sábado, novembro 11, 2006



Olá amigos,

Quem sou eu para falar da Vida de Chico Xavier, por isso envio um pequenoestudo deste HOMEM CHAMADO AMOR, orientado pelo VOVÔ, prá coisa ficar nomesmo nível. Ok.

Espero que vocês desfrutem deste SER MARAVILHOSO CHAMADO CHICO.

Fiquem na Proteção Amor Zambi,Saravá em todos,Dr. Zóffoli

Obs. O Dr. é pedido do VOVÔ, para uma UMBANDA sem preconceitos.

Em tempo: Por respeito aos meus GUIAS ( CABOCLO, PRETO VELHO, CRIANÇA EXÚ ) não poderia me furtar do esclarecimento que se faz necessário apósassistir ao PROGRAMA DO JÔ SOARES NO ÚLTIMO DIA 10/11/2.006 ( 6a. Feira ),na entrevista com o Padre em que ESPÍRITOS OBSSESSORES FORAM CITADOS COMOGUIAS ( CABOCLO, PRETO VELHO, CRIANÇA E EXÚ ), NUMA TOTAL FALTA DECONHECIMENTO DA MATÉRIA, CRIANDO UM CLIMA PREJUDICIAL E DE REVOLTA NO MEUCORAÇÃO APÓS UMA NOITE TÃO HARMONIOSA EM MEU CENTRO.PAI JOSÉ ME ME ACALMOU E ACONSELHOU A RELER: " AS SETE LÁGRIMAS DE PRETOVELHO E RECOMENDÁ-LAS AOS AMIGOS.


AS VIDAS DE CHICO XAVIER

“UM HOMEM CHAMADO AMOR”


No dia 2 de abril de 1980, Chico completou setenta anos. Não quis festa nem homenagens. Preferiu ficar em casa. Jornais e revistas estamparam seu currículo: 183 livros, 8 milhões de exemplares vendidos em 15 idiomas, 10 mil “cartas” de mortos a suas famílias, 360 mil autógrafos, 2 mil instituições de assistência fundadas, ajudadas ou mantidas com os direitos autorais ou com as campanhas beneficentes promovidas por ele. O censo daquele ano revelou a presença de 1,5 milhão de espíritas no país- ou seja, desde o primeiro Pinga fogo o número de kardecistas confessos tinha triplicado.Três dias após o aniversário, no Sábado de Aleluia, Chico rompeu o retiro e reapareceu embaixo do abacateiro, na Vila dos Pássaros Pretos. Amigos do Rio, liderados por Augusto César Vanucci, ofereceram-lhe um presente: a candidatura ao Prêmio Nobel da Paz.Chico sorriu, desconversou e continuou a distribuir alimentos, remédios e roupas aos pobres da periferia.Na manha seguinte, Vanucci convidou o maior fenômeno espírita do país a participar de um programa em homenagem ao médium baiano Divaldo Franco, considerado o mais importante orador da doutrina. Chico teria de gravar um depoimento no Teatro Globo, no Rio. Ele aceitou o convite, reverteu o cachê de 50 mil cruzeiros à Fundação Marieta Caio e apareceu no teatro na hora combinada. Uma das artistas convidadas, Glória Menezes, teve um crise de choro ao deparar com aquele senhor sorridente, amparado por auxiliares.Vanucci tinha mentido. Chico iria participar de um programa dedicado a si mesmo, _ UM HOMEM CHAMADO AMOR.Era o lançamento de sua campanha para o Prêmio Nobel da Paz. No roteiro, poemas e mensagens de Chico declamados por artistas como Lima Duarte, Tony Ramos e Paulo Figueiredo, depoimentos de amigos como Roberto Carlos e muita música. Roberto cantou Ave-maria e Força estranha, Vanusa apresentou sua Prece de Cáritas, Joyce interpretou Clareana e Elis Regina No céu da vibração. Com uma camisa xadrez amarrotada sob o terno branco, diante de um retrato a óleo de Emmanuel, Chico Xavier falou sobre a infância, defendeu a inseminação artificial e desempenhou o papel de garoto-propaganda do papa João Paulo II, então prestes a desembarcar no Brasil.
Devemos recebê-lo com todas as atenções de que ele é digno e de tanto fez por merecer, conduzindo a cristandade com tanta abnegação e com tanto tato para evitar que a discórdia se alastre no mundo.
O discurso cristão assentava bem na emissora mais poderosa do país, presidida por um amigo de dom Eugênio Sales.
Após gravar seu depoimento, Chico encarou Vanucci, o diretor do programa, e afirmou com um meio sorriso:_ Tudo pela doutrina.Ele sabia quem era o verdadeiro homenageado e aceitou a candidatura.
Os velhos críticos de sua vaidade voltaram à tona. Chico reagiu com as antigas explicações. Reverteu a homenagem ao espiritismo, definiu como ingratidão imperdoável a recusa de “tamanha honraria” e aproveitou a badalação em torno de seu nome para divulgar as lições de Kardec. Diante das câmeras e das canetas dos repórteres, ele repetiu uma frase muito pouco bombástica:_ AMAI-VOS UNS AOS OUTROS COMO EU VOS AMEI.Este slogan cristão resumia, para ele, a filosofia correta de vida. Chico se agarrava à frase atribuída a Jesus e aconselhava com sua voz cada vez mais desafinada:_ AMAR SEM ESPERAR SER AMADO E SEM AGUARDAR RECOMPENA ALGUMA. AMAR SEMPRE.
Como candidato ao Nobel, Chico voltava a ser notícia. E dez anos depois do Pinga Fogo da Tv Tupi, surpreendia o público com revelações estapafúrdias. Do alto de seus setenta anos e sob o peso de sucessivas crises coronarianas, ele exibia a coragem de quem sente a morte cada vez mais próxima. Já não pensava tanto antes de confessar sua crença em discos-voadores ou antes de contabilizar a “população de desencarnados” da Terra: 20 bilhões de espíritos espalhados por diversas áreas invisíveis em torno da crosta terrestre, à espera de voltar ao planeta e resgatar as dívidas de “existências” anteriores.Os repórteres aproveitavam a disposição do líder espírita para falar e buscavam a polêmica.Quando o papa chegou ao Brasil, foi recebido com pompa e majestade, como um rei.Aquela ostentação toda era justa num país tão pobre? Chico Xavier repetiu a mesma resposta a quem quisesse saber sua opinião.Um país que gastava fortunas com campeonatos de futebol e com desfiles de carnaval não deveria economizar para reverenciar o sumo pontíficie, um “homem extraordinário, que tem beijado o chão de tantas terras”._ Por que ele deveria aparecer no Brasil pedindo esmolas? _ perguntava. E arrebanhava católicos.
Uma Comissão Pró-Indicação de Frâncico Cândido Xavier ao Prêmio Nobel da Paz de 1981 foi formada para organizar o movimento.Eles trataram de divulgar um texto: “Por que Chico Xavier?”A primeira frase dava o tom:EM 53 ANOS DE VIDA PÚBLICA, DEDICADA À PAZ ENTRE AS CRIATURAS, ELE ATENDEU A MAIS DE 1 MILHÃO DE PESSOAS, UMA A UMA.
Até o dia da divulgação do resultado, quase 10 milhões de pessoas deixaram suas assinaturas em listas de apoio à indicação de Chico Xavier (a maioria sem saber que o dia da inscrição já tinha passado).Em 14 de outubro de 1981, foi divulgado o resultado. Nem Walesa nem João Paulo II venceram. Muito menos Chico Xavier.
O prêmio daquele ano ficou para um azarão. O “Escritório do Alto Comissariado da ONU – Organização das Nações Unidas para os refugiados”, responsável pela assistência a refugiados no mundo todo, inclusive do Afeganistão, Etiópia e Vietnã., foi premiado pela segunda vez.Chico Xavier deu uma opinião sob medida no dia seguinte à derrota:ESTAMOS MUITO FELIZES SABENDO QUE UM PRÊMIO DESSA ORDEM COUBE A UMA INSTITUIÇÃO QUE JÁ ATENDEU A MAIS DE 18 MILHÕES DE REFUGIADOS. NÓS TODOS DEVERÍAMOS INSTITUIR RECURSOS PARA UMA ORGANIZAÇÃO COMO ESSA, EM QUE TANTAS CRIATURAS ENCONTRAM APOIO, REFÚGIO, AMPARO E BÊNÇÃO.
SÓ DEZ ANOS DEPOIS, ELE DIRIA:_ NÃO MERECIA SER PRÊMIO NOBEL DA PAZ PORQUE SOU UM HOMEM DO POVÃO.
Chico não deu tempo para Vanucci lamentar o fracasso da campanha pelo Prêmio Nobel da Paz. O trabalho era a melhor maneira de curar ressacas. O diretor da Globo tinha conversado com o espírita, três anos antes, sobre o projeto de montar uma peça a partir de textos “psicografados” por ele e por Divaldo Franco.Vanucci montou a peça para Chico Xavier no quintal do Grupo Espírita da Prece, entre árvores, ao ar livre. O protegido de Emmanuel se sentou atrás da mesa de madeira, na varanda, e ficou atento a cada esquete.CHICO XAVIER NÃO TEVE DÚVIDAS:_ VAI SER UM SUCESSO. NÓS VAMOS MORRER E A PEÇA VAI CONTINUAR.
A PEÇA SE TRANSFORMOU EM FENÔMENO DE BILHETERIA. ENCENADA PELA PRIMEIRA VEZ EM JANEIRO DE 1982, ELA SERIA VISTA EM 11 ANOS POR 2 MILHÕES DE ESPECTADORES DE CARNE E OSSO, FORA OS INVISÍVEIS. DESDE A PRIMEIRA APRESENTAÇÃO, METADE DA BILHETERIA FOI REVERTIDA PARA INSTITUIÇÕES DE CARIDADE.
Referência Bibliográfica: As Vidas de Chico Xavier - Marcel Souto Maior , 3ª. Edição, Editora Rocco.

“CHICO”Não vou acrescentar nada novo a esta questão,Só poderemos seguir esta lição,Que Chico foi a vida,Uma missão bem definida,De que devemos semear...Irmão,Caridade,
Humanidade,Intuição, Compaixão, O ganização.

Extraído do livro “Umbanda em poesia” – por Dr. ZóffoliInspirado por Pai José D’Angola

*Estudo orientado por Pai José D’Angola – preto velho da Linha de OXÓSSI.


Um comentário:

Luís César disse...

Olá,

Gostei da caaa pude ir até ela, e agardeço a forma como fui recebido...

Paz e Bem...

Atencisoamente;
da Costa, Luís C.

Calendário Assistência 2018

TENDA ESPÍRITA MAMÃE OXUM

CALENDÁRIO ASSISTÊNCIA - 2018

C.E. Miguel Arcanjo e Tenda Espirita Mamãe Oxum-

Rua Francisco Framback, 91 E – Cascatinha - Petrópolis - RJ

BAIXE O CALENDÁRIO 2018, CLICANDO AQUI

ABRIL

MAIO

JUNHO

06 – sexta-feira – Pretos Velhos

02 – quarta-feira – Palestra

11 – quarta-feira – Estudo daUmbanda

04 - sexta-feira – Pretos Velhos

01 – sexta-feira – Pretos-Velhos

06 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

13 – sexta-feira - Saúde

09 - quarta-feira- Estudo da Umbanda

08 – sexta-feira – Saúde

18 – quarta-feira – Doutrina Vovó Catarina

11 - sexta-feira – Saúde

13 – quarta-feira – Saudação Aos Exus – Bênção dos Pães – 20h

20 – sexta-feira - Caboclos

13 – Domingo – Saudação aos Pretos Velhos

Às 18h

15 – sexta-feira – Caboclos

23 – segunda-feira – Saudação Ogum – 20h

25 – quarta-feira – Reunião Interna

16 – quarta-feira – Doutrina - Vovó Catarina

20 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

18 – sexta-feira – Caboclos

22 – sexta-feira – Exus

27 – sexta-feira – gira dos Malandros

25 – sexta-feira –Saudação à Sta. Sara,Povo Cigano

27 – quarta-feira – Reunião Interna

30 – quarta-feira – Reunião Interna

29 – sexta-feira – Não tem Gira

JULHO

AGOSTO

SETEMBRO

04 – quarta-feira – Palestra

01 – quarta-feira – Palestra

06 – sexta-feira – Pretos Velhos

03 – sexta-feira – Pretos Velhos

05 – quarta-feira – Doutrina

11 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

08 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

07 – sexta-feira – Não tem Gira

13 – sexta-feira – Saúde

10 – sexta-feira – Saúde

12 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

18 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

12 – domingo – Calunga – 09h

14 – sexta-feira – Saúde

20 – sexta-feira – Caboclos

16 – quinta-feira – Saudação à Obaluaê e Omolu 20h

19 - quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

25 – quarta-feira – Reunião Interna

17 – sexta-feira - Não tem Gira

21 – sexta-feira – Não Tem Gira

27 –– sexta-feira - Malandros

22 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

23 – Domingo – Saudação à Ibeijada - às 17h

24 – sexta-feira – Caboclos

31 – sexta-feira - Exus

27 – quinta-feira – Distribuição Doces 15h

28 – sexta – feira - Ciganos

OUTUBRO

NOVEMBRO

DEZEMBRO

.03 – quarta-feira – Reunião Interna

01 – quinta-feira – Esteira das Almas

01 - Confraternização

05 – sexta-feira – Pretos Velhos

02 – sexta-feira – Não tem Gira

07 – sexta-feira – Saudação à Oxum e bênção dos Pretos Velhos – 20h

12 – quinta-feira – Cachoeira / Mata

07 – quarta-feira –Doutrina

08 – Oferendas na Praia – saída 17h

09 - sexta-feira – Saúde

17 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

15 – Feriado – Saudação aos Orixás

19 – sexta-feira – Caboclos

16 – sexta-feira – Não tem Gira

24 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

23 – sexta-feira – Exus

26 – sexta-feira - Malandros

29 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

30 – sexta-feira –Festa da Malandragem

A giras de sextas-feiras têm início às 20 horas. As fichas são distribuídas a partir de 19:45 até as 21:30. As pessoas que chegarem após este horário receberão apenas o passe, sem consulta.

Nossa casa não cobra consultas nem trabalhos, porém aceitamos colaboração de materiais de uso como velas, fósforos, charutos, fumos, etc...

ATENÇÃO: NÃO É PERMITIDO NO RECINTO PESSOAS COM MINI-SAIAS, SHORTS OU BERMUDAS CURTAS, BLUSAS MUITO DECOTADAS OU MINI-BLUSAS, CAMISETAS TIPO MACHÃO.

A CARIDADE NÃO SERÁ NEGADA, PORÉM RESPEITEM O TEMPLO RELIGIOSO.


BAIXE O CALENDÁRIO 2018, CLICANDO AQUI



Printfriendly