domingo, fevereiro 20, 2011

Senhores da Escuridão








Senhores da Escuridão


Escrito por Adriana Campos

Leia um trecho da entrevista com o médium Robson Pinheiro, onde ele fala da atuação das trevas em nosso mundo

Sob sua perspectiva, qual o principal objetivo da produção da trilogia O Reino das Sombras, pelo plano espiritual, cujo volume 01 – o livro Legião – já vendeu mais de 50 mil exemplares?

Bom, pra mim a principal contribuição ou objetivo dessa trilogia é descortinar a estrutura de funcionamento das trevas. Até então, tínhamos, no movimento espírita, várias informações sobre espíritos obsessores e problemas de obsessão, porém, não tínhamos o conhecimento sobre a política de organização das trevas. Não conhecíamos o mapa, o modelo mental sob o qual funcionam as estruturas extrafísicas das trevas. O livro Legião descortina isso. É como se o livro tivesse detonado uma bomba no centro dessas organizações e nos alertasse para essa estrutura de poder. Essa obra nos deixa uma responsabilidade muito grande, já que descreve a atuação dos magos negros, dos cientistas das trevas e de sua metodologia de trabalho. Nos informa quais são as técnicas e os instrumentos utilizados no dia-a-dia por essas legiões para realizar as obsessões complexas. Não tínhamos informações a esse respeito... e o livro Legião vem instrumentalizar o corpo mediúnico das casas espíritas para um enfrentamento com inteligência a esses espíritos especialistas. Precisávamos dessa ferramenta. No momento em que as trevas estão se especializando nas obsessões mais refinadas, a grande maioria do movimento espírita paralisou no tempo, sem atualizar a metodologia.

Legião relata também o trabalho dos especialistas das trevas em seus laboratórios de nanotecnologia, atuando em pesquisas científicas e construção de equipamentos avançados de obsessão.

A “ficha” ainda não caiu pra pensarmos nessas coisas... é que muitas tecnologias que estamos conhecendo hoje na Terra já existem no plano astral há mais de 80, 100 anos. Yvonne do Amaral Pereira, extraordinária médium brasileira, descreveu a televisão 20 anos antes de sua invenção. O aparelho televisivo já existia no plano astral. O livro Legião vem nos dizer o que está acontecendo no plano extrafísico. O espírito Ângelo Inácio está nos fornecendo informações pra abordarmos a obsessão complexa com instrumentos espirituais mais atualizados. Lógico que isso de modo algum vem invalidar os recursos adquiridos pelo espiritualismo ou pela espiritualidade, mas vem nos munir de recursos e de conhecimento pra esse enfrentamento, que tem resolvido muitos casos complexos. Inclusive casos que foram abordados pela medicina e não obtiveram respostas. Graças a Deus, esse novo conhecimento que hoje chega para a humanidade, através do trabalho de vários médiuns atuantes como instrumentos do Plano Superior, pois não foi somente através de minha psicografia nessa trilogia, vem esclarecer sobre essas ferramentas de trabalho espiritual, como faz o livro Legião. O volume 2 da trilogia O Reino das SombrasSenhores da Escuridão – aborda de modo mais profundo a política de organização das trevas, seus objetivos, sua estrutura e forma de governo. No segundo volume, o leitor terá uma visão mais particular e detalhada de como funciona o refinamento da tecnologia astral.

Incluindo a ação das legiões das trevas nos bastidores do poder mundial?

Exatamente. Sua ação na história da humanidade. Por exemplo, um questionamento do espírito Ângelo Inácio: pensamos que a obsessão atua nessas pessoas freqüentadoras da casa espírita, mas nunca vimos um centro espírita se reunir com o objetivo de fazer desobsessão para os representantes brasileiros que estão no Congresso Nacional, para os nossos governadores ou para os representantes das Nações Unidas. Ninguém fez uma reunião mediúnica para saber quais obsessores estão envolvendo o conflito armado na Palestina, que já dura anos e anos; ou seja, isso não está acontecendo à toa, e o novo livro aborda esse tema. Que tipo de espírito estava por trás do processo do Holocausto e de outras guerras que aconteceram na humanidade? Precisamos acordar... porque o problema enfrentado no centro espírita é apenas uma célula em relação ao que está ocorrendo no planeta Terra em nível mundial. E esse é o grande objetivo do livro Senhores da Escuridão.

O embate entre os cientistas das sombras e os guardiões da luz no mundo extrafísico é o tema central do livro Senhores da Escuridão, volume 02 da Trilogia O Reino das Sombras. Como você explica a crescente influência espiritual das legiões das trevas nas consciências de encarnados no planeta? Por que isso se dá?

Eu acredito que não podemos atribuir o processo obsessivo exclusivamente ao espírito a quem chamamos de obsessor. Isso porque todo processo obsessivo é alimentado por aquele que se diz vítima, ou seja, pelo ser humano. Nós que alimentamos isso com nossas tendências, com nossos pensamentos desgovernados, com a nossa invigilância. Então, se a ação desses espíritos da escuridão está encontrando eco no coração e na mente humana é porque o ser humano está sintonizado com isso. No momento em que eu mudo a “faixa vibratória” e a minha sintonia dá um “salto quântico” de qualidade, automaticamente esses espíritos perdem a sintonia conosco e passamos a nos sintonizar com as forças superiores da luz e do bem. Essa é a grande proposta do Evagelho do Cristo: fazer com que o ser humano dê um “salto quântico” de qualidade... que a sua mente possa se sintonizar com as esferas superiores e com as energias mentais que circundam a aura do planeta, e não com essas forças inferiores. Falar de Evangelho nesse contexto mais amplo é muito mais do que uma fórmula religiosa... é uma fórmula de inteligência. Devemos combater o mal com a inteligência, porque sintonizar com o Evangelho é sintonizar com as correntes superiores de pensamento e não, simplesmente, com uma corrente religiosa, como temos interpretado essa questão ao longo dos séculos.

A atuação dos guardiões (Exus) – espíritos que trabalham sob a tutela do Plano Superior – é ampla e foi retratada no livro Legião como fundamental no controle ou na vigilância de métodos de obsessão de entidades perversas, como as criações mentais parasitárias. O que são essas formas-pensamento inferiores e como acontece sua ação sobre os encarnados? Você pode falar um pouco a respeito delas?

No livro Além da Matéria, no capítulo 6, o espírito de Joseph Gleber explicou que quando há um pensamento organizado, a mente humana plasma em torno de si o produto dessa criação, seja ela boa, seja ela má. Então, toda vez em que houver persistência no pensamento desorganizado e uma emoção associada a esse pensamento, isso se transforma em algo a que chamamos de elemental artificial ou clichê mental, ou, ainda, criação mental. O pensamento passa a ter vida e começa a se movimentar por estar associado à emoção do campo gerador, ou seja, o ser humano. Se eu persisto com essa emoção e esse pensamento, criam-se os elementais artificiais ou criações mentais, que passam a girar em torno da aura do indivíduo. Agora, se nós temos vários indivíduos com um pensamento em comum, criamos uma egrégora, isto é, vários elementais artificiais, várias formas-pensamento que podem ter a qualidade da mente geradora. Essa realidade deve nos dar uma atenção redobrada sobre o que está na nossa casa mental. O espírito André Luiz, através da mediunidade de Chico Xavier, diz em seus livros para termos muito cuidado com a qualidade do nosso pensamento, porque tal a natureza do pensamento, tal a natureza do produto gerado. Isso nos faz refletir muito. Essas criações mentais, esses elementais artificiais, que giram em torno de nós são intimamente dependentes da qualidade de nosso pensamento. Se o pensamento está no nível superior, são criações cristalinas, fulgurantes, cheias de vida superior. Se o pensamento e nossa emoção estão num nível mais inferior, então naturalmente essa criação ao nosso redor reflete essa inferioridade do pensamento e da emoção. É muito comum entrarmos em alguns ambientes com muita gente e nos sentirmos oprimidos, ou sentir uma dor nas costas, ou no peito... por vezes, não compreendemos essa sensação de opressão porque todos estão aparentemente alegres. Mas, na verdade, estamos nesse exato momento absorvendo essas energias, essas criações mentais inferiores, porque são o produto da desorganização da emoção do próprio ser humano.

Os espíritos obsessores aproveitam então nossa criação mental desorganizada para agir de uma forma mais ativa contra nós?

Eles as utilizam como se fossem elementos deles. Eles agitam e insuflam mais vida nessa criação mental, nessa egrégora, para que você possa absorvê-la com mais intensidade. O espírito André Luiz também traz uma contribuição muito grande em seus escritos sobre o tema, através da mediunidade de Chico Xavier, quando ele cita um episódio vivido no Rio de Janeiro. Ao chegar num prédio, ele viu uma nuvem muito grande parecendo conter micróbios. O mentor dele disse: “Aproxime mais a sua visão e observe”. Ele percebeu que eram criações mentais negativas, as quais estavam sendo inaladas pelas pessoas através da respiração. Essas criações mentais se aninhavam no estômago, na área sexual... no organismo físico das pessoas. Foi quando teve ciência da gravidade da ação das criações mentais exercidas sobre nós. Se no dia-a-dia estamos sintonizados com algumas entidades que apresentam um fator qualitativo menor, elas terão por objetivo o quê? Não vão implantar em nós o que não existe; isto é, elas não vão colocar um mal pensamento na sua mente, mas vão pegar uma tendência sua e realçá-la. Elas pegam 1% do que é negativo e insuflam 100% de importância àquele 1% negativo. A partir daí, a pessoa entra num processo de neurose, de psicose ou em outro processo mais grave – uma obsessão complexa.

É por esse motivo que muitos médicos não conseguem curar seus pacientes? Por exemplo, existem muitas pessoas tomando medicamentos com tarja preta sem obter o resultado pretendido...

Não adianta porque a tarja preta ou qualquer outro medicamento pode até ter uma função física, mas se não houver uma modificação interna, uma reorganização mental e emocional do indivíduo, a fim de obter uma melhor qualidade de vida, nenhum elemento externo vai resolver a situação.

O livro Legião faz uma profunda reflexão sobre o papel dos guardiões de luz na Terra, tanto no plano astral, como no dia-a-dia dos encarnados. Qual o seu parecer sobre o trabalho dos guardiões nesses “mundos paralelos”?

Eu acredito que sem os guardiões, muitos desastres já teriam ocorrido na Terra. Eu, às vezes, brinco muito com os meus amigos e digo: “dêem uma observada apenas no trânsito das grandes cidades... se não houvessem guardiões, aconteceriam mais desastres e acidentes, porque as pessoas dirigem loucamente”. Muitas pessoas não têm idéia do que ocorre no dia-a-dia nos bastidores da política... se não fosse o trabalho dos guardiões, muito mal já teria sido feito. O espírito Ângelo Inácio aborda no livro Crepúsculo dos Deuses o trabalho dos guardiões no episódio do atentado terrorista às Torres Gêmeas, em Nova York. Quando ocorreu o planejamento para a destruição das Torres Gêmeas, por parte dos espíritos das trevas, o objetivo era muito mais amplo, com ações muito mais graves do que as realizadas. Para evitar esse intento das sombras, os guardiões detonaram uma por uma das bases das sombras no plano astral. Nos assustamos com o ataque às Torres Gêmeas, mas foi menos de 10% do que eles pretendiam com o sistema de guerra por eles planejado. O objetivo das trevas era ruir com a economia mundial, fazendo o mundo ficar “louco” e esquecer das questões espirituais. Então, os guardiões atuaram a tempo e desmantelaram as organizações do mal. O mundo viveu algo difícil, mas foi uma parcela muito pequena em relação ao que os espíritos das trevas estavam planejando. Se não fosse o trabalho desses guardiões siderais, que trabalham pela humanidade como um todo, e não por uma religião em particular, eu não sei onde estaríamos hoje.

Os guardiões são seres irmanados de várias nacionalidades?

Exatamente. São seres especialistas, que são convocados diretamente pelo governo oculto do mundo, independente da sua origem racial, religiosa e social, para contribuir e preservar o equilíbrio, e evitar que o caos possa dominar. Eles, na verdade, são o fator de equilíbrio da humanidade. E trabalham nos gabinetes dos deputados, dos presidentes, dos governadores, para que possam, de alguma forma, amenizar essas situações. Para as pessoas que não têm o conhecimento espiritual, o atentado terrorista às Torres Gêmeas foi uma situação caótica; porém, para nós que temos uma visão espiritual, vimos que o dedo de Deus estava trabalhando, com esses guardiões de luz invisíveis manipulando tudo. Seria muito pior sem a ação dos guardiões. Graças a Deus que eles nos amparam...

Leia a entrevista completa com Robson Pinheiro, com 9 páginas, dividida em duas partes: a primeira publicada na Revista Cristã de Espiritismo - edição 60 - e a segunda parte publicada na edição 61.

Clique aqui e adquira agora mesmo!



Nenhum comentário:

Calendário Assistência 2017

TENDA ESPÍRITA MAMÃE OXUM

CALENDÁRIO ASSISTÊNCIA - 2017.

C.E. Miguel Arcanjo e Tenda Espirita Mamãe Oxum-

Rua Francisco Framback, 91 E – Cascatinha - Petrópolis - RJ

ABRIL

MAIO

JUNHO

23 – Reabertura do Terreiro às 20h – Saudação à Ogum

02 – sexta-feira – Pretos Velhos

28 - sexta-feira - Exus

05 - sexta-feira – Pretos Velhos

07 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

10 - quarta-feira- Estudo da Umbanda

09 – sexta-feira – Saúde

12 - sexta-feira – Saúde

13 – terça-feira – Saudação Aos Exus – Bênção dos Pães – 20h

13 – sábado – Saudação aos Pretos Velhos

16 – sexta-feira – Não tem Gira

17 – quarta-feira – Doutrina - Vovó Catarina

21 – quart-feira – Doutrina – Vovó Catarina

19 – sexta-feira – Caboclos

23 – sexta-feira – Caboclos

24 – quarta-feira –Saudação à Sta. Sara,

e Povo Cigano

28 – quarta-feira – Doutrina

26 – sexta-feira - Malandros

30 – sexta-feira - Exus

JULHO

AGOSTO

SETEMBRO

05 – quarta-feira – Doutrina

02 – quarta-feira – Doutrina

01 – sexta-feira – Pretos Velhos

07 – sexta-feira – Pretos Velhos

04 – sexta-feira – Pretos Velhos

06 – quarta-feira – Doutrina

12 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

09 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

08 – sexta-feira – Saúde

14 – sexta-feira – Saúde

11 – sexta-feira – Saúde

13 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

19 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

16 – quarta-feira – Saudação à Obaluaê e Omolu

15 – sexta-feira – Caboclos

21 – sexta-feira – Caboclos

18 – sexta-feira – Caboclos

20 - quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

26 e 28 – Não funcionaremos

23 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

22 – sexta-feira – Não Tem Gira

30 – Domingo – SEMINÁRIO

25 – sexta-feira – Malandros

24 – Domingo – Saudação à Ibeijada - às 17h

30 – quarta-feira - Doutrina

27 – quarta-feira – Distribuição Doces

29 – sexta - Exus

OUTUBRO

NOVEMBRO

DEZEMBRO

.04 – quarta-feira – Doutrina

01 – quarta-feira – Terreiro Fechado

02 - Confraternização

06 – sexta-feira – Pretos Velhos

03 – sexta-feira – Não tem Gira

08 – sexta-feira – Saudação à Oxum e bênção dos Pretos Velhos – 20h

11 – quarta-feira - Não tem Esudo Umb.

08 – quarta-feira –Doutrina

09 – Oferendas na Praia – saída 17h

12 – quinta-feira – Cachoeira / Mata

10 - sexta-feira – Saúde

13 – sexta-feira – Não tem Gira

15 – Feriado – Saudação aos Malandros

18 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

17 – sexta-feira – Caboclos

20 – sexta-feira – Caboclos

22 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

25 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

24 – sexta-feira – Exus

27 – sexta-feira - Ciganos

29 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

A giras de sextas-feiras têm início às 20 horas. As fichas são distribuídas a partir de 19:45 até as 21:30. As pessoas que chegarem após este horário receberão apenas o passe, sem consulta.

Nossa casa não cobra consultas nem trabalhos, porém aceitamos colaboração de materiais de uso como velas, fósforos, charutos, fumos, etc...

ATENÇÃO: NÃO É PERMITIDO PARA ATENDIMENTO, PESSOAS COM MINI-SAIAS, SHORTS OU BERMUDAS CURTAS, BLUSAS MUITO DECOTADAS OU MINI-BLUSAS, CAMISETAS TIPO MACHÃO.

A CARIDADE NÃO SERÁ NEGADA, PORÉM RESPEITEM O TEMPLO RELIGIOSO.

Printfriendly