba por fazer fazia cócegas na sua barriga. Uma boca quente cobria a sua. Uma dor que cortava-lhe as entranhas e virava fogo entre as pernas. Sentou-se de pronto. Olhou a Virgem Maria e viu cristais brilhando em seus olhos. Olhou novamente a mancha. Duas lágrimas silenciosas escorreram por seu rosto. Uma dor foi crescendo no coração. Um rosto crescendo na memória. O rosto do pai.

Euza Noronha

___________________________ ******** ________________________

Mulher

Tome a mesma mulher aos 20 e aos 40 anos.Num segundo momento, ela será umas sete ou oito vezes mais interessante, sedutora e irresistível do que no primeiro. Ela perde o frescor juvenil, é verdade... Mas também o ar inseguro de quem ainda não sabe direito o que quer da vida, de si mesma, de um homem. Não sustenta mais aquele ar ingênuo, uma característica sexy da mulher de 20. Só que é compensado por outros atributos encantadores de que se reveste a mulher de 40. Como se conhece melhor, ela é muito mais autêntica, centrada, certeira no trato consigo mesma e com seu homem. Aos 40, a mulher tem uma relação mais saudável com o próprio corpo. Não briga mais com nada disso. Está interessada em absorver do mundo o que lhe parecer justo e útil, ignorando o que for feio e baixo-astral... Quer é ser feliz. Se o seu homem não gostar do jeito que ela é, que vá procurar outra! Ela só quer quem a mereça. Aos 40 anos, a mulher sabe se vestir... Domina a arte de valorizar os pontos fortes e disfarçar o que não interessa mostrar... Sabe escolher sapatos, tecidos e decotes, maquiagem e corte de cabelo. Aos 40, ela carrega um olhar muito mais matador quando interessa matar. E finge indiferença com mais competência quando interessa repelir. Ela não é mais bobinha. Mulher que é mulher, se pudesse, não vestiria duas vezes a mesma roupa, nem acordaria dois dias seguidos com o mesmo humor. Mas, aos 40, ela já sabe lidar melhor com este aspecto peculiar da condição feminina. E poupa (exceto quando não quer), o seu homem desses altos e baixos hormonais que aos 20 atingiriam em cheio quem estivesse por perto... Não veste mais calcinhas que não lhe favorecem. Só usa lingeries com altíssimo poder de fogo. Também aprende a se perfumar na dose certa, com a fragrância exata. Aos 40, ela é mais natural, sábia e serena. menos ansiosa, menos estabanada. O brilho da pele não é o da oleosidade dos 20 anos, mas pura luminosidade. O jeito de olhar fica mais glamouroso, mais sensual... Aos 40, quando ousa no que quer que seja, a mulher costuma acertar em cheio. No jogo com os homens, já aprendeu a atuar no contra-ataque. Quando dá o bote, é para liquidar a fatura. Ela sabe dominar seu parceiro sem que ele se sinta dominado. Se você, mulher, anda preocupada porque não tem mais 20 anos (ou porque ainda tem), mas percebeu que eles não vão durar para sempre - fique tranqüila: é precisamente, a partir dos 40, que o jogo começa a ficar bom!

Autoria de Adriano Silva - Site Mais Voce (Ana Maria Braga - Rede Globo)

______________________ ******* ____________________________


Feliz Dia das Mulheres

Para todas as mulheres especiais e que merecem todo o carinho e homenagens do mundo...

Mulher...

Mais um dia chegou
Único, simples e cheio de
Liberdade
Homens estendam as mãos
E mostrem a elas que são mais que importantes
Razão de sorriso e alegria

Pelos anos vividos
Ao lado das pessoas amadas,
Rindo, ouvindo, cantando o
Amor em prosas
Benignidade nata,
É a mulher.
Nunca esquecida,
Sempre presente nos bons e maus momentos.

Pela paciência
E o afeto, assim como, pela
Longanimidade inabalável;
O que faz de vocês filhas amadas de Deus!

Sejam assim sempre,
Especiais e
Únicas.

Diante de qualquer situação
Inabaláveis, conservando sempre esse
Amor incomparável.

Parabéns pelo dia que foi separado para vocês, mesmo sabendo que todos os dias são seus também!!!!!

Breno Amaral

*****************************************


Calendário Assistência 2017

TENDA ESPÍRITA MAMÃE OXUM

CALENDÁRIO ASSISTÊNCIA - 2017.

C.E. Miguel Arcanjo e Tenda Espirita Mamãe Oxum-

Rua Francisco Framback, 91 E – Cascatinha - Petrópolis - RJ

ABRIL

MAIO

JUNHO

23 – Reabertura do Terreiro às 20h – Saudação à Ogum

02 – sexta-feira – Pretos Velhos

28 - sexta-feira - Exus

05 - sexta-feira – Pretos Velhos

07 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

10 - quarta-feira- Estudo da Umbanda

09 – sexta-feira – Saúde

12 - sexta-feira – Saúde

13 – terça-feira – Saudação Aos Exus – Bênção dos Pães – 20h

13 – sábado – Saudação aos Pretos Velhos

16 – sexta-feira – Não tem Gira

17 – quarta-feira – Doutrina - Vovó Catarina

21 – quart-feira – Doutrina – Vovó Catarina

19 – sexta-feira – Caboclos

23 – sexta-feira – Caboclos

24 – quarta-feira –Saudação à Sta. Sara,

e Povo Cigano

28 – quarta-feira – Doutrina

26 – sexta-feira - Malandros

30 – sexta-feira - Exus

JULHO

AGOSTO

SETEMBRO

05 – quarta-feira – Doutrina

02 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

01 – sexta-feira – Pretos Velhos

07 – sexta-feira – Pretos Velhos

04 – sexta-feira – Pretos Velhos

06 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

12 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

09 – quarta-feira – Doutrina

08 – sexta-feira – Saúde

14 – sexta-feira – Saúde

11 – sexta-feira – Saúde

13 – quarta-feira – Doutrina

19 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

16 – quarta-feira – Saudação à Obaluaê e Omolu

15 – sexta-feira – Caboclos

21 – sexta-feira – Caboclos

18 – sexta-feira – Caboclos

20 - quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

28 – sexta-feira - Exus

23 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

22 – sexta-feira – Não Tem Gira

25 – sexta-feira – Malandros

24 – Domingo – Saudação à Ibeijada - às 17h

30 – quarta-feira – Doutrina ou Palestra

27 – quarta-feira – Distribuição Doces

29 – sexta - Exus

OUTUBRO

NOVEMBRO

DEZEMBRO

.04 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

01 – quarta-feira – Terreiro Fechado

02 - Confraternização

06 – sexta-feira – Pretos Velhos

03 – sexta-feira – Não tem Gira

08 – sexta-feira – Saudação à Oxum e bênção dos Pretos Velhos – 20h

11 – quarta-feira - Não tem Doutrina

08 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

09 – Oferendas na Praia – saída 17h

12 – quinta-feira – Cachoeira / Mata

10 - sexta-feira – Saúde

13 – sexta-feira – Não tem Gira

15 – Feriado – Saudação aos Malandros

18 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

17 – sexta-feira – Caboclos

20 – sexta-feira – Caboclos

22 – quarta-feira – Doutrina

25 – quarta-feira – Doutrina – Doutrina ou Palestra

24 – sexta-feira – Exus

27 – sexta-feira - Ciganos

29 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

A giras de sextas-feiras têm início às 20 horas. As fichas são distribuídas a partir de 19:45 até as 21:30. As pessoas que chegarem após este horário receberão apenas o passe, sem consulta.

Nossa casa não cobra consultas nem trabalhos, porém aceitamos colaboração de materiais de uso como velas, fósforos, charutos, fumos, etc...

ATENÇÃO: NÃO É PERMITIDO PARA ATENDIMENTO, PESSOAS COM MINI-SAIAS, SHORTS OU BERMUDAS CURTAS, BLUSAS MUITO DECOTADAS OU MINI-BLUSAS, CAMISETAS TIPO MACHÃO.

A CARIDADE NÃO SERÁ NEGADA, PORÉM RESPEITEM O TEMPLO RELIGIOSO.

(Baixe o seu calendário em PDF, clicando aqui)

Printfriendly