Natal se aproximando

quinta-feira, outubro 30, 2014

Os Guias Espirituais e a Missão da Umbanda




Os Guias Espirituais e a Missão da Umbanda







Nós sabemos que o ato de incorporar espíritos acontece desde os primórdios da humanidade sendo que tanto acontecem incorporações controladas quanto totalmente fora de controle.
 As incorporações controladas acontecem dentro de trabalhos mágico-religiosos, também tão antigos quanto a humanidade, não sendo privilégio da Umbanda reproduzir regularmente este fenômeno mediúnico porque povos muito antigos e que desconhecem a existência da Umbanda já praticam há milênios a incorporação controlada de espíritos ainda que elas se mostrem menos elaboradas que na Umbanda, pois esta ritualizou e diferenciou a incorporação.
 Já as incorporações descontroladas vêm acontecendo desde os primórdios da humanidade e não está limitada a um ou outro povo porque acontece em todos os lugares sendo que nem sempre foi aceita como tal e sim se atribuiu a este fenômeno a denominação de loucura, segregando estas pessoas de suas famílias e da sociedade porque, quando possuídas tornam-se incontroláveis.
 A incorporação ou possessão descontrolada de espíritos foi explicada no decorrer dos tempos por todas as religiões e cada uma a descreveu segundo o seu entendimento sobre o assunto, com cada uma desenvolvendo um formulário mágico-ritualístico para lidar com este fenômeno.
 Ainda hoje, em pleno século XXI, vemos algumas religiões lidando com este fenômeno de um modo arcaico e já ultrapassado, pois desde o advento de Allan Kardec e do espiritismo essas possessões foram muito bem explicadas e colocadas à disposição de todos, facilitando a compreensão da mediunidade, que não tem nada a ver com a existência de um suposto “diabo” tão poderoso e oposto a Deus que vive atentando as pessoas e possuindo-as para levá-las para o inferno.
 Hoje, graças ao trabalho de Allan Kardec compreendemos perfeitamente estas possessões descontroladas e até podemos auxiliar médiuns possuídos por espíritos vingativos a lidarem com esta faculdade mediúnica livrando-os do sofrimento ao qual estavam submetidos.
 Então, que fique bem claro para todos que não existe uma só religião para auxiliar pessoas com desequilíbrios acentuados em suas faculdades mediúnicas.
 Para uma correta compreensão da possessão descontrolada temos que:
 1º Acreditar na imortalidade do espírito.
 2º Acreditar que se muitos evoluem no plano material e desenvolvem um elevado estado deconsciência que os conduz a planos espirituais luminosos também acontece a regressão consciencial que conduz muitos espíritos a planos espirituais escuros retendo-os para que, no arrependimento corrijam-se.
 3º Também sabemos que, assim como muitos espíritos que evoluíram agradecem a Deus e colocam-se como auxiliares dos que reencarnam, muitos dos espíritos que regrediram consciencialmente revoltam-se contra Deus e tornam-se perseguidores dos espíritos encarnados e principalmente daqueles que eles acham que são os responsáveis pelas suas quedas.
 4º Esses espíritos “caídos” formam numerosas hordas de afins que sentem prazer em desencaminhar os espíritos retidos nas faixas vibratórias negativas, desenvolvendo neles a revolta contra Deus e a busca de vingança contra seus desafetos ou inimigos ainda encarnados ou não.
 Pois bem, como isto já foi muito bem descrito por Allan Kardec, que criou um sistema de lidar com estes espíritos dando origem ao espiritismo então precisamos compreender o contexto onde se insere a Umbanda, que adotou muitos dos conhecimentos trazidos por Allan Kardec, mas adaptou-os em uma forma diferente de utilizá-los.
 Se no início do século XX o espiritismo estava em plena expansão desenvolvendo um trabalho muito grande de auxílio às pessoas obsediadas por seus algozes espirituais, no entanto eles se deparavam com a imensa quantidade de pessoas que não estavam sofrendo obsessão, mas sim eram vítimas das mais diversas modalidades de magia negativa praticadas aqui no plano material por pessoas conhecedoras delas e que recorriam a elas para se vingarem dos seus desafetos ou inimigos encarnados.
Com as possessões ou obsessões o espiritismo lutava muito bem, mas, com as magias negativas englobadas no nome “magia negra” não possuíam os recursos mágicos necessários para anulá-las e libertar as pessoas de ações muito bem direcionadas para destruí-las.
 Voltando no tempo nós encontramos em todos os continentes varias religiões, muitas delas já desaparecidas, que tinham a magia positiva ou “branca”, que era recurso para anularem as ações mágicas negativas e livrarem as pessoas vitimadas por elas dos sofrimentos que elas lhes acarretavam.
 Mas muitas destas antigas religiões que tinham na magia positiva o antídoto correto contra a magia negativa haviam desaparecido quase por completo, só restando poucos conhecedores profundos da verdadeira magia delas. Então o plano espiritual se movimentou para criar, nos moldes do espiritismo, uma nova religião que teria na magia um poderoso recurso para auxiliar pessoas vitimadas pelos que recorriam à magia negra para atingi-los.
 O pouco que havia restado dessas antigas religiões estava refém de algumas pessoas que não se limitavam só a prática da magia branca e sim, dependendo da recompensa também realizavam magias nefastas ao gosto dos seus contratantes.  
 Porque eram muitos os que procuravam este tipo de acerto de contas com seus desafetos ou inimigos, muito era o sofrimento das pessoas vitimadas por elas e que, se não podiam pagar para quem sabia desmanchá-las, ficavam sofrendo sem ter a quem recorrer, pois tanto a feitiçaria indígena praticada aqui no Brasil quanto a europeia e a africana, etc., não fazem distinção na sua prática e sim, tanto a realizam para o bem quanto para o mal sendo que seus praticantes atribuem aresponsabilidade por elas aos que os contratam, eximindo-se de qualquer culpa.
 Diante desse quadro sombrio foi que a espiritualidade superior se organizou para criar uma religião nos moldes do espiritismo, voltada para a prática da magia branca, com uma dinâmica própria para se contrapor à prática da magia negra.
 Assim como a prática da magia negra envia para as faixas negativas os seus praticantes, a magia branca envia para as faixas positivas os praticantes dela.
 E foi entre os espíritos praticantes da magia branca que essa nova religião ressonou mais intensamente atraindo muitos milhares deles que aceitaram organizar-se para, através da incorporação mediúnica controlada, começarem a ajudar as pessoas vítimas de magias negras.
 Espíritos de grande evolução arregimentaram muitos milhares de outros que já seguiam suas orientações e diante dos Sagrados Orixás assumiram o compromisso de, dentro da nova religião, criarem linhas de trabalhos espirituais que ligadas e regidas pelos Orixás formariam a espinha dorsal da nova religião denominada inicialmente de Linha Branca de Umbanda e Demanda.
 Esses espíritos de grande evolução arregimentaram muitos milhares de outros espíritos também conhecedores da magia e que, em suas últimas encarnações haviam pertencido a várias religiões e povos diferentes, inclusive praticavam de formas diferentes suas ações e, que quando começaram a incorporar solicitavam dos seus médiuns elementos de magia diversificados.
 Uns trabalhavam com ervas, outros com velas, outros com colares, outros com pontos riscados, outros com fitas, linhas e cordões, outros com bebidas, outros com pós, etc. criando em pouco tempo um vasto formulário mágico umbandista que, se usava os mesmos elementos usados em outras religiões mágico-religiosas, no entanto davam a estes elementos uma utilização diferente e isto causou espanto nos tradicionalistas que, desconhecendo o poder mágico dos guias de Umbandaachavam que a nova religião agia de forma profana com elementos de magia tidos como sagrados para eles.
 Na verdade, não são os elementos que contêm poderes em si mesmos e sim eles estão nas mãos dos espíritos guias de Umbanda que os manipulam segundo a necessidade das pessoas que os consultam e eles, livres de qualquer convencionalismo ou ritualismo os manipulam o tempo todo sem se preocuparem com o que deles falem quem duvida dos seus poderes mágicos.
 Portanto a nova religião criada com o nome de Umbanda diferencia-se do espiritismo tradicional, ainda que se sirva dos seus conhecimentos, e diferencia-se dos tradicionais cultos afro-ameríndiobrasileiros porque ainda que se sirva das suas nomenclaturas ou iconografia, no entanto deu a elas uma nova utilização e entendimento visando facilitar seus trabalhos mágico-religiosos em benefício das pessoas vitimadas por nefastas magias negativas.
 Esta simplificação na manipulação dos elementos de magia e de culto e acesso as Divindades é o que diferencia a Umbanda do moderno espiritismo e das antiguíssimas religiões mágicas e engana-se quem pensa que todos os espíritos são iguais, pois há aqueles que não são capazes de uma única ação mágica e há os que têm um grande poder de realização desenvolvido quando ainda viviam no plano material e que foram aperfeiçoados depois que desencarnaram e que, já livres das limitações do corpo biológico sentiram-se aptos a ampararem muitas pessoas ao mesmo tempo, trabalho este que podem realizar após ingressarem em alguma linha de trabalhos espirituais umbandistas.
 Não houve o acaso na criação da Umbanda e ela atendeu a um clamor dos espíritos altamente evoluídos direcionado a Deus para que Ele lhes facultasse uma via religiosa afim com suas formações passadas onde, ainda no plano material, já se dedicavam a amparar e ajudar pessoas vitimadas por magias negativas ou perseguidas por seus inimigos espirituais.
 Muitos, ao descreverem a criação da Umbanda limitam-se ao evento acontecido no lado material com o seu fundador pai Zélio Fernandino de Morais e não atinam com a sua real criação já acontecida no plano espiritual.
 Portanto que nenhum médium umbandista se surpreenda com a forma dos seus guias trabalharem e não atribua a eles ignorância ou atraso religioso porque as ditas religiões mentalistas ou filosóficas não sabem como combater as ações mágicas negativas desencadeadas em grande parte por seguidores delas que buscam nessa modalidade de magia acertar suas contas pendentes com seus inimigos encarnados e, justamente por não saberem lidar de forma correta com a magia negra e com as hordas de espíritos trevosos que atormentam seus seguidores, preferem atribuir o sofrimentodeles a um suposto diabo, oposto a Deus, do que reconhecerem que a prática do mal contra os seus semelhantes é inerente ao ser humano, mas que essas religiões não sabem como combater.

Matéria do Jornal Nacional de Umbanda  www.jornaldeumbanda.com.br



Jesus está no Comando




JESUS ESTÁ NO COMANDO





Todos os que estão hoje, em postos da administração pública brasileira, em dissonância com a ética e com os elevados objetivos para os quais reencarnaram, de bem conduzir os interesses deste País, serão, um a  um,  a seu tempo, "removidos" para acertarem contas com as suas consciências e a espiritualidade superior.

 ESPÍRITO NÃO IDENTIFICADO

PROPOSTAS DO MUNDO ESPIRITUAL ATRAVÉS DOS SÉCULOS, NO BRASIL


“Na abençoada tarefa de espiritualização, o Brasil caminha na vanguarda”, nos diz Humberto de Campos, em psicografia de Francisco Cândido Xavier, no livro: Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho.


E, para esta terra, foi transportada a árvore do Evangelho de piedade e amor, com a vinda de um dos mensageiros iluminados do Cristo, o heróico Infante de Sagres, que operou a renovação das energias portuguesas, expandindo as suas possibilidades realizadoras para além dos mares.

E, JESUS, MANTENDO SUA INTENÇÃO DE FAZER DA REGIÃO DO CRUZEIRO, A EPOPÉIA DO SEU EVANGELHO, ENVIA, DE TEMPOS EM TEMPOS, MENSAGEIROS E MISSIONÁRIOS, DEMONSTRANDO O QUANTO SEU CORAÇÃO ESTÁ LIGADO AO BRASIL.

 ASSIM, O MESTRE DESIGNA O ESPÍRITO ISMAEL COMO ZELADOR DOS PATRIMÔNIOS IMORTAIS DA TERRA DO CRUZEIRO, ONDE REALIZA O SEU PRIMEIRO FEITO NAS TERRAS DE VERA CRUZ, TRAZENDO UM NÁUFRAGO E INOCENTE PARA A BASE DA SOCIEDADE FRATERNA DO PORVIR.


OUTROS TANTOS MISSIONÁRIOS LABUTARAM NO SOLO AURIVERDE, COMO JOSÉ DE ANCHIETA, TRANSFORMADO NO DESVELADO APÓSTOLO DO BRASIL E ESTÁCIO DE SÁ, MUITAS VEZES SE CORPORIFICANDO NA PÁTRIA DO EVANGELHO, ADQUIRINDO ELEMENTOS DE CIÊNCIA E DE VIRTUDE, AINDA HÁ POUCOS ANOS, NA FIGURA DO GRANDE BENEMÉRITO DO RIO DE JANEIRO, QUE FOI OSWALDO CRUZ.


Os jesuítas, também, sempre trabalharam no início da organização brasileira, dentro dos mais amplos sentimentos de humanidade. Muitos dos Espíritos escolhidos para tarefas terrestres, entretanto, não resistiram à sedução do dinheiro e da autoridade.

MUITOS IRMÃOS FORAM ENVIADOS À TERRA DO EVANGELHO, A TRAZEREM AS MENSAGENS CRISTÃS DE JUSTIÇA, CARIDADE E AMOR, PORÉM, NEM SEMPRE PUDERAM DILATAR AS PROPOSTAS DE PLANOS ESPIRITUAIS.

AS DESORDENS POLÍTICAS, SOCIAIS E RELIGIOSAS ATINGIAM OS POVOS E MUITOS MISSIONÁRIOS SOFRERAM COM ISTO. DENTRE ELES, JOAQUIM JOSÉ DA SILVA XAVIER, TIRADENTES, EM RESGATE DE DELITOS CRUÉIS COMETIDOS NO PASSADO, REDIMINDO-SE, COM LÁGRIMAS DE SACRIFÍCIO, EM FAVOR DA PÁTRIA DO EVANGELHO DE JESUS.


Ismael e seus emissários conseguiram, com a proteção de Jesus, fazer desabrochar os albores da paz, lançando os alicerces da emancipação do Brasil.

 Sabemos que toda elevação requer a plena consciência do dever a cumprir e as almas estarão aptas a captar as orientações do mundo espiritual, quando buscarem a sua própria educação moral e íntima.

ASSIM, NO PERCURSO DA HISTÓRIA DESTA TERRA, COMO O DE TODOS OS PAÍSES E DO MUNDO, A ORIENTAÇÃO DO MUNDO ESPIRITUAL SEMPRE ESTEVE PRESENTE, A TENTAR ALICERÇAR AS BASES CRISTÃS TÃO ALASTRADAS POR JESUS.

JÁ EM PLANO ESPIRITUAL, TIRADENTES, O IRMÃO MARTIRIZADO HÁ ALGUNS ANOS, É ESCOLHIDO POR JESUS PARA ACOMPANHAR D. PEDRO NO RIO DE JANEIRO E EM SÃO PAULO. O PRÍNCIPE, QUANDO SE VÊ DIANTE DAS IMPOSIÇÕES DAS CORTES DE LISBOA, ALI MESMO DEIXA ESCAPAR O GRITO DE “INDEPENDÊNCIA OU MORTE”, SEM SUSPEITAR DE QUE ERA DÓCIL INSTRUMENTO DE UM EMISSÁRIO INVISÍVEL, QUE VELAVA PELA GRANDEZA DA PÁTRIA.

JESUS, QUERENDO FAZER DO BRASIL UM CENTRO DE EXEMPLOS E DE VIRTUDES, TRAZ AO REENCARNE, UM ESPÍRITO VALOROSO, COM A INCUMBÊNCIA DE AMPARAR OS FRACOS E DESVALIDOS, CORRIGIR AS LEIS DESPÓTICAS E INAUGURAR UM NOVO PERÍODO DE PROGRESSO MORAL. ASSIM, NASCIA NO RIO DE JANEIRO, AQUELE QUE SERIA, NO BRASIL, O GRANDE IMPERADOR, O MAIOR DE TODOS OS REPUBLICANOS, PEDRO II.


Entre outras tantas almas anônimas, o mundo espiritual e amigo traz as mensagens cristãs através de augustas presenças, a servirem de exemplo a outros tantos irmãos, como no transcurso do século XIX, para que se cumprisse a promessa de Jesus. Segundo os ensinamentos do Seu Evangelho, derramaria as claridades divinas do Seu coração sobre toda a carne, para que o Consolador reorganizasse as energias das criaturas, a caminho das profundas transições do século XX.

FOI ASSIM QUE ALLAN KARDEC VIA A LUZ TERRESTRE NA CIDADE DE LYON, NA FRANÇA. IA RESPLANDECER A SUAVE LUZ DO ESPIRITISMO. AS ABNEGADAS CORTES DE ISMAEL TRAZEM AS SUAS INSPIRAÇÕES PARA AS GRANDES CIDADES DO PAÍS DO CRUZEIRO, CONSEGUINDO INTERESSAR, INDIRETAMENTE, UM GRANDE NÚMERO DE ESTUDIOSOS. AS PRIMEIRAS EXPERIÊNCIAS ESPÍRITAS COMEÇARAM PELO PROBLEMA DAS CURAS.


SOB A CONSTANTE ORIENTAÇÃO ESPIRITUAL DE ISMAEL, DESTACA-SE UM NOBRE E BONDOSO ESPÍRITO, INCUMBIDO DE ELEVADOS PROPÓSITOS DE REFORMA E REGENERAÇÃO, A PULVERIZAR OS OBSTÁCULOS E COM SUA PERSEVERANÇA E HUMILDADE, CONSOLIDAR A OBRA DE JESUS, NO SEIO DA PÁTRIA DO SEU EVANGELHO. E, NO DIA 29 DE AGOSTO DE 1831, EM RIACHO DO SANGUE, CEARÁ, NASCIA ADOLFO BEZERRA DE MENEZES, O GRANDE DISCÍPULO DE ISMAEL, QUE VINHA CUMPRIR NO BRASIL UMA ELEVADA MISSÃO.

OUTROS DOIS MÉDICOS HUMANITÁRIOS ENCARNAVAM, AO IMPULSO DAS FALANGES DE ISMAEL. ERAM BENTO MURE E VICENTE MARTINS, QUE FARIAM DA MEDICINA HOMEOPÁTICA VERDADEIRO APOSTOLADO. MUITO ANTES DA CODIFICAÇÃO KARDECIANA, CONHECIAM AMBOS OS TRANSES MEDIÚNICOS E O ELEVADO ALCANCE DA APLICAÇÃO DO MAGNETISMO ESPIRITUAL.

A INFLUÊNCIA ESPIRITUAL NA EUROPA E NAS AMÉRICAS SEGUIA VITORIOSA EM SUA MARCHA. AS FALANGES DE ISMAEL ESTAVAM SEMPRE VIGILANTES.


Com a fundação da “Sociedade de Estudos Espíritas Deus, Cristo e Caridade” sob a direção esclarecida de Francisco Leite de Bittencourt Sampaio, discípulo do emissário de Jesus, une-se a ele Antônio Luiz Sayão. Entretanto, este grupo sofre o trabalho maléfico das trevas, por meio de um médium, na tarefa dolorosa de fomentar a discórdia e a desarmonia.


Mas, o mundo espiritual amigo, os mensageiros de Ismael, reorganizam as energias existentes e fundam a Sociedade Espírita Fraternidade. Paralelamente, Augusto Elias da Silva lança o “Reformador”, com apoio de alguns companheiros do plano carnal e do espiritual.

A obra de Ismael, no que se referia às luzes sublimes do Consolador, estava, definitivamente, instalada na Pátria do Cruzeiro, apesar da precariedade do concurso dos homens.

Os operários estavam espalhados e, sob orientação superior espiritual, cada qual com a sua ferramenta, dentro de um plano de unificação e paz, organizando, mais tarde, o aparelho central de suas diretrizes, que se consolidaria com a Federação Espírita Brasileira, onde seria localizada a sede diretora, no plano tangível, dos trabalhos da obra de Ismael no Brasil.

Muitos foram os mensageiros trazidos à vivenciação nas terras brasileiras, entre eles, não podemos esquecer-nos do Espírito magnânimo da Princesa Isabel, que trouxe a emancipação de todas as almas que sofriam os duros trabalhos do cativeiro.

Atingindo, portanto, a sua maioridade coletiva, a Pátria do Evangelho continua assistida pelos trabalhadores espirituais, e, as falanges de Ismael e outras tantas, atuando de forma intensa e intuitiva em todos os centros de cultura e de estudo,  ajudam as almas que buscam o seu progresso espiritual, fazendo com que o Consolador Prometido por Jesus, se destaque, cada vez mais, no íntimo de cada criatura.

Abençoadas sejam essas almas, com seu exemplo de fé, amor e humildade, como tão bem nos demonstrou o mensageiro Chico Xavier, o mais próximo de todos nós nesta atualidade.

Ismael (Protetor Espiritual do Brasil designado por Jesus)

Fonte: Carlos Eduardo Cennerelli



terça-feira, outubro 28, 2014

Advento do Mundo de Regeneração




Advento do Mundo de Regeneração





1 – Como poderíamos definir a diferença entre Mundo de Provas e Expiações, estágio atual da Terra, e Mundo de Regeneração, o próximo estágio?

Mal comparando, diríamos que nos Mundos de Provas e Expiações o egoísmo predominante, resquício da animalidade primitiva, é o elemento gerador de todos os males. No Mundo de Regeneração, consciências despertas para esse problema estarão empenhadas em superá-lo.


2 – Então no Mundo de Regeneração ainda prevalece o mal?

Prevalece a consciência de que é preciso vencê-lo com o empenho do Bem. Equivale a dizer que o mal nesses planetas não tem receptividade nos corações e tende a desaparecer.


3 – Fala-se que a promoção de nosso planeta para Mundo de Regeneração ocorrerá neste milênio, provavelmente nos próximos séculos. Não estamos diante de um otimismo ingênuo, considerando os graves problemas humanos, envolvendo crimes, guerras, vícios, violência urbana, terrorismo, a evidenciar que a maldade ainda impera?

Há muita gente envolvida com o mal, por ignorância. Estes serão renovados no desdobramento de suas experiências, particularmente com a mestra dor, em reencarnações regeneradoras. O problema está naqueles que constituem uma minoria barulhenta, com o mal entranhado em seus corações. Esses serão expurgados, quando chegar a hora.

4 – Tipo Bin Laden?

Sim, todos aqueles que se comprazem com a violência, o vício, o crime, sem a mínima sensibilidade em relação aos males que causam, aos sofrimentos que impõem aos seus irmãos.

5 – Para onde irão os Espíritos degredados?

Provavelmente para Mundos Primitivos, em posição inferior à Terra, conforme a escala apresentada por Kardec, em O Evangelho segundo o Espiritismo.

6 – Isso não contraria o princípio doutrinário de que o Espírito pode estacionar, mas jamais retrograda?

Um homem civilizado condenado a viver entre aborígines não sofre nenhuma perda em relação à sua inteligência, cultura e conhecimentos, que, inclusive lhe serão úteis na nova situação, embora as limitações a que estará sujeito. O mesmo acontece com o Espírito degredado em planeta inferior.

7 – Não irá um Espírito intelectualmente evoluído, mas moralmente atrasado, causar embaraços aos habitantes desse mundo?

Não tanto quanto os benefícios que essa convivência ensejará. Os degredados estarão mais ou menos no mesmo estágio moral, mas superiores no estágio intelectual, favorecendo o progresso de seus hospedeiros, em cujo seio reencarnarão.

8 – E ficarão para sempre por lá?


Segundo Emmanuel, somos todos tutelados do Cristo, o governador espiritual de nosso planeta, compondo uma imensa família, de perto de vinte e cinco bilhões de Espíritos. Natural, portanto, que após superarem sua rebeldia e resgatarem seus débitos, ajustando-se às leis divinas, retornem os degredados ao convívio humano, o que poderá demandar milênios, mas forçosamente acontecerá. Como ensina Jesus, das ovelhas confiadas por Deus aos seus cuidados, nenhuma se perderá.




Quem são os Regenerados?


Livro: Renovando Atitudes

Hammed & Francisco do Espírito Santos Neto
OS MUNDOS REGENERADORES SERVEM DE TRANSIÇÃO ENTRE OS MUNDOS DE EXPIAÇÃO E OS MUNDOS FELIZES; A ALMA QUE SE ARREPENDE NELES ENCONTRA A CALMA E O REPOUSO, ACABANDO DE SE DEPURAR. SEM DÚVIDA, NESSES MUNDOS, O HOMEM ESTÁ AINDA SUJEITO ÁS LEIS QUE REGEM A MATÉRIA...”(CAP.III, ITEM-17)


REGENERADOS SÃO TODOS AQUELES QUE APRENDERAM A COMPARTILHAR DESTE MUNDO, CONTRIBUINDO SEMPRE PARA A SUA MANUTENÇÃO E CONTINUAÇÃO, E QUE AO MESMO TEMPO, POR PERCEBEREM QUE RECEBEM À MEDIDA QUE DOAM, SUSTENTAM COM ÊXITO ESSE FENÔMENO DE “TROCAS INCESSANTES”. SÃO OS HOMENS QUE DESCOBRIRAM QUE TODOS ESTAMOS LIGADOS POR INÚMERAS FORMAS DE VIDA, DESDE O MICRO AO MACROCOSMOS, E QUE OS CICLOS DA NATUREZA É QUE VITALIZAM IGUALMENTE PLANTAS, ANIMAIS E ELES PRÓPRIOS. PORTANTO, RESPEITAM, COOPERAM E PRODUZEM, NÃO PESANDO SOMENTE EM SI MESMOS, MAS NA COLETIVIDADE.

Sabem que ao mesmo tempo, sozinhos ou juntos, somos todos viajantes nas estradas da vida universal, em busca de crescimento e perfeição.

Voltaram-se para si mesmos e descortinaram a presença divina em sua intimidade e, em vista disso, agora não buscam somente a exterioridade da vida, mas a abundância da vida íntima, fazendo quase sempre uma jornada cósmica para dentro do seu universo interior, na intimidade da própria alma.

REGENERADOS SÃO OS SERES HUMANOS QUE NOTARAM QUE NÃO PODEM MODIFICAR O MUNDO DOS OUTROS, MAS APENAS O SEU PRÓPRIO MUNDO. QUE OS INDIVÍDUOS, LUGARES E AMBIENTES NÃO PODEM SER MUDADOS, E QUE AS ÚNICAS COISAS QUE PODEM E DEVEM SER ALTERADAS SÃO SUAS ATITUDES PESSOAIS, REAÇÕES E ATOS RELACIONADOS A ESSES MESMOS INDIVÍDUOS, LUGARES E AMBIENTES DE SUA VIDA.

Conseguiram angariar sabedoria em decorrência das vivências anteriores.

Diferenciam o que lhes cabe fazer e, por conseguinte, o que são deveres dos outros. Só fazem, portanto, autojulgamento, deixando a cada um realizar sua própria avaliação.

Na realidade, trazem certas competências e destrezas alicerçadas no poder de observação, por já possuírem uma considerável “coleta de dados”. São consideradas criaturas sábias, por seus constantes insights, isto é, compreensões súbitas diante de decisões e resoluções da vida.

SÃO HOMENS QUE ADQUIRIRAM A HABILIDADE DE RESOLVER SUAS DIFICULDADES COM RECURSOS NOVOS E CRIATIVOS, USANDO MANEIRAS INOVADORAS DE SOLUCIONAR OS ACONTECIMENTOS DO COTIDIANO. RECONHECEM QUE A VIDA É UMA SUCESSÃO DE OCORRÊNCIAS INTERDEPENDENTES, POR POSSUÍREM A CAPACIDADE DE OBSERVAR AS RELAÇÕES EXISTENCIAIS. SEMPRE LANÇAM MÃO DOS FATOS PASSADOS E OS ENTRELAÇAM AOS ATUAIS, CHEGANDO À PROFUNDA COMPREENSÃO DAS SITUAÇÕES E DE SEUS PROBLEMAS.

Descortinaram horizontes novos, porque reservaram no dia-a-dia algum tempo para se conhecer melhor, anotando idéias e sensações a fim de esclarecer para si próprios o porquê de sentimentos desconexos, emoções variáveis e ações contraditórias, visto que tal conhecimento os ajudará a viver de forma mais serena e previsível.

Obtiveram transformações íntimas, surpreendentes, pois conseguiram se ver como realmente são.

Retiram máscaras, que inicialmente lhes davam um certo conforto e segurança, já que depois, eles mesmos reconheceram que elas os aprisionavam por ente grilhões e opressões.

Aprenderam que não vale a pena representar inúmeros papéis, como se a vida fosse um grande teatro, mas sobretudo assumir sua própria missão não Terra, porque constataram que cada um tem uma quota própria de contribuição perante a Criação, e que não nasce no Planeta nenhuma criatura cuja tarefa não tenha sido predeterminada.

REGENERADOS SÃO OS REABILITADOS À LUZ DAS VERDADES ETERNAS. ADOTARAM JESUS COMO O “SÁBIO DOS SÁBIOS” E, POR SEGUIREM SEUS PASSOS, FAZEM SEMPRE O SEU MELHOR. RECONHECERAM QUE O ERRO NUNCA SERÁ MOTIVO DE ABATIMENTO E PARALISAÇÃO E SIM DE ESTÍMULO AO APRENDIZADO. POR ISSO, SEGUEM ADIANTE, PACIENTES CONSIGO MESMOS E COM OS OUTROS, GANHANDO CADA VEZ MAIS AUTONOMIA E DISCERNIMENTO ANTE AS LEIS DE AMOR QUE REGEM O UNIVERSO. 


QUAIS ESPÍRITOS VÃO SER EXPURGADOS DA TERRA?




Livro: Herdeiros do Novo Mundo
Autor: Espírito Lucius com psicografia de André Luiz Ruiz



Abaixo encontraremos a descrição dos espíritos que estão sendo degredados para os planetas de níveis mais inferiores:

 "ENTRE SEUS MEMBROS, SE ENCONTRAVAM AQUELES QUE, NA TERRA, HAVIAM SIDO RESPONSÁVEIS PELAS QUEDAS MORAIS DE MUITOS, OS QUE HAVIAM SE LOCUPLETADO COM A DOR E O SOFRIMENTO DE SEUS SEMELHANTES, AS PESSOAS DESONESTAS E INTERESSEIRAS, INDIFERENTES E CÍNICAS, QUE NUNCA SE DEIXARAM TOCAR PELAS NOÇÕES ESPIRITUALIZANTES QUE MELHORASSEM SUAS VIDAS ATRAVÉS DA PRÁTICA DO BEM.

 Seres que ridicularizavam todos os conselhos sobre a modificação de comportamentos, a melhoria moral, o esquecimento dos males e o cultivo do perdão.

OS GASTADORES INVETERADOS, CULTIVADORES DO LUXO E DOS MODISMOS SEM FIM, DOS ESBANJADORES DAS RIQUEZAS COM OS CAPRICHOS DO MUNDO MODERNO, SEM TEREM DADO NENHUM SENTIDO DE UTILIDADE À PRÓPRIA VIDA...

TAMBÉM ESTAVAM CERCADOS DOS FALADORES DA VIDA ALHEIA, DOS CALUNIADORES, DOS MENTIROSOS, DAS ALMAS BELICOSAS E AGRESSIVAS, DOS MALFEITORES NÃO ARREPENDIDOS, DOS GOVERNANTES E AUTORIDADES CORRUPTOS, DOS RELIGIOSOS FANÁTICOS E VENAIS, DOS INFELIZES VICIADOS EM TODO TIPO DE PRAZERES, FOSSEM OS QUÍMICOS FOSSEM OS DA CONDUTA DEPRAVADA.

DOS RICOS DEBOCHADOS E DOS POBRES REBELDES, DOS SAUDÁVEIS GOZADORES E DOS ENFERMOS IRREVERENTES E REVOLTADOS...

A maioria dos seres encarnados está vivendo como se a vida não fosse algo sério e decisivo para a modelagem dos próprios destinos.
  
TRANSFORMAM A RELIGIÃO EM UM MEIO FÁCIL DE LIMPAR A CONSCIÊNCIA SEM PAGAREM PELOS ERROS COMETIDOS, DE CONSEGUIR VANTAJOSAS CONDIÇÕES MATERIAIS SEM QUE REALIZEM ESFORÇOS, DE ATINGIR AS ZONAS CELESTIAIS SEM QUALQUER ESFORÇO DE PURIFICAÇÃO, COMO SE O PARAÍSO ADMITISSE ESTELIONATÁRIOS FALANDO DE VIRTUDES, DEVASSOS CENSURANDO OUTROS PECADORES, MESQUINHOS E CALUNIADORES FALANDO EM NOME DO EVANGELHO...
  
ESTEJAM CONVICTOS, NO ENTANTO, DE QUE NÃO SERÃO ESQUECIDOS NENHUM DE SEUS HABITANTES. TODOS SERÃO RASTREADOS E AVALIADOS SEGUNDO SEUS ATOS E VIBRAÇÕES PESSOAIS. ENTÃO, SERÁ DEMASIADO TARDE PARA MODIFICAR OS PRÓPRIOS DESTINOS.

Quando, então, os maus, invejosos, orgulhosos, ciumentos, caluniadores, lascivos... verão se ampliarem as sombras do mundo primitivo que os espera... Então, entre lágrimas, choro e ranger de dentes talvez lhes ocorra lastimar pelo tempo per

DESENCARNAÇÃO DE FAVOR
Espírito Augusto Cezar - (excelente para reflexão e importante é a vida escrevendo sua história)

O rapaz desencarnado entrou na fila das reclamações no departamento adequando a isso e, com rigorosa disciplina, seguiu a longa composição de companheiros.

Chegada a sua vez, indagou no mentor de plantão:

- Pode dizer-me, por obsequio, se o senhor tem a ficha referente ao meu caso?

O amigo respondeu afirmativamente.

- Conseguiria informa-me prosseguiu o moço - se havia possibilidade de sobrevivência no corpo físico, para min, já que eu, decididamente, não queria a desencarnação?

O interpelado consultou um pergaminho, analisando-lhe figuras e falou:

- Sim, havia... Você poderia ficar em casa, por mais tempo, mas diversas vezes autoridades da Vida Superior lhe solicitaram o desligamento definitivo do veículo terrestre, em seu próprio beneficio, considerando os seus méritos de jovem correto e cristão.

Nesse ponto o diálogo, o meninão se destrambelhou:

- 0 senhor concordará comigo que foi contra-senso. Por que requisitaram para min aquilo que não pedi a ninguém? Qual a razão de me abreviarem o tempo no mundo? Tenho lá família que adoro, amigos que estimo e muitos ideais pra realizar...

Anotando-me o destempero, o mentor esclareceu:

O pedido, em seu auxilio, chegou aqui, depois de dez minutos após a sua longa primeira parada cardíaca que lhe comprometeu gravemente o campo cerebral.

- Isso é uma agressão! Que imaginam aqui seja a terra? O mundo está beneficiado por excelente medicina. Creio que me cassaram o direito de tentar a própria recuperação. Isso e um absurdo. O senhor não pode ser mais explicito?
- Meu rapaz, infelizmente, não posso. Noto, porém, que você será esclarecido, oportunamente.

Observando que a entrevista fora encerrada, o jovem retomou a companhia de familiares e amigos, sem ocultar a própria contrariedade.

O rapaz procurou adaptar-se à vida nova, lutou pra aperfeiçoar os próprios hábitos, dedicou-se ao trabalho e incorporou-se à equipe de serviço, com a qual mais se afinava.

Decorridos catorze anos, em certa reunião para liquidação de contas no departamento já conhecido, o mesmo instrutor informou solenidades:

- Há tempo, um de nossos companheiros presentes registrou aqui séria reclamação contra o beneficio da desencarnação de favor que lhe foi concedida. Devo esclarecer que somente agora, catorze anos depois, é que deveria ele, por justiça, desligar-se do corpo terrestre.

Compreendeu-se, dessa forma, que ele se livrou, por acréscimo da Misericórdia Divina, de 5.113 dias de mudez e hemiplegia, de prisão e de sofrimento no leito ou na cadeira de rodas; permaneceu isento de duas viagens infrutíferas a paises do Exterior para tratamento inexeqüível; libertou-se de 2.040 massagens dolorosas; deixou de suportar 1.840 espetadas de agulhas internações hospitalares sem resultados positivos; não precisaram tolerar milhares de visitas protocolares, recheadas de conversar inútil; além de não impor sacrifícios sem conta à sua dedicada Mãe e suas três irmãs afetuosas e de exigir sangrias constantes aos cofres paternos.

De todos esses suplícios se liberou o companheiro que hoje é nosso estimado colaborador.

Todos aguardávamos maiores esclarecimentos, quando o mentor concluiu:

- Esse amigo contemplado com o prêmio a que me refiro e o nosso irmão Augusto Cezar.

Nesse instante a emoção me abriu nos olhos uma torrente de lágrimas e, enquanto reconhecia no íntimo que não detinha merecimentos para semelhante manifestação de carinho, a turma me abraçava, gritando com generosidade e alegria:

- Pique, pique, pique!...

È hora, é hora, é hora!...

Augusto! Augusto! Augusto!...

Trabalhar!...Trabalhar!...Trabalhar!...

Fonte Livro "Presença de Luz"/ Espírito Augusto Cezar/ Psicografia Chico Xavier




Elaboração:  Carlos Eduardo Cennerelli



segunda-feira, outubro 27, 2014

Data Limite segundo Chico Xavier








Polêmico, questionador, criticado por uns e aclamado por outros, o documentário Data Limite segundo Chico Xavier, lançado em agosto de 2014, já deu o que falar. Idealizado por Rebeca Casagrande e dirigido por Fabio Medeiros, o filme é uma produção nacional independente, 100% financiada pela Pozati Filmes e CineMakers.
Em entrevista para o grupo FOTRANS-MG, por ocasião do lançamento do DVD na capital mineira, Geraldo Lemos Neto, escritor e orador espírita, e Juliano Pozati, produtor executivo do Data Limite, respondem a diversas questões sobre documentário.
FOTRANS MG: De acordo com a exposição de seus interlocutores durante os encontros que mantiveram na casa dele, após o término de trabalhos espirituais, varando a noite, amigos e companheiros de Francisco Cândido Xavier, permaneciam com ele e confabulavam sobre vários assuntos, entre eles a DATA LIMITE.  Perguntamos: Alguma razão especial para que esta data não tenha sido revelada naquela ocasião?
geraldoGeraldo Lemos: Na realidade a data limite revela um prazo de exceção que começou quando o homem pisou na lua em Julho de 1969 e se projeta por 50 anos a partir desta data. Na verdade Chico Xavier de certa forma revelou de público este prazo quando foi entrevistado em duas ocasiões durante o ano de 1971 em trechos que a produção do Data Limite colocou à disposição dos telespectadores na própria voz e imagem de Chico Xavier no programa mencionado da extinta TV Tupi de São Paulo.
FOTRANS MG: O que levou os diretores e produtores do documentário DATA LIMITE à anunciar esses relatos 05 anos antes da data anunciada, que completa 50 anos em 2019?
julianoJuliano Pozati: As pessoas hoje estão, de modo geral, mais preparadas para descobrir e compreender uma realidade tão grandiosa como esta. Veja, há 20 anos, um encontro da humanidade com seres de outras civilizações – seres extraterrestres – era pura ficção científica. Hoje é expectativa! O avanço tecnológico e a disponibilidade de informações em escala global nos oferece novas perspectivas. Segundo Jill Tarter, do SETI  Institute (Search for Extraterrestrial Intelligence) nos lembra que o nosso sol é uma de 400 bilhões de estrelas de nossa galáxia, que por sua vez é uma galáxia das 100 bilhões de galáxias do universo mapeado até agora. Tudo isso nos faz olhar para o céu estrelado durante a noite e sentir aquilo que o General Moacyr Uchôa definia como “Claustrofobia Cósmica”, um ímpeto de querer desbravar o universo e viver a integração cósmica com o que Chico Xavier chamava de “família universal”.  Portanto penso que a informação está ganhando espaço nos fóruns de discussão quando ela tinha realmente que ganhar.
FOTRANS MG: Como você se sente na posição de entrevistado de um documentário de tamanha repercussão para nós como indício de um fato profético, tendo em vista ultrapassar os limites da crença religiosa para atingir outros seguimentos distantes de tais acontecimentos?
geraldoGeraldo Lemos: Com grande responsabilidade nos ombros, mas ao mesmo tempo com um alívio imenso, tendo em vista que carregava comigo este fardo desde que ouvi os relatos do médium e amigo Francisco Cândido Xavier, o Chico Xavier, em uma madrugada de 1986. Sempre guardei no íntimo a certeza de que o momento aprazado para tornar públicas estas revelações chegaria, mas sem suspeitar sobre quando seria e nem sobre a forma em que se daria. Começamos, estimulados pela nossa estimada Dra. Marlene Nobre, mui digna presidente da Associação Médico Espírita do Brasil e também da Associação Médico Espírita Internacional, concedendo-lhe entrevista que foi publicada primeiramente no periódico Folha Espírita, de São Paulo, em 2011. A série de entrevistas e artigos se transformaram então no livro “Não será em 2012”, editado pela FE Editora, também da Folha Espírita de São Paulo, publicado no início de 2012, que despertou tanto interesse, vindo a provocar a curiosidade dos produtores do Documentário em DVD Data Limite que nos procuraram em Pedro Leopoldo e nos entrevistaram na Casa de Chico Xavier. Sentimo-nos assim muito felizes por termos entregue à circulação geral as ideias renovadoras e os alertas que nos foram confiados por Chico Xavier. Nos desincumbimos da tarefa na certeza de que a mensagem não nos pertence, já que funcionamos como um carteiro a entregar uma correspondência importante, pois que de fato conhecemos a origem abençoada de sua fonte, Chico Xaver, e os seus efetivos destinatários que são todos aqueles efetivamente interessados em espiritualização e na busca e realização do mundo melhor da Nova Era de Paz e Progresso que se iniciará muito em breve na face da Terra.
FOTRANS MG: Partindo do princípio que houve durante alguns períodos da humanidade, encontros com hierarquias espirituais e cósmicas em função de determinar rumos para condução de processos de ascensão de planetas, moradas celestiais em função do equilíbrio de planos habitados; como agiriam com a terra; principalmente na atualidade; essas hierarquias segundo Chico?
geraldoGeraldo Lemos: Segundo Chico Xavier nos revelou, através de seus livros mediúnicos e de suas narrativas, as chamadas Potências Angélicas diretoras do Sistema Solar, entre elas se encontrando Nosso Senhor e Mestre Jesus Cristo, Governador Celeste do nosso Planeta Terra, e também diretor de outros quatro orbes planetários em outros Sistemas Solares, pois bem, estas Potências Angélicas, somente se reuniram nas proximidades da Terra em 3 ocasiões. A primeira, nos primórdios da sua organização física, quando se aglutinaram poeira cósmica, rochas, asteroides e planetoides sob a força gravitacional do Sol ainda em processo de formação, gerando assim o terceiro planeta rochoso a girar em torno do astro solar. A segunda vez que se reuniram nas proximidades da Terra foi quando o próprio Cristo tomou corpo na encarnação como Jesus de Nazaré para nos ensinar o Caminho da Verdade e Vida, sendo seguido e guiado por suas coortes resplandecentes.  E a derradeira vez, quando a Humanidade Terrestre saiu da situação de se arrastar pelo solo da Terra para se aventurar a conquistadora dos espaços vizinhos, pisando no solo lunar pela primeira vez em 20 de Julho de 1969. Segundo Chico Xavier nos confidenciou eles o fizeram porque estavam muito incomodados com a falta de espiritualização da Humanidade Terrestre ainda tão ligada ao militarismo das guerras e das armas de destruição em massa. Na ocasião solicitaram que a Lei de Causa e Efeito, Ação e Reação, funcionasse dentro dos Institutos da Justiça Divina, cobrasse imediatamente da Humanidade Terrestre ainda tão impenitente e desatenta de seus deveres espirituais, os pesados débitos que coletivamente lhe pesam nos ombros, relativos a milênios de guerras, morticínios e devastações. Preocupavam-se eles com o domínio da energia nuclear, em mãos humanas irresponsáveis, ainda despreparadas para lidar com tamanha responsabilidade, perventendo esta conquista científica para a geração de armas de destruição em massa.
Mas ainda assim, segundo Chico Xavier, foi a Misericórdia de Jesus Cristo, que em nome do Criador, nos pediu este prazo extra de exceção, de 50 anos de moratória, para que tivéssemos nós na Terra, condições de tendo esta última chance, seguir o Caminho da Paz, da Fraternidade e da Justiça.
FOTRANS MG: Por parte do Espiritismo haverá estudos avançados sobre os Mundos Habitados? Contatos com esses Seres?
geraldoGeraldo Lemos: A Pluralidade dos Mundos Habitados é um dos princípios básicos da Doutrina Espírita codificada por Allan Kardec em meados do século XIX. Inicialmente em sua obra, especialmente nos livros “O Livro dos Espíritos” e “A Gênese”, Kardec nos informa sobre a existência da vida em multiplicidade de manifestações em todo o Cosmo. Segundo seus ensinos os diversos mundos também podem ser classificados segundo a sua evolução tecnológica e moral, elaborando assim uma escala para efeitos didáticos em que encontramos os “mundos em formação”, os “mundos primitivos”, os “mundos de expiação e de provas”(entre os quais se situa a Terra), os “mundos transitórios”, os “mundos em regeneração”, os “mundos felizes”, os “mundos perfeitos” e os “mundos divinos”, cada qual portanto com os seres que lhe estão afeitos por afinidade e sintonia. Através da mediunidade podem os seres humanos na Terra entrar em contato com inspirações magníficas e estímulos santificados provenientes das Esferas Mais Altas da vida Interplanetária.
FOTRANS MG: A comunidade espírita brasileira pensa em unir com os ufólogos espiritualistas para que possamos avançar nestes estudos?
geraldoGeraldo Lemos: Seria de bom alvitre que assim o fizesse e de minha parte desde já coloco-me à disposição dos amigos ufólogos para estudar o assunto com maior profundidade, já que, segundo a informação valiosa de Chico Xavier, a atual Transição Planetária pela qual a Terra está passando, deixando de ser um mundo de expiação e de provas para ingressar no rol dos mundos regenerados, onde prevalecerá o Bem e a busca pela Verdade, a Paz e a Justiça, esta Transição Planetária na qual estamos todos inseridos, pressupõe também o contato mais direto com as múltiplas e variadas civilizações mais avançadas e experientes de outros orbes planetários de nossa Via Láctea, e até mesmo de outras Galáxias.
FOTRANS MG: Lembrando que, quando Allan Kardec apesentou ao mundo os estudos do Espiritismo, a obra foi taxada como loucura. Assim será com esses estudos? Temos que nos preparar também para não sermos taxados como tal?
julianoJuliano Pozati: Giordano Bruno foi condenado à morte pela fogueira no século XVI pela santa inquisição como um herege. Ele defendia que, tal qual o nosso sol com seu sistema solar, o universo era povoado por milhares de estrelas com sistemas semelhantes ao nosso, onde a vida seria abundante. A Gênesis não seria um privilégio dos habitantes da Terra, do homem, mas um fenômeno universal.
A grande vantagem dos nossos dias é que não estamos mais no tempo da inquisição. Temos liberdade para pensar e repensar as questões mais fundamentais de nossa existência, sem correr o risco de ir para fogueira. Agora, mudanças de paradigmas são inquietas. Sempre foram e sempre serão. Porque quando você oferece uma nova perspectiva que altera um paradigma existente, você obriga todo um sistema e um grupo de pessoas e rever seus conceitos e se reposicionar diante de si e do mundo, e isso é psicologicamente desconfortável à toda gente. É inevitável que os vanguardistas sejam taxados como loucos até que a informação seja digerida pela maioria. Cabe administrar a paciência e a compreensão, virtudes próprias de quem está um passo à frente no caminho da expansão da consciência.
FOTRANS MG: O que mais o Chico Xavier sabe sobre os ETs maus? Existem outros, além dos de três (3) metros de altura? Qual a sua origem? Ele (Chico) esteve dentro de alguma nave? Como ocorreu os contatos que ele teve?
geraldoGeraldo Lemos: Permitam-me transcrever a respeito o artigo que publiquei em minha página pessoal do facebook já algum tempo atrás. CHICO XAVIER E OS OVNIS, EXTRATERRESTRES, PLUTÃO, HITLER E GANDHI
Há muito que tencionava relatar este caso de nossas conversas com o Chico, e que não vi ninguém mais registrar até agora. Pois bem, aproveito a oportunidade de seu próximo aniversário em 2 de Abril de 2011 para o registro que farei por seu intermédio.
CHICO XAVIER E OS OVNIS, EXTRATERRESTRES, PLUTÃO, HITLER E GANDHI
Em nossas conversas nas madrugadas em sua casa, muitas vezes eu perguntava ao Chico sobre o Universo, as galáxias e suas nebulosas e estrelas com os planetas que se movimentam em seu derredor. Ele me falava com muita vivacidade sobre o assunto, inclusive sobre a existência de humanidades muito mais avançadas que a nossa, espalhadas pelo sem fim dos Multiversos.
Chico Xavier inclusive nos contou que já havia estado com visitantes de outros orbes, e ao expressar a ele a minha vontade de também um dia vir a conhecê-los ele foi enfático :
“Você deve ter muito cuidado Geraldinho, porque embora a maioria das civilizações que já desvendaram os segredos das viagens interplanetárias serem de grande evolução espiritual e votadas ao Bem e à Fraternidade Geral, há também aqueles outros que somente se desenvolveram no campo da técnica, enregelando sentimentos mais nobres no coração. Representantes dessa outra turma também têm nos visitado mas com objetivos escusos. Para eles nós somos tão atrasados que eles não prestam nenhuma atenção às nossas necessidades e sentimentos. São eles que raptam pessoas e animais para experiências horrorosas em suas naves. Quanto a esta turma nós devemos ter muito cuidado. Uma vez eu estava indo de Uberaba a Franca para visitar a irmã de Vivaldo, Eliana, que havia passado por uma cirurgia no coração naquela cidade. Dr. Elias Barbosa foi dirigindo o automóvel na companhia de Vivaldo e eu, que fiquei no banco de trás. Pois bem, íamos lá pelas 3 horas da manhã, na madrugada, para evitar o trânsito, e a meio caminho uma luz meio baça, na cor alaranjada envolveu o automóvel e passou a segui-lo. Dr. Elias achou por bem encostar o carro e esperamos os três para ver o que ia acontecer. Intuitivamente comecei a orar, pedindo aos amigos que me acompanhassem na prece. O espírito de Emmanuel se fez presente e nos solicitou redobrada vigilância. A nave apareceu então no pasto ao lado iluminando toda a natureza em torno com a sua luz alaranjada e baça. Ela pairou no ar sem tocar o solo e do meio dela saiu uma luz mais clara ainda de onde desceu uma entidade alienigena. Ela tinha uma aparência humanóide, mas muito mais alta com cerca de 3 metros de altura, esquelética.
Senti um medo instintivo e roguei ao Senhor que nos afastasse daquele cálice de amarguras, que pressentia com o auxílio de Emmanuel. Subitamente a entidade parou e desistiu de nós, retornando para a sua nave. Depois o veículo interplanetário elevou-se do solo e eu vi perfeitamente uma vaca sendo levada até o seu interior como se levitasse até lá. Em seguida a nave desapareceu de nossas vistas com velocidade espantosa.
O espírito de Emmanuel me revelou então que estes irmãos infelizmente não eram vinculados ao Bem e ao Amor, eram sociedades que pilhavam planetas em busca de experiências genéticas estranhas. De vez em quando abduzem homens e animais para suas aventuras laboratoriais. Segundo Emmanuel, somente não fazem mais porque Nosso Senhor Jesus estabeleceu normas e guardiães para proteger a Humanidade Terrestre ainda tão ignorante quanto às realidades siderais, em sua infância planetária.
Então meu filho, se você avistar alguma entidade com as características que eu lhe dei, 3 metros de altura e corpo humanóide esquelético, corra, Geraldinho… Pernas pra que te quero !!!” – E riu-se o Chico com seu modo característico.
Não contive a pergunta : Mas eles são minoria não é Chico ? E como serão os alienígenas bonzinhos ? Ao que ele me respondeu :
Ah! São magníficos. Os que eu conheci são criaturas de muito baixa estatura, de cerca de 1 metro apenas. São grandes inteligências e por isto mesmo têm uma cabeça de tamanho avantajado em relação à nossa, com grandes olhos amendoados e meigos, capazes de divisar todas as faixas de vida nos diversos planos de matéria física e espiritual. Não possuem narizes, orelhas e sua boca é apenas um pequeno orifício. Seus sistemas fisiológicos são muito diferentes dos nossos e já não possuem intestinos. Toda a sua alimentação é apenas líquida. São de uma bondade extraordinária e protegem a civilização terrena assumindo um compromisso com Jesus de nos guiar para o Bem. Um dia, Geraldinho, que não vai longe, eles terão permissão para se apresentarem a nós à luz do dia, trazendo-nos avanços tecnológicos, médicos e científico nunca dantes imaginados.

Fiquei imaginando como o Universo deve ser vasto, e o quanto o Chico sabia sobre ele e ficava calado!
Tempos depois dessa conversa perguntei ao Chico sobre Hitler. Onde estaria o espírito de Hitler ? Chico então me contou uma história muito interessante. Segundo ele, imediatamente após a sua desencarnação, o espírito de Hitler recebeu das Altas Esferas uma sentença de ficar 1.000 anos terrestres em regime de solitária numa prisão espiritual situada no planeta Plutão. Chico explicou-me que esta providência foi necessária não somente pelo aspecto da pena que se lhe imputara aos erros clamorosos, mas também em função da Misericórdia Celeste em protegê-los da horda de milhões de almas vingativas que não o haviam perdoado os deslizes lamentáveis. Durante este período de 10 séculos em absoluta solidão ele seria chamado a meditar mais profundamente sobre os enganos cometidos e então teria nova chance de recomeçar na estrada evolutiva.
Quando o espírito de Gandhi desencarnou, e ascendeu aos Planos Mais Altos da Terra pela iluminação natural de sua bondade característica, ao saber do triste destino do algoz da humanidade na II Grande Guerra Mundial, solicitou uma audiência com Jesus Cristo, o Governador Espiritual da Terra, e pediu ao Cristo a possibilidade de guiar o espírito de Hitler para o Bem, o Amor e a Verdade. Sensibilizado pelo sacrifício de Ghandi, Nosso Senhor autorizou-o na difícil tarefa e desde então temos Gandhi como dos poucos que se aproximam do espírito de Hitler com compaixão e amor…
Impressionado perguntei ao Chico : Então Chico, o Planeta Plutão é uma planeta penitenciária ?
E ele me respondeu : É sim, Geraldinho. Em nosso Sistema Solar, temos penitenciárias espirituais em Plutão, em Mercúrio e na nossa Lua terrena. Eu soube por exemplo que o espírito de Lampião está preso na Lua. É por isso que alguns astronautas que lá pisaram, sentindo talvez um frio na alma, voltaram à Terra meio desorientados e tristes. Soube de um até que se tornou religioso depois de estar por lá !
Como vemos o nosso Chico era capaz de desvendar muitos mistérios em torno da organização da vida mais além ! E com que simplicidade e naturalidade ele nos falava dessas coisas …
FOTRANS MG: Com esta situação atual, vocês já pensaram no agravamento que pode se desencadear na população mal informada tanto culturalmente quanto espiritualmente?
julianoJuliano Pozati: O Data Limite é um filme para todos os que estiverem preparados para lidar com essa realidade fantástica. Não tem raça, não tem credo e não tem posição social para isso. Sei do caso de uma diarista que assistiu ao filme e levou o DVD para sua casa, muito humilde, na periferia de São Paulo. Ela reuniu os cinco filhos e assistiu com eles novamente. Todos ficaram extremamente inspirados com as informações que viram, sobretudo o caçula, que acordou mais cedo e assistiu sozinho, antes de todos. Sei do caso de crianças de 8 anos e jovens senhores de mais de 80 que reagiram com os mesmos suspiros de esperança ao assistir a mensagem do Data Limite. Então, penso que não tenha “agravamento” nenhum. O que se tem pela frente é um imenso e belo DESPERTAR.
FOTRANS MG: Vocês já pensaram na melhor forma ou a forma mais adequada para que os interessados no assunto possam acelerar o seu entendimento junto à população?
julianoJuliano Pozati: Contra fatos não há argumentos, já se dizia por aí. É preciso oferecer sempre novas perspectivas à toda gente. Novas perspectivas rompem as barreiras de velhos paradigmas e provocam a expansão de consciência. Uma mente que se expande jamais retorna ao seu estado original, já dizia Einstein. Uma nova consciência buscará por sua vez a integração cósmica e a construção de um mundo bem melhor, que é o fim último de toda essa nossa conversa.
FOTRANS MG: Qual a sugestão que vocês podem dar ao cidadão que não acredita, ou tem dificuldades de entender essa missão referente ao Data Limite?
Juliano Pozati: Pratique o bem e evolua. Quem pratica o bem sinceramente e busca a evolução pessoal não precisa acreditar na mensagem do Data Limite, pois já está fazendo a sua parte para a transformação. 
FOTRRANS MG: Temos acompanhado pari-passo notícias pela mídia em geral todos os dias externando as lutas sangrentas de atitudes humanas com seus semelhantes, principalmente contra os mais fracos e oprimidos, isto já não é um prenuncio da destruição da vida em nosso planeta como tal está inserida na afirmação de Chico dentro dessa data limite?
geraldoGeraldo Lemos: O que Chico Xavier nos alertou é que a Humanidade pode seguir por dois caminhos distintos. O caminho do Bem e da Paz, no qual se ela não se entregar a uma guerra de destruição em massa até 2019, nenhum de nós poderá prever os avanços e conquistas maravilhosas que teremos a partir de então. O outro caminho, o do engano e da Guerra Nuclear, realmente traria consequências devastadoras imprevisíveis, uma vez que o homem inadvertidamente começaria o conflito mundial, mas a Terra mesma, exausta dos fluidos da ignomínia humana, reagiria de forma violenta, acarretando sofrimentos e desencarnações coletivas com terremotos, tsunamis e a explosão de vulcões há muito extintos, fazendo assim a seleção natural dos espíritos e saneando a face da Terra para o reinício da civilização no terceiro milênio de Cristianismo. Assim sendo estamos diante de duas hipóteses. Todas duas podem ocorrer. Qual das duas ocorrerá, nós não podemos saber de antemão, mas as nossas ações pessoais e coletivas é que determinarão o resultado de nossas escolhas. A primeira, responsável e justa, traria para nós um ciclo de desenvolvimento amplo e irrestrito já a partir de Julho de 2019. A segunda, irresponsável e terrível, acarretaria ao nosso destino coletivo um pesado fardo de lutas inglórias e a reconstrução do nosso mundo poderia levar mais outros 1.000 anos de trabalhos e esforços coletivos. 
FOTRANS MG: O espiritismo em sua doutrina prepara o homem através de seus comunicantes espirituais, cujas mensagens aos milhares encontram nos livros psicógrafados por Chico, para que o homem seja contemplado pelas benesses da Natureza, da riqueza e alegria e nem tampouco para resgate de sua impurezas com o sofrimento por ele mesmo causado. Não se viu grafado em suas linhas nenhuma publicação a respeito da data limite. Que pensam os senhores?
julianoJuliano Pozati: Consultem o programa Pinga-Fogo de 1971 e verão o próprio Chico mencionar o prazo de 50 anos. Aliás, fizemos questão de reunir esses trechos no Data Limite, para esclarecer de vez a questão.. 
FOTRANS MG: Em se falando das hierarquias, conforme Chico ressalta em seus colóquios informais, estes Seres de outros orbes ou moradas já estão a postos assegurando que virão nos ajudar nessa transição para que ela seja mais pacífica e menos dolorosas para alguns? Que dizem a respeito?
julianoJuliano Pozati: O ufólogo Ademar Gevaerd tem uma expressão muito interessante ao definir os visitantes de outros orbes como “irmãos mais velhos”. É assim que eu os vejo. Se estão à nossa frente tecnologicamente, acredito que o estejam moralmente – ou pelo menos em sua grande maioria. Logo, entendo que, ao chegar o momento (e ele já está acontecendo), eles impulsionarão, ainda que hoje de forma velada e a posteriori mais publicamente, a transição de nosso planeta. Mais, eu particularmente acredito nas palavras do Chico quando disse que chegaria o momento em que um verdadeiro intercâmbio aconteceria entre nós e eles. E aí, como sempre nos lembra o Geraldo, “nenhum de nós poderá prever os avanços que se darão em todos os campos da ciência humana”.
Penso que por isso, a principal mensagem do Data Limite possa ser resumida em uma palavra: ESPERANÇA. Como nos disse o ex-ministro de defesa do Canadá, Paul Hellyer: há sinais de esperança. Em um mundo de loucura, há sinais de esperança! Há um espirito de cooperação surgindo em milhares de lugares do planeta. Este espírito precisa ser cultivado e incentivado para que se multiplique e transforme o nosso mundo, num mundo bem melhor. No final das contas, é isso que queremos provocar com o Data Limite: um mundo bem melhor.
Fonte:  http://datalimite.com/data-limite-segundo-chico-xavier-e-pauta-nos-grupos-de-estudos/  e  http://datalimite.com/


Calendário Assistência 2017

TENDA ESPÍRITA MAMÃE OXUM

CALENDÁRIO ASSISTÊNCIA - 2017.

C.E. Miguel Arcanjo e Tenda Espirita Mamãe Oxum-

Rua Francisco Framback, 91 E – Cascatinha - Petrópolis - RJ

ABRIL

MAIO

JUNHO

23 – Reabertura do Terreiro às 20h – Saudação à Ogum

02 – sexta-feira – Pretos Velhos

28 - sexta-feira - Exus

05 - sexta-feira – Pretos Velhos

07 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

10 - quarta-feira- Estudo da Umbanda

09 – sexta-feira – Saúde

12 - sexta-feira – Saúde

13 – terça-feira – Saudação Aos Exus – Bênção dos Pães – 20h

13 – sábado – Saudação aos Pretos Velhos

16 – sexta-feira – Não tem Gira

17 – quarta-feira – Doutrina - Vovó Catarina

21 – quart-feira – Doutrina – Vovó Catarina

19 – sexta-feira – Caboclos

23 – sexta-feira – Caboclos

24 – quarta-feira –Saudação à Sta. Sara,

e Povo Cigano

28 – quarta-feira – Doutrina

26 – sexta-feira - Malandros

30 – sexta-feira - Exus

JULHO

AGOSTO

SETEMBRO

05 – quarta-feira – Doutrina

02 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

01 – sexta-feira – Pretos Velhos

07 – sexta-feira – Pretos Velhos

04 – sexta-feira – Pretos Velhos

06 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

12 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

09 – quarta-feira – Doutrina

08 – sexta-feira – Saúde

14 – sexta-feira – Saúde

11 – sexta-feira – Saúde

13 – quarta-feira – Doutrina

19 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

16 – quarta-feira – Saudação à Obaluaê e Omolu

15 – sexta-feira – Caboclos

21 – sexta-feira – Caboclos

18 – sexta-feira – Caboclos

20 - quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

28 – sexta-feira - Exus

23 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

22 – sexta-feira – Não Tem Gira

25 – sexta-feira – Malandros

24 – Domingo – Saudação à Ibeijada - às 17h

30 – quarta-feira – Doutrina ou Palestra

27 – quarta-feira – Distribuição Doces

29 – sexta - Exus

OUTUBRO

NOVEMBRO

DEZEMBRO

.04 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

01 – quarta-feira – Terreiro Fechado

02 - Confraternização

06 – sexta-feira – Pretos Velhos

03 – sexta-feira – Não tem Gira

08 – sexta-feira – Saudação à Oxum e bênção dos Pretos Velhos – 20h

11 – quarta-feira - Não tem Doutrina

08 – quarta-feira – Estudo da Umbanda

09 – Oferendas na Praia – saída 17h

12 – quinta-feira – Cachoeira / Mata

10 - sexta-feira – Saúde

13 – sexta-feira – Não tem Gira

15 – Feriado – Saudação aos Malandros

18 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

17 – sexta-feira – Caboclos

20 – sexta-feira – Caboclos

22 – quarta-feira – Doutrina

25 – quarta-feira – Doutrina – Doutrina ou Palestra

24 – sexta-feira – Exus

27 – sexta-feira - Ciganos

29 – quarta-feira – Doutrina – Vovó Catarina

A giras de sextas-feiras têm início às 20 horas. As fichas são distribuídas a partir de 19:45 até as 21:30. As pessoas que chegarem após este horário receberão apenas o passe, sem consulta.

Nossa casa não cobra consultas nem trabalhos, porém aceitamos colaboração de materiais de uso como velas, fósforos, charutos, fumos, etc...

ATENÇÃO: NÃO É PERMITIDO PARA ATENDIMENTO, PESSOAS COM MINI-SAIAS, SHORTS OU BERMUDAS CURTAS, BLUSAS MUITO DECOTADAS OU MINI-BLUSAS, CAMISETAS TIPO MACHÃO.

A CARIDADE NÃO SERÁ NEGADA, PORÉM RESPEITEM O TEMPLO RELIGIOSO.

(Baixe o seu calendário em PDF, clicando aqui)

Printfriendly