segunda-feira, janeiro 18, 2010

Terremoto no Haiti e Justiça Divina




Terremoto no Haiti e Justiça Divina



As notícias da tremenda catástrofe ocorrida esta noite no Haiti estão a tocar os corações de toda a gente. Uns resignam-se ao curso dos fenómenos naturais, outros oram pelas vítimas e pelos familiares, todos se prontificam a dar o que puderem para ajudar e alguns vêem nestes acontecimentos uma prova da não existência de Deus.
Todos os dias morrem pessoas, é a lei natural. Mas quando morrem muitas de uma vez, e em condições tão aparatosas e assustadoras, a Razão humana é fortemente questionada. Foi assim aquando to Terramoto de Lisboa, em 1755. os filósofos da época discorreram longamente sobre o sucedido, e ainda hoje se sentem os ecos desse acontecimento brutal. Nos motores de busca da Internet, por exemplo, basta começar a digitar "ter" e aparecem imediatamente algumas dezenas de milhar de resultados para "Terramoto de 1755".
Para quem crê em Deus e imortalidade da alma, apesar de ser doloroso assistir a tanto sofrimento, existe o consolo da crença de que todos, mais tarde ou mais cedo, continuaremos a nossa vida no mundo espiritual, e, segundo a nossa conduta na Terra, em condições de menor ou maior felicidade.
Ainda assim é natural que surjam perguntas:
Porque é que morreu gente tão jovem? Porque é que há quem viva uma vida longa e sem sobressaltos e a outros acontecem estas e outras graves dificuldades? O que sucede, no Além, aos que morreram demasiado novos para colherem recompensas ou castigos?
Sem a reencarnação torna-se difícil, ou mesmo impossível, responder a tais questões. A filosofia espírita crê na reencarnação porque faz sentido do ponto de vista filosófico, moral e científico. A reencarnação fazia parte dos dogmas dos Primeiros Cristãos e é crença da maior parte da Humanidade terrena.
Para a filosofia espírita, as desencarnações (mortes) em massa, permitem acelerar o progresso moral do planeta, permitindo a umas pessoas o regresso à Pátria Espiritual, e a outras uma nova experiência de aprendizagem na Terra. Como a morte não existe, o que se passa em casos como os do terramoto do Haiti ou o de Lisboa, é que temos em poucos minutos o que é habitual acontecer no espaço de anos.
Os seres cujo corpo morreu são acolhidos no mundo espiritual e prontamente confortados e integrados. O modo como os que partiram e os que ficaram aceitam a ocorrência reverte a favor da sua evolução espiritual. A resignação às Leis de Deus é fruto de provas como esta. A dada altura das nossas vidas sucessivas todos experimentamos diferentes acontecimentos, estilos de vida, condição económica, etc.. O planeta Terra é uma escola gigantesca em que aprendemos a substituir o egoísmo primário pela partilha, o ódio pelo amor ao próximo, a inércia pela acção solidária.
Justiça não é sinónimo de castigo. A Justiça Divina expressa-se pela equidade das leis que nos governam a todos. No longo ciclo da nossa evolução, experiências que na altura se nos afiguram terríveis, redundam em nosso proveito pelas lições que colhemos delas.
Que os que partiram possam ter um regresso feliz ao mundo espiritual. Que os que ficaram saibam aceitar com esperança a ausência física dos entes queridos. Que o exemplo dos que ajudam os sobreviventes possa tocar corações e despertar-nos para o que verdadeiramente interessa nesta vida: sermos felizes e fazermos os outros felizes.

Nenhum comentário:

Calendário Assistência 2018

TENDA ESPÍRITA MAMÃE OXUM

CALENDÁRIO ASSISTÊNCIA - 2018

C.E. Miguel Arcanjo e Tenda Espirita Mamãe Oxum-

Rua Francisco Framback, 91 E – Cascatinha - Petrópolis - RJ

BAIXE O CALENDÁRIO 2018, CLICANDO AQUI

ABRIL

MAIO

JUNHO

06 – sexta-feira – Pretos Velhos

02 – quarta-feira – Palestra

11 – quarta-feira – Estudo daUmbanda

04 - sexta-feira – Pretos Velhos

01 – sexta-feira – Pretos-Velhos

06 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

13 – sexta-feira - Saúde

09 - quarta-feira- Estudo da Umbanda

08 – sexta-feira – Saúde

18 – quarta-feira – Doutrina Vovó Catarina

11 - sexta-feira – Saúde

13 – quarta-feira – Saudação Aos Exus – Bênção dos Pães – 20h

20 – sexta-feira - Caboclos

13 – Domingo – Saudação aos Pretos Velhos

Às 18h

15 – sexta-feira – Caboclos

23 – segunda-feira – Saudação Ogum – 20h

25 – quarta-feira – Reunião Interna

16 – quarta-feira – Doutrina - Vovó Catarina

20 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

18 – sexta-feira – Caboclos

22 – sexta-feira – Exus

27 – sexta-feira – gira dos Malandros

25 – sexta-feira –Saudação à Sta. Sara,Povo Cigano

27 – quarta-feira – Reunião Interna

30 – quarta-feira – Reunião Interna

29 – sexta-feira – Não tem Gira

JULHO

AGOSTO

SETEMBRO

04 – quarta-feira – Palestra

01 – quarta-feira – Palestra

06 – sexta-feira – Pretos Velhos

03 – sexta-feira – Pretos Velhos

05 – quarta-feira – Doutrina

11 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

08 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

07 – sexta-feira – Não tem Gira

13 – sexta-feira – Saúde

10 – sexta-feira – Saúde

12 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

18 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

12 – domingo – Calunga – 09h

14 – sexta-feira – Saúde

20 – sexta-feira – Caboclos

16 – quinta-feira – Saudação à Obaluaê e Omolu 20h

19 - quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

25 – quarta-feira – Reunião Interna

17 – sexta-feira - Não tem Gira

21 – sexta-feira – Não Tem Gira

27 –– sexta-feira - Malandros

22 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

23 – Domingo – Saudação à Ibeijada - às 17h

24 – sexta-feira – Caboclos

31 – sexta-feira - Exus

27 – quinta-feira – Distribuição Doces 15h

28 – sexta – feira - Ciganos

OUTUBRO

NOVEMBRO

DEZEMBRO

.03 – quarta-feira – Reunião Interna

01 – quinta-feira – Esteira das Almas

01 - Confraternização

05 – sexta-feira – Pretos Velhos

02 – sexta-feira – Não tem Gira

07 – sexta-feira – Saudação à Oxum e bênção dos Pretos Velhos – 20h

12 – quinta-feira – Cachoeira / Mata

07 – quarta-feira –Doutrina

08 – Oferendas na Praia – saída 17h

09 - sexta-feira – Saúde

17 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

15 – Feriado – Saudação aos Orixás

19 – sexta-feira – Caboclos

16 – sexta-feira – Não tem Gira

24 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

23 – sexta-feira – Exus

26 – sexta-feira - Malandros

29 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

30 – sexta-feira –Festa da Malandragem

A giras de sextas-feiras têm início às 20 horas. As fichas são distribuídas a partir de 19:45 até as 21:30. As pessoas que chegarem após este horário receberão apenas o passe, sem consulta.

Nossa casa não cobra consultas nem trabalhos, porém aceitamos colaboração de materiais de uso como velas, fósforos, charutos, fumos, etc...

ATENÇÃO: NÃO É PERMITIDO NO RECINTO PESSOAS COM MINI-SAIAS, SHORTS OU BERMUDAS CURTAS, BLUSAS MUITO DECOTADAS OU MINI-BLUSAS, CAMISETAS TIPO MACHÃO.

A CARIDADE NÃO SERÁ NEGADA, PORÉM RESPEITEM O TEMPLO RELIGIOSO.


BAIXE O CALENDÁRIO 2018, CLICANDO AQUI



Printfriendly

Djalem