terça-feira, outubro 04, 2016

Partida e Chegada




Partida e chegada

Quando observamos, da praia, um veleiro a afastar-se da costa, navegando mar adentro, impelido pela brisa matinal, estamos diante de um espetáculo de beleza rara.
O barco, impulsionado pela força dos ventos, vai ganhando o mar azul e nos parece cada vez menor.
Não demora muito e só podemos contemplar um pequeno ponto branco na linha remota e indecisa, onde o mar e o céu se encontram.
Quem observa o veleiro sumir na linha do horizonte, certamente exclamará: Já se foi.
Terá sumido? Evaporado?
Não, certamente. Apenas o perdemos de vista.
O barco continua do mesmo tamanho e com a mesma capacidade que tinha, quando estava próximo de nós.
Continua tão capaz, quanto antes, de levar ao porto de destino as cargas recebidas.
O veleiro não evaporou, apenas não o podemos mais ver. Mas ele continua o mesmo.
E talvez, no exato instante em que alguém diz: Já se foi, haverá outras vozes, mais além, a afirmar: Lá vem o veleiro.
Assim é a morte.
Quando o veleiro parte, levando a preciosa carga de um amor que nos foi caro e o vemos sumir na linha que separa o visível do invisível dizemos: Já se foi.
Terá sumido? Evaporado?
Não, certamente. Apenas o perdemos de vista.
O ser que amamos continua o mesmo. Sua capacidade mental não se perdeu. Suas conquistas seguem intactas, da mesma forma que quando estava ao nosso lado.
Conserva o mesmo afeto que nutria por nós. Nada se perde, a não ser o corpo físico de que não mais necessita no outro lado.
E é assim que, no mesmo instante em que dizemos: Já se foi, no mais Além, outro alguém dirá feliz:Já está chegando.
Chegou ao destino levando consigo as aquisições feitas durante a viagem terrena.
A vida jamais se interrompe nem oferece mudanças espetaculares, pois a natureza não dá saltos.
Cada um leva sua carga de vícios e virtudes, de afetos e desafetos, até que se resolva por desfazer-se do que julgar desnecessário.
A vida é feita de partidas e chegadas. De idas e vindas.
Assim, o que para uns parece ser a partida, para outros é a chegada.
Um dia partimos do mundo espiritual na direção do mundo físico; noutro, partimos daqui para o espiritual, num constante ir e vir, como viajores da Imortalidade que somos todos nós.
*   *   *
Victor Hugo, poeta e romancista francês, que viveu no século XIX, falou da vida e da morte dizendo:
A cada vez que morremos ganhamos mais vida. As almas passam de uma esfera para a outra sem perda da personalidade, tornando-se cada vez mais brilhante.
Eu sou uma alma. Sei bem que vou entregar à sepultura aquilo que não sou.
Quando eu descer à sepultura, poderei dizer, como tantos: meu dia de trabalho acabou. Mas não posso dizer: minha vida acabou.
Meu dia de trabalho se iniciará de novo na manhã seguinte.
O túmulo não é um beco sem saída, é uma passagem. Fecha-se ao crepúsculo e a aurora vem abri-lo novamente.

Nenhum comentário:

Calendário Assistência 2018

TENDA ESPÍRITA MAMÃE OXUM

CALENDÁRIO ASSISTÊNCIA - 2018

C.E. Miguel Arcanjo e Tenda Espirita Mamãe Oxum-

Rua Francisco Framback, 91 E – Cascatinha - Petrópolis - RJ

BAIXE O CALENDÁRIO 2018, CLICANDO AQUI

ABRIL

MAIO

JUNHO

06 – sexta-feira – Pretos Velhos

02 – quarta-feira – Palestra

11 – quarta-feira – Estudo daUmbanda

04 - sexta-feira – Pretos Velhos

01 – sexta-feira – Pretos-Velhos

06 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

13 – sexta-feira - Saúde

09 - quarta-feira- Estudo da Umbanda

08 – sexta-feira – Saúde

18 – quarta-feira – Doutrina Vovó Catarina

11 - sexta-feira – Saúde

13 – quarta-feira – Saudação Aos Exus – Bênção dos Pães – 20h

20 – sexta-feira - Caboclos

13 – Domingo – Saudação aos Pretos Velhos

Às 18h

15 – sexta-feira – Caboclos

23 – segunda-feira – Saudação Ogum – 20h

25 – quarta-feira – Reunião Interna

16 – quarta-feira – Doutrina - Vovó Catarina

20 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

18 – sexta-feira – Caboclos

22 – sexta-feira – Exus

27 – sexta-feira – gira dos Malandros

25 – sexta-feira –Saudação à Sta. Sara,Povo Cigano

27 – quarta-feira – Reunião Interna

30 – quarta-feira – Reunião Interna

29 – sexta-feira – Não tem Gira

JULHO

AGOSTO

SETEMBRO

04 – quarta-feira – Palestra

01 – quarta-feira – Palestra

06 – sexta-feira – Pretos Velhos

03 – sexta-feira – Pretos Velhos

05 – quarta-feira – Doutrina

11 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

08 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

07 – sexta-feira – Não tem Gira

13 – sexta-feira – Saúde

10 – sexta-feira – Saúde

12 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

18 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

12 – domingo – Calunga – 09h

14 – sexta-feira – Saúde

20 – sexta-feira – Caboclos

16 – quinta-feira – Saudação à Obaluaê e Omolu 20h

19 - quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

25 – quarta-feira – Reunião Interna

17 – sexta-feira - Não tem Gira

21 – sexta-feira – Não Tem Gira

27 –– sexta-feira - Malandros

22 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

23 – Domingo – Saudação à Ibeijada - às 17h

24 – sexta-feira – Caboclos

31 – sexta-feira - Exus

27 – quinta-feira – Distribuição Doces 15h

28 – sexta – feira - Ciganos

OUTUBRO

NOVEMBRO

DEZEMBRO

.03 – quarta-feira – Reunião Interna

01 – quinta-feira – Esteira das Almas

01 - Confraternização

05 – sexta-feira – Pretos Velhos

02 – sexta-feira – Não tem Gira

07 – sexta-feira – Saudação à Oxum e bênção dos Pretos Velhos – 20h

12 – quinta-feira – Cachoeira / Mata

07 – quarta-feira –Doutrina

08 – Oferendas na Praia – saída 17h

09 - sexta-feira – Saúde

17 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

15 – Feriado – Saudação aos Orixás

19 – sexta-feira – Caboclos

16 – sexta-feira – Não tem Gira

24 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

23 – sexta-feira – Exus

26 – sexta-feira - Malandros

29 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

30 – sexta-feira –Festa da Malandragem

A giras de sextas-feiras têm início às 20 horas. As fichas são distribuídas a partir de 19:45 até as 21:30. As pessoas que chegarem após este horário receberão apenas o passe, sem consulta.

Nossa casa não cobra consultas nem trabalhos, porém aceitamos colaboração de materiais de uso como velas, fósforos, charutos, fumos, etc...

ATENÇÃO: NÃO É PERMITIDO NO RECINTO PESSOAS COM MINI-SAIAS, SHORTS OU BERMUDAS CURTAS, BLUSAS MUITO DECOTADAS OU MINI-BLUSAS, CAMISETAS TIPO MACHÃO.

A CARIDADE NÃO SERÁ NEGADA, PORÉM RESPEITEM O TEMPLO RELIGIOSO.


BAIXE O CALENDÁRIO 2018, CLICANDO AQUI



Printfriendly